Início » Telecomunicações » Claro fatura R$ 9,85 bilhões e cresce em linhas de pós-pago

Claro fatura R$ 9,85 bilhões e cresce em linhas de pós-pago

Claro adiciona 7,4 milhões de linhas no pós-pago e cresce com a internet banda larga NET Virtua

Lucas Braga Por

A Claro divulgou os resultados financeiros do terceiro trimestre de 2020. A empresa registrou receita líquida total de R$ 9,85 bilhões, alta de 1,4% em relação ao mesmo período do ano anterior. O crescimento foi possível por conta da adição de linhas do pós-pago (em especial pela aquisição da Nextel) e novos acessos de banda larga fixa.

Loja da Claro em Brasília. (Imagem: Divulgação)

Veja os destaques financeiros do 3° trimestre, bem como a comparação com o mesmo período de 2019:

Indicador 3T 2020 3T 2019 Diferença
Receita líquida total R$ 9,85 bilhões R$ 9,71 bilhões 1,4%
Receita móvel R$ 4,02 bilhões R$ 3,71 bilhões 8,5%
Receita fixa R$ 5,37 bilhões R$ 5,65 bilhões -4,9%
EBITDA (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) R$ 4,07 bilhões R$ 3,81 bilhões 6,6%
Margem EBITDA 41,3% 39,3% 2 p.p

Claro adiciona 7,4 milhões de linhas pós-pagas

A Claro terminou o mês de agosto com 29% do market share de linhas móveis no segmento pós-pago, o que representa alta de 1,3 ponto percentual e 7,4 milhões de novos acessos. A aquisição da Nextel representou 3,2 milhões desses clientes.

No total, a empresa encerrou o mês de setembro com 60 milhões de chips, dos quais 27,3% são de clientes do pré-pago, que sofre redução entre todas as operadoras com a migração para o controle ou pós-pago. A Claro diz que mantém a liderança na portabilidade numérica com grande margem e recorde no volume de linhas migradas, e que sua cobertura 4.5G atinge 73,8% da população brasileira.

A operadora também destaca o lançamento comercial da sua rede 5G DSS nas áreas de maior demanda nas capitais de São Paulo e Rio de Janeiro. A tecnologia utiliza o espectro compartilhado da licença destinada originalmente para o 4G.

Claro cresce em internet fixa

No período, a Claro adicionou 63,4 mil novos acessos da banda larga NET Virtua, mantendo-se em 1° lugar no market share da categoria com 28,75% dos clientes. Ainda assim, somados, os pequenos provedores de internet são maiores que qualquer grande operadora.

Falando de números absolutos, a Claro mantém a liderança em conexões com velocidade acima de 34 Mb/s e possui 39,3% desse mercado e adição de 1,5 milhões de clientes no último ano. Além disso, a operadora iniciou os serviços utilizando tecnologia FTTH em 70 novos municípios.

Cable Modem da banda larga Claro NET Virtua. Foto: Lucas Braga/Tecnoblog

Modem da Claro NET Virtua. (Imagem: Lucas Braga/Tecnoblog)

A receita de serviços fixos caiu e a Claro registrou desconexões da TV por assinatura tradicional. No entanto, a operadora informa sobre o “movimento de transformação” do TV paga com o lançamento do Claro Box TV. O produto é baseado em uma plataforma de streaming, depende de banda larga para funcionar, pode ser instalado pelo próprio assinante e traz menor custo operacional.

Também há uma grande vantagem tributária do Claro Box TV frente ao serviço tradicional: por ser baseado em streaming, o produto é considerado como um Serviço de Valor Agregado e não precisa seguir a legislação da TV paga tradicional. Com isso, a operadora deixa de ser onerada com ICMS, PIS, COFINS, Fust e Funttel, pagando apenas o imposto municipal de serviços (ISS).

Com informações: Claro

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rodrigo (@rodrigo1)

Digo o mesmo. Em Florianópolis tá lá no site que tem cobertura 4,5G na cidade. Nunca vi. A Tim já fornece VoLTE e agregração há uns 2 anos já na cidade e a Claro só em alguns DDDs.