Início » Jogos » Você não precisa do iPhone 12 para jogar League of Legends: Wild Rift

Você não precisa do iPhone 12 para jogar League of Legends: Wild Rift

League of Legends: Wild Rift deve rodar até em smartphones de entrada; você não precisa de um iPhone 12 para jogar o LoL mobile

Lucas Lima Por

A preocupação sobre o jogo ocorre depois que a Apple, durante o anúncio do iPhone 12, mostra a gameplay de League of Legends: Wild Rift rodando no aparelho. Na apresentação, Michael Chow, produtor executivo da Riot Games, diz que com o A14 Bionic (processador do iPhone 12), é o momento perfeito de trazer League of Legends ao iOS, mas não precisa ser por aí…

League of Legends: Wild Rift (Imagem: Divulgação/Apple)

League of Legends: Wild Rift (Imagem: Divulgação/Apple)

iPhone 12 tem o melhor poder gráfico do iOS

Isso é inegável: o iPhone 12, assim como o iPad Air de quarta geração, tem o melhor processador do iOS para o ano de 2020 e talvez até setembro de 2021, quando a linha for renovada.

Segundo a Apple, o A14 Bionic tem velocidade 50% maior em “comparação aos chips dos smartphones concorrentes mais rápidos”. Em relação à geração anterior, o A13 Bionic, o novo componente tem um ganho de 30% na GPU.

Ao pensar em League of Legends: Wild Rift, é óbvio que o jogo terá o melhor desempenho no melhor iPhone do mercado. Mas, não pelo LoL que alguém precisa ter um iPhone 12.

Popularidade de Wild Rift e do iPhone 12

Juntar dois assuntos populares em uma apresentação é uma jogada de marketing, se preciso dizer. Com Fortnite fora da App Store, a Apple precisou lembrar aos gamers mobile o que eles podem esperar no novo aparelho.

Assim como Fortnite, PUBG e Free Fire, League of Legends é gratuito e já reúne uma grande base de jogadores, seja no Windows ou macOS. A versão mobile chega para atender os jogadores sem um tradicional desktop em casa ou abraçar aqueles que quererem manter a atividade fora de casa.

A demonstração foi combinada à tecnologia 5G, que também chegou aos iPhones 12. Então, para a Apple e a Riot Games, o iPhone 12 é a melhor aposta para jogar em qualquer lugar, com quadros por segundo e latência estáveis.

O que é preciso então?

Qualquer smartphone com conexão com a internet.

Assim como League of Legends no PC, o objetivo da Riot é levar o game ao máximo de jogadores possíveis. Em uma página de suporte, a desenvolvedora afirma que otimizou Wild Rift para “rodar em uma grande variedade de dispositivos móveis”.

Mais à frente, continua “claro que dispositivos mais novos terão gráficos melhores, mas você ainda conseguirá roubar o Barão e descolar um pentakill na humilde batata que você chama de celular ou tablet”.

League of Legends: Wild Rift (Imagem: Divulgação/Apple)

League of Legends: Wild Rift (Imagem: Divulgação/Apple)

No iPhone 12 não será diferente: provavelmente será o melhor dispositivo para jogar LoL, mas não o único possível quando se trata de iOS.

Em desktops ocorre uma situação parecida: há suporte para uma variedade de computadores, o que muda entre eles é o desempenho gráfico: visuais mais detalhados e taxas de quadros por segundo mais altas e estáveis. PCs mais fracos sacrificam os requintes em troca de desempenho, mas ainda rodam o mesmo jogo.

Requisitos de League of Legends: Wild Rift

Fique despreocupado, se seu smartphone atende às necessidades do dia a dia, é provável que também dará conta de rodar Wild Rift. Abaixo estão os requisitos mínimos para Android e iOS.

Requisitos mínimos Android iOS
Sistema operacional Android 4.4 ou posterior iOS 9 ou posterior
Processador Quad-core de 1,5 GHz (32 bits ou 64 bits) Duo-core de 1,8 GHz (Apple A9)
GPU PowerVR GT7600 PowerVR GT7600
Memória RAM 1,5 GB 2 GB

E quando chega?

Em uma postagem do Twitter, a Riot Games afirmou que o servidor de Wild Rift para as Américas deve ser lançado apenas no primeiro semestre de 2021. Outros países receberão o game até o fim de 2020.

Com informações: Wild Rift, Apple.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação