Início » Finanças » Bradesco volta a ficar instável com app e site fora do ar nesta terça (6)

Bradesco volta a ficar instável com app e site fora do ar nesta terça (6)

Internet banking do Bradesco caiu e não funciona; ontem, bancos tiveram instabilidade durante registro das chaves do Pix

Felipe Ventura Por

Clientes do Bradesco estão tendo problemas em acessar o internet banking nesta terça-feira (6): o app para celular não abre e o site para computador não funciona, impedindo o pagamento de contas e o registro de chaves do Pix. Ontem, bancos como Itaú e Santander também passaram por dificuldades; foi o primeiro dia de cadastro para o sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central.

Bradesco fora do ar

Fizemos o teste aqui no Tecnoblog: tentei fazer login e, da primeira vez, o app do Bradesco exibiu somente uma tela em branco, sem qualquer mensagem de erro. Ele travou, havia um botão para voltar à tela anterior que não funcionava mais.

Fechei o app, abri de novo e tentei o login. Desta vez, após um bom tempo na tela “Carregando”, eu consegui entrar na minha conta. Porém, tudo funcionava muito devagar, seja para conferir o saldo ou registrar uma chave do Pix. O problema também afeta a versão web.

Bradesco fora do ar

Bradesco tem erro no app e site

“Acesso web e pelo app totalmente impossível de utilizar”, reclama um cliente no DownDetector. “Lentidão e problemas de acesso no app e site”, relata outro. “App do Bradesco não esta funcionando, tenho contas para pagar e não funciona”, diz um terceiro.

Para alguns clientes, o app e site estão fora do ar desde a última segunda-feira. “Desde ontem não consigo usar esse app do Bradesco não entra na conta nem se a internet for a melhor”, afirma uma usuária.

Em comunicado enviado ao Tecnoblog às 15h36, o Bradesco disse: “os canais estão operando normalmente; pode ter acontecido intermitência pontual, o banco vai apurar”.

Bradesco fora do ar

Ontem, Bradesco, Itaú e Santander passaram por instabilidade. Foi o mesmo dia em que o BC liberou o registro das chaves do Pix para 677 instituições financeiras, incluindo fintechs como o Nubank e o C6 Bank.

Na estreia, foram cadastradas mais de 3,5 milhões de chaves: a partir de novembro, será possível usar o CPF, número de celular ou endereço de e-mail para receber transferências, em vez de informar agência e conta.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Douglas Amorim (@Douglas_Amorim)

Com o PIX, acredito que teremos muito mais gente acessando os apps diariamente. Se não estão suportando o cadastro das chaves, vão aguentar o sistema em pleno funcionamento?