Início » Aplicativos e Software » Microsoft muda tudo no Live Sync

Microsoft muda tudo no Live Sync

Avatar Por
9 anos atrás

Live Sync para Mac

Se você gosta de ter seus arquivos sincronizados com a nuvem e utiliza o Windows Live Sync como forma de fazer isso, preste muita atenção. A Microsoft vai mudar praticamente tudo na forma como o serviço é oferecido, inclusive seu nome e a quantidade de armazenamento que vai ser oferecida para os usuãrios

A começar pelo nome. Lembra-se que, no passado, o Live Sync já se chamou Live Mesh, um serviço integrado ao Windows Live. Pois bem, a Microsoft decidiu voltar com o nome Live Mesh tanto para o aplicativo presente no Windows Live Essentials 2011 Beta quanto para o serviço baseado na web. Com isso, a empresa o nome Live Sync de vez (eu gostava desse nome...).

No que tange ao espaço para armazenamento, a notícia é boa. Se no Live Sync houve uma queda na quantidade de gigabytes disponíveis para que o usuário faça a sincronização de arquivos, esse limite sobe com o retorno do Live Mesh: serão 5 GB de armazenamento gratuito, mais do que os 2 GB que a Dropbox e a Sugarsync oferecem atualmente.

De acordo com a Microsoft, o usuário médio sincroniza 675 arquivos com 1,8 MB cada, totalizando cerca de 240 MB de uso. Muito menos do que o limite que eles oferecem, é verdade. E, além disso, a Microsoft tem o SkyDrive, um disco virtual de 25 GB, porém sem sincronização com computadores.

Recentemente a Microsoft liberou o cliente Beta 2011 do Live Sync para Mac OS.

Com informações: All About Microsoft.