Início » Jogos » CD Projekt Red, de Cyberpunk 2077, comenta promessa de não adiar jogo

CD Projekt Red, de Cyberpunk 2077, comenta promessa de não adiar jogo

CD Projekt Red adiou Cyberpunk 2077 para dezembro; empresa havia prometido que "não vão acontecer mais atrasos"

Felipe Ventura Por

Esta semana, a conta oficial de Cyberpunk 2077 no Twitter garantiu que “não vão acontecer mais atrasos”, e deu “total confirmação” de que o jogo seria lançado no prazo. Então, a CD Projekt Red adiou o título para dezembro. O gerente de comunicações diz que a empresa “não mentiu de propósito” — é que ele não sabia sobre essa decisão.

Cyberpunk 2077 (Imagem: Divulgação/CDPR)

Cyberpunk 2077 (Imagem: Divulgação/CDPR)

Fabian Mario Döhla, gerente de comunicações da CD Projekt Red, afirma em seu perfil do Twitter que foi o responsável pelas promessas na conta oficial de não adiar Cyberpunk 2077. “Eu estava respondendo via @CyberpunkGame a um monte de tweets”, ele explica, “incluindo a ‘total confirmação’; que ótima ideia”.

O gerente lembra que a CDPR, por ser uma empresa negociada em bolsa de valores, tem regras jurídicas que impedem adiantar informações críticas aos funcionários. Por exemplo, alguém poderia vender ações da desenvolvedora se soubesse do adiamento antes de todo mundo, configurando o crime de insider trading.

“Estou ciente disso (e acostumado com isso), mas pode ser muito confuso para pessoas externas. Resumindo: a conta de Cyberpunk no Twitter — e, portanto, nosso estúdio, já que é um canal oficial — não mentiu de propósito”, diz Döhla. “Eu simplesmente não sabia. Desculpa.”

Equipe de Cyberpunk 2077 recebe ameaças

Promessa de Cyberpunk 2077 (Imagem: Reprodução/Twitter)

Promessa de Cyberpunk 2077 (Imagem: Reprodução/Twitter)

A conta de Cyberpunk 2077 no Twitter respondeu às próprias promessas com as mensagens “ih fo***” e “alguém iria notar se a gente apagasse isso bem rápido?”. Ela também pediu desculpas para gamers que tiraram férias para poderem jogar sem prejudicar a produtividade no trabalho.

Andrzej Zawadzki, designer sênior da CDPR, afirma que a equipe do jogo recebeu ameaças de morte por causa do adiamento. “Eu entendo que vocês estejam com raiva, desapontados e queiram expressar sua opinião sobre isso”, ele diz. “No entanto, enviar ameaças de morte para os desenvolvedores é absolutamente inaceitável e simplesmente errado. Somos pessoas como você.”

Segundo a empresa, o adiamento foi necessário para realizar mais testes em Cyberpunk 2077, que será lançado para Xbox One, One X, Series X, Series S, PS4, PS4 Pro, PS5, PC e Google Stadia.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
9 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

² (@centauro)

Porque matar os desenvolvedores antes deles terminarem o jogo realmente vai ajudar no lançamento.

Povo sem noção.

João M. (@RonDamon)

Na conferência pra shareholders revelaram que adiaram só por conta da geração atual de consoles. Era melhor ter lançado com problema de performance e arrumado em patch logo, todo mundo sabe que PS4 e One não fazem milagres mais e até daria um ar de “jogo bom demais pra geração atual, fazer o que ¯ \ _ (ツ) _ / ¯”

sir kazu (@Duko)

concordo, eu tenho paciência, apenas espero, por que adiar o jogo, já que é preciso para manter o jogo de qualidade, ter jogo de qualidade exige tempo e paciência.

Leonardo Brandão Gonçalves (@leonardobg7)

Mimimi do caramba por causa de um joguinho. Povo tem nada o que fazer? Kkkk

Quando lançar é isso mesmo. Só não pode lançar jogo bugado.

Na época de ir na feira comprar aquele tanto de jogo de PS2 barato não tinha esse hype todo. Você comprava o que tinha lá e pronto

@doorspaulo

O negócio é reclamar, independente do motivo.
Deve ter alguma obrigação nos termos do Twitter, pq nunca vi lugar pra ter reclamação de tudo como lá.