Início » Jogos » Expansão de R$ 159 para Sims 4 deixa você tirar sapatos ao entrar

Expansão de R$ 159 para Sims 4 deixa você tirar sapatos ao entrar

Décimo pacote de expansão de Sims 4, Diversão na Neve, cobra R$ 159 para deixar jogadores tirarem o sapato ao entrar em casa

Lucas Lima Por

O décimo pacote de expansão de The Sims 4 — e quem sabe o último antes de The Sims 5 — chega pelo valor de R$ 159 no Steam ou Origin em 13 de novembro e, como de costume, adiciona itens, áreas e algumas novas ações: como a escolha de tirar os sapatos para entrar em casa.

Pacote de expansão Diversão na Neve, de The Sims 4 (Imagem: Divulgação/EA)

Pacote de expansão Diversão na Neve, de The Sims 4 (Imagem: Divulgação/EA)

Essa é uma prática comum em diversos países asiáticos, mas só estará em The Sims 4 por um pacote de expansão. Em Diversão na Neve, os jogadores vão para uma região nevada com três vizinhanças inspiradas na cultura japonesa. Lá, podem buscar o status zen, decorar a casa com tatame e lanternas de papel ou ciar um jardim com pedras e uma fonte termal.

É um pacote interessante para quem joga, não posso negar. Em vez das correrias da universidade, trabalho, fama e cidade grande, Diversão na Neve parece trazer o equilíbrio para quem só quer relaxar durante a jogatina, enquanto gerencia toda a mecânica de The Sims.

Polêmicas com símbolos

Mas, além de cobrar R$ 159 por um estilo de vida que é parte do cotidiano de asiáticos, o novo pacote de expansão despertou polêmicas até nesses jogadores: sul-coreanos notaram um Sim se curvando diante de um santuário e roupas com a imagem da bandeira do Sol Nascente, no trailer inicial.

Pacote de expansão Diversão na Neve, de The Sims 4 (Imagem: Divulgação/EA)

Pacote de expansão Diversão na Neve, de The Sims 4 (Imagem: Divulgação/EA)

Esses símbolos, apesar de inofensivos no Japão, podem ser desrespeitosos para outros países da Ásia, vistos como sinais de imperialismo, colonização, difamação, crimes de guerra e opressão.

A EA chegou a remover tais elementos do trailer e do pacote Diversão na Neve. Graham Nardone, produtor de The Sims, postou no Twitter a mudança: “Não deixaremos Sims se curvarem diante de santuários” e depois “ajustamos alguns padrões em roupas e objetos dentro de Diversão na Neve que evocaram imagens com doloroso significado histórico”. Por outro lado, a adoração de santuários é parte da cultura japonesa, da religião xintoísta.

The Sims não precisa ir muito longe para cavar novas possibilidades de expansão, para cada estilo de vida do mundo — é, por sinal, uma grande galinha dos ovos de ouro.

Porém, comportamentos naturais, como o de tirar o sapato para entrar em casa, deviam acompanhar o jogo base, não ser uma adição seis anos depois do lançamento do jogo. Não aceito menos que isso em The Sims 5. Afinal, os Sims bem sabem que dinheiro não dá em árvore.

Com informações: Mashable.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
5 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

LekyChan (@LekyChan)

quanta gente fresca hein

Leonardo Costa Porto dos Santos (@Leonardo_Porto)

Queria deixar aqui o meu repúdio pela EA com a série TheSims. Minha esposa é muito fã da série desde o 3, mas os preços praticados pela EA estão indecentes e um grande desrespeito com o consumidor. Aos poucos foram subindo e chegamos ao ponto em que cada expansão está custando praticamente o preço de um jogo completo, sem entregar a mesma quantidade de conteúdo que um jogo base deveria ter. Tá difícil completar a coleção dela kkkkkkkk
Que a Vivi e o Felipe critiquem a EA pelos seus preços comendo bolo no Hit Kill 10!