Início » Jogos » Como trocar Joy-Cons com drift no Brasil [Nintendo Switch]

Como trocar Joy-Cons com drift no Brasil [Nintendo Switch]

Saiba como solicitar reparo ou trocar Joy-Cons oficialmente no Brasil, caso seu Switch tenha apresentado problema de Drift

Felipe Vinha Por

A Nintendo já reconheceu a falha chamada de “drift” em seus controles Joy-Con, do Switch, ao ponto de oferecer troca ou reparo gratuitos nos mercados onde opera. Com a chegada oficial do console ao Brasil, a empresa também passou a oferecer o serviço de maneira mais ampla e acessível por aqui – saiba como trocar ou pedir conserto dos seus Joy-Cons.

Como trocar Joy-Cons com drift no Brasil [Nintendo Switch] / Reprodução / Lucas Lima

Pontos a serem observados

O “Drift” é um problema que faz com que o analógico do Joy-Con mova-se sozinho para alguma das direções. Ele surge sem motivo aparente e o reparo pode ser por substituição de uma peça ou do controle completo.

O conserto ou reparo dos Joy-Cons são oferecidos oficialmente pela Nintendo, mas realizados por uma empresa chamada Deal4B, de maneira oficial, autorizada pela própria Nintendo.

Por ser um problema oficialmente reconhecido pela Nintendo, o reparo é oferecido de graça, desde que o usuário e dono do console e dos Joy-Cons obedeça algumas regras para envio dos acessórios à empresa autorizada.

Controles de Switch fabricados por terceiros, que não sejam oficiais da Nintendo, não são contemplados com o reparo gratuito ou pago por meio deste canal. Para este tipo de acessório é preciso procurar ajuda em outra empresa especializada.

Como trocar ou consertar Joy-Cons

A Nintendo oferece um campo de suporte oficial em seu site para o Brasil, em português. Porém, é possível buscar a ajuda e abrir uma solicitação de reparo direto com o e-mail fornecido pelas empresas responsáveis.

O processo descrito abaixo foi feito com base em minha experiência pessoal e pode mudar a qualquer momento. Tenha em mente que, em caso de dúvidas adicionais, consulte este link oficial para outras informações.

Para solicitar o reparo, siga os passos:

  1. Entre no seu e-mail e escreva para [email protected];
  2. No corpo do e-mail, explique que você tem o problema de Drift nos Joy-Con e peça, com educação, pelo reparo.

Em breve você receberá uma resposta da empresa autorizada, que vai te pedir alguns dados. Normalmente estes dados são:

  • Seu nome completo
  • CPF ou CNPJ
  • Endereço completo de correspondência (com CEP)
  • E-mail ou telefone de contato
  • Modelo e Serial Number do produto com defeito
  • Descrição do defeito
  • Foto ou cópia da nota fiscal
  • Se possível, foto ou vídeo do defeito em anexo ou hospedado no Google Drive/Dropbox/OneDrive

Para obter o Serial Number faça o seguinte:

  1. Ligue o Switch com os Joy-Con conectados;
  2. No Switch, selecione Configurações;
  3. Escolha a última opção, Console/Consola;
  4. Vá em Números de Série;
  5. Anote todos os Serial Number, em especial dos Joy-Con.

Como trocar Joy-Cons com drift no Brasil [Nintendo Switch] / Reprodução / Felipe Vinha

Atente que a resposta pedirá “Foto ou cópia da nota fiscal”, mas este campo não parece ser obrigatório.

No meu caso, o Nintendo Switch foi comprado nos EUA no lançamento, em 2017, e por este motivo não tenho mais a nota fiscal. Contudo, mesmo assim, meu atendimento foi realizado normalmente – e expliquei o motivo de não ter mais a nota.

Porém, caso o usuário ainda tenha a nota guardada, é recomendado que envie na resposta.

Esta foi a foto que enviei dos meus dois pares de Joy-Con com defeito / Reprodução / Felipe Vinha

Esta foi a foto que enviei dos meus dois pares de Joy-Con com defeito

Enviando os Joy-Cons

É possível solicitar o reparo de quantos pares de Joy-Cons o usuário achar necessário, desde que responda todos os pontos corretamente.

Após algum tempo da solicitação você receberá um “Comunicado do Correios”, uma autorização de postagem. Não é necessário imprimir, basta anotar o número ou levar o e-mail salvo no celular.

Como trocar Joy-Cons com drift no Brasil [Nintendo Switch] / Reprodução / Felipe Vinha

Exemplo de comunicado de autorização de postagem do Correios

Com o número em mãos, leve os Joy-Cons na agência de Correios mais próxima e solicite a postagem. Você não pagará nada por isso. Caixa e endereço serão fornecidos pela agência de Correios, caso seja uma agência própria. Se for franqueada será preciso levar sua própria caixa.

Leve também a nota fiscal do produto, se tiver, ou preencha o formulário de declaração de conteúdo do Correios, oferecido neste link oficial.

Não esqueça de preencher o formulário dos Correios

Não esqueça de preencher o formulário dos Correios

Aguardando o retorno

O envio é normalmente feito por SEDEX, uma das modalidades mais rápidas do Correios. A partir disso, basta esperar que os acessórios cheguem ao endereço do reparo e aguardar seu retorno.

Se a empresa julgar necessário, será feita a troca dos controles. Se não, apenas o reparo pode ser realizado.

Há um período máximo de espera de 15 dias para o reparo e reenvio de volta para a casa do usuário. Normalmente os Joy-Cons reenviados virão com o selo da Anatel e uma carta com dicas de como cuidar bem dos aparelhos.

Vale lembrar que tudo descrito aqui foi feito com base na minha própria experiência. Caso ocorra algum problema no processo, trate diretamente com o e-mail da empresa ou no site oficial de suporte da Nintendo.

Um último detalhe a ser lembrado é que, até segunda ordem, os passos descritos acima de “como trocar seus Joy-Cons” contemplam apenas problemas de “Drift” nos controles.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
4 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Eduardo Alvim (@Eduardo_Alvim)

Em Fev/2020 eu havia iniciado o processo de troca dos joy-con do Switch do meu filho, a assistência se chamava HG Digital. Daí veio a pandemia e nunca mais me responderam (felizmente nem cheguei a enviar os controles). Depois vou tentar nessa nova alternativa… Dureza vai ser achar uma janela. Recém compramos Mario Party — que só se joga com o joy-con —, vou ter que esperar as aulas voltarem, rs…

PS: Essa estratégia do Tecnoblog de postar artigos respondendo dúvidas é uma tremenda de uma sacada do @mobilon, que faz uso intensivo de SEO para sempre se destacar nas buscas do Google, ajudar de verdade quem procura por uma informação e, com certeza, aumentar o tráfego no site. Quem dera todo site nas “internês” encarassem tal funcionalidade com esse profissionalismo e qualidade. O que mais se vê por aí é site cata-clique, com pouca informação, muita enrolação e propaganda. Parabéns aos envolvidos!

Felipe Vinha (@Felipe_Vinha)

Vale a tentativa com a Deal4B. A HG funcionava, mas era enrolada porque não tinha a Nintendo comandando o meio de campo por aqui. Agora a coisa mudou, está bem ágil.

@ksio89

Ótima notícia para os donos do Switch. Na matéria consta que não é obrigatório apresentar nota fiscal, embora seja preferível fazê-lo, então quem comprou no mercado cinza como no Mercado Livre está coberto pela garantia?

Compartilho a mesma opinião, esses artigos de “utilidade pública” do Tecnoblog são muito úteis e simples de entender, e posso dar dois exemplos de matérias que me ajudaram. A primeira foi quando queria saber se era possível justificar o voto online, encontrei então um artigo onde dizia que sim, explicando o procedimento de forma bem mastigada, inclusive com o link para o site do TSE.

A segunda foi quando minha conta no PicPay foi limitada, e no artigo constava os motivos que poderiam levar ao bloqueio e como resolver o problema, me ajudou bastante a resolver o bloqueio.