Início » Negócios » Tensão entre Apple e Foxconn aumenta devido a margens de lucro

Tensão entre Apple e Foxconn aumenta devido a margens de lucro

Foxconn estaria adotando táticas questionáveis por registrar margens de lucro baixas na produção de dispositivos da Apple

Emerson AlecrimPor

A Foxconn é a principal parceira da Apple na produção dos dispositivos da marca, com destaque para a linha iPhone. Mas há indícios de que a relação entre as duas companhias estaria se desgastando em razão dos ganhos: enquanto a Apple registra margens de lucro bruto na casa dos 40% (dependendo do produto), a Foxconn não estaria conseguindo passar de um dígito.

Apple iPhone 11 (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Apple iPhone 11 (imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

É o que o relata o The Information. De acordo com o veículo, a situação chegou ao ponto de a Foxconn adotar práticas desleais para aumentar as suas margens, como declarar um número maior de funcionários contratados do que o real para as linhas de produção e o uso de equipamentos de propriedade da Apple na fabricação ou teste de dispositivos para companhias rivais.

Em reação, a Apple teria aumentado a fiscalização sobre funcionários e equipamentos nas instalações da Foxconn.

Mas os atritos não se limitam a isso. Há relatos de que, na tentativa de evitar desperdício de materiais, a Foxconn teria removido parafusos soltos ou pequenos pedaços de metal de unidades do iPhone 7 que apresentaram esses problemas durante a fabricação, quando o procedimento correto seria o de desmontar esses aparelhos.

Além disso, a companhia teria oferecido um tour a funcionários do Google pela fábrica que produzia o MacBook de 12 polegadas sem a autorização da Apple. Esta teria pedido imagens das câmeras de segurança e registros dos acessos à unidade para checar a acusação, mas sem obter retorno.

Apple AirPods Pro (imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Apple AirPods Pro (imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Não está claro até que ponto essas desavenças podem afetar a parceria entre os dois lados. Mas ex-funcionários das duas companhias relataram ao The Information que essa relação vem mudando à medida que Apple tenta diversificar a sua rede de fornecedores.

Essa busca pela diversificação teria feito, por exemplo, a Apple contratar outra fabricante para a produção dos AirPods Pro. A Foxconn esperava ganhar o contrato para fabricação desses fones e até já considerava reformar uma de suas instalações para isso.

Com informações: MacRumors.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
5 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Juliano Machado Olivetti (@Juliano_Machado_Oliv)

Já foi com a Intel, Qualcomm, Sansumg, agora Foxconn…Amanhã TSMC…Não quero entrar no mérito da Foxconn, afinal não temos como saber realmente quem supostamente teria razão. Mas já é notório que a Apple costuma ter péssima relação com seus fornecedores e parceiros, exigindo prazos e escala gigantesca, a margens apertadas. Além de constantemente efetuar jogadas para que não dependa demais de determinado fornecedor, gerando uma demanda instável aos mesmos. Se tivesse na direção da Foxconn, já congelaria qualquer atualização pesada nas linhas da Apple, afinal é questão de pouco tempo p a produção ser redirecionada.

² (@centauro)

Bom, tem uma tal de Luxshare que parece estar assustando a Foxconn com a possibilidade de se tornar a principal fornecedora pra Apple.

Então não parece ser uma jogada inteligente a Foxconn alimentar um clima de tensão com a Apple.