Início » Aplicativos e Software » Chrome OS traz novo editor de fotos e funções de acessibilidade

Chrome OS traz novo editor de fotos e funções de acessibilidade

Chrome OS 86 cria arquivos PDF de páginas web com ferramentas para leitores de tela e melhora outros pontos de acessibilidade

André Fogaça Por

O Google começou a liberar o Chrome OS 86 para os Chromebooks e tablets compatíveis com a nova versão do sistema operacional. Dentre as novidades, estão melhorias consideráveis na acessibilidade, além de um editor de fotos com atalhos para ajustes rápidos.

Samsung Chromebook Plus (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

Samsung Chromebook Plus (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

O Chrome 86 já chegou para muitos usuários em praticamente todas as plataformas possíveis, mas só agora os usuários de Chromebooks começaram a receber a atualização. A demora pode valer a pena, já que o update entrega muitas mudanças com foco em acessibilidade de todo o sistema.

Muito mais acessibilidade nos Chromebooks

A partir do Chrome OS 86, os usuários poderão trocar a cor do cursor do mouse para ajudar quem tem dificuldade de encontrar o ponteiro preto na tela. Ao todo são sete opções de cores: vermelho, amarelo, verde, ciano, azul, magenta e rosa. O auxílio neste caso pode ser complementado com outros que já existem no sistema operacional, como alterar o tamanho do cursor.

Cor do ponteiro do mouse no Chrome OS 86 pode ser alterada (Imagem: divulgação/Google)

Cor do ponteiro do mouse no Chrome OS 86 pode ser alterada (Imagem: divulgação/Google)

A ferramenta de selecionar para falar agora pode deixar todo o entorno mais escuro, focando a visão para o que foi selecionado e está sendo falado em voz alta. Ainda em tela o ChromeVox, leitor de tela do próprio Chromebook, passa a identificar o idioma que precisa ser lido e altera automaticamente a voz. Isso significa que se uma frase começa em inglês, passa para português e termina em espanhol, o leitor falará corretamente em cada idioma.

Ferramenta do Chrome OS foca a tela no que é lido (Imagem: divulgação/Google)

Ferramenta do Chrome OS foca a tela no que é lido (Imagem: divulgação/Google)

Chrome OS 86 melhora exportar PDF e editar fotos

No lado mais para todos, a nova versão do sistema operacional do gigante das buscas permite que uma página seja transformada em PDF, enquanto mantém links, descrição de imagens e outros recursos que são utilizados por leitores de telas.

O editor de fotos que está dentro da galeria de imagens, iniciada sempre que uma foto é aberta, ganhou alguns atalhos rápidos dentro da visualização do arquivo. Neles o usuário pode rapidamente girar a imagem, recortar uma área, redimensionar a foto, ou alterar a exposição, contraste e saturação.

Editor de fotos com atalhos para ajustes rápidos (Imagem: reprodução/André Fogaça)

Editor de fotos com atalhos para ajustes rápidos (Imagem: reprodução/André Fogaça)

O Chrome OS 86 já está disponível para todos os usuários, mas pode levar algum tempo para a atualização ser baixada no seu Chromebook. Geralmente os updates chegam em ondas e o meu portátil leva alguns dias para aparecer na fila, mas desta vez eu já recebi a nova versão.

Com informações: Google.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
7 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@Banana_Phone

Pouco a pouco esse sistema vai ficando mais completo, eu ainda não teria no meu computador principal, mas já poderia recomendar para algumas pessoas que buscam computadores baratos para usar apenas o básico.

² (@centauro)

Chromebook no Brasil não faz sentido.
É caro demais pra ter um hardware capado e um sistema operacional que vai requerer não só uma considerável adaptação, como também limitado em algumas áreas.
Se custassem até talvez uns R$1.500, poderiam ser uma opção interessante, mas custando mais do que isso é melhor pega um hardware melhor que vem com um sistema operacional que você já conhece e está familiarizado e que é menos dependente da nuvem.

Claro que um Chromebook tem suas vantagens. Suporte bem mais longo (acho que eram 8 anos de atualizações ou algo assim), em tese é bem seguro, boa autonomia de bateria.
Mas desvantagens também existem. Além dos que eu já mencionei antes, tem o fato de que opções de software de produtividade ainda deixam a desejar se você for um usuário mais avançádo -não dá pra comparar o MSOffice completo com a versão online ou o GDocs, as opções de editor de imagem e vídeo ainda deixam um tanto a desejar e imagino que seja assim também na parte de programação (apesar de que o ChromeOS agora tem algum tipo de suporte pra Linux, se não me falha a memória). E você passar de uma suíte para outra, querendo ou não, requer um período de adaptação.

Enfim, Chromebook tem seu público, mas no Brasil ainda me parece fazer pouco sentido.

Wagner Silva (@HeadMaster)

Sem internet esqueça !

² (@centauro)

Releia:

Sem mais.