Início » Celular » Xiaomi supera Apple e ocupa 3ª posição em vendas de celular

Xiaomi supera Apple e ocupa 3ª posição em vendas de celular

Xiaomi supera Apple no mercado de celulares e alcança terceira colocação no 3º trimestre de 2020; Samsung reconquista 1º lugar

Bruno Gall De Blasi Por

A Xiaomi ultrapassou a Apple no mercado global de celulares. Segundo um levantamento da IDC apresentado nesta quinta-feira (29), a marca chinesa alcançou a terceira colocação no ranking de vendas de telefones móveis, antes dominada pela Apple. Ainda no terceiro de trimestre, a Samsung reconquistou o 1º lugar do índice.

Xiaomi Poco X3 (Imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Xiaomi Poco X3 (Imagem: Emerson Alecrim/Tecnoblog)

Os números são referentes às vendas de celular no mundo durante o terceiro trimestre de 2020. Ao todo, 353,6 milhões de telefones foram comercializados, 1,3% a menos em relação ao mesmo exercício do ano anterior devido aos impactos da pandemia de COVID-19, doença causada pelo novo coronavírus.

“Embora o mercado tenha diminuído, os resultados foram mais fortes do que a previsão anterior da IDC de um declínio de 9% ano a ano”, afirmaram. “Isso é em grande parte atribuído à reabertura das economias em todo o mundo, à medida que as restrições do COVID-19 foram gradualmente relaxadas”.

Xiaomi supera Apple em vendas de celular

Os resultados do período trazem novidades ao ranking. É o caso da Xiaomi, que superou a Apple em vendas de smartphones, assumindo a terceira colocação com uma fatia de 13,1% do mercado e crescimento de 42% em relação ao terceiro trimestre de 2019. 46,5 milhões de celulares foram comercializados no 3º trimestre de 2020.

A Apple ficou em quarto lugar, com market share de 11,8% e 41,6 milhões de iPhones vendidos pelo mundo. A companhia registrou uma queda de 10,6%. Segundo a IDC, “essa queda já era esperada e se deve principalmente ao atraso no lançamento da nova série do iPhone 12, que costuma ser no terceiro trimestre”.

“Independentemente disso, a série iPhone 11 se saiu excepcionalmente bem, contribuindo com a maior parte do volume da Apple, seguida pelo dispositivo [iPhone] SE”, afirmam.

Apple iPhone 11 Pro Max e Samsung Galaxy S20 Ultra (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Apple iPhone 11 Pro Max e Samsung Galaxy S20 Ultra (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Samsung retoma primeira colocação

A Samsung reconquistou a primeira colocação do levantamento. No exercício, a marca sul-coreana obteve 22,7% do mercado e vendeu 80,4 milhões de celulares Samsung Galaxy no 3º trimestre de 2020. O crescimento, quando comparado com o mesmo período do ano passado, é de 2,9%.

Já a Huawei retornou à segunda colocação, com 14,7% de market share e queda de 22%. “A empresa continua a enfrentar desafios devido ao impacto cada vez maior das sanções dos EUA, que estão afetando seu desempenho, mesmo na China, já que a marca está tentando reduzir o ritmo de suas entregas por um período mais longo”, explica a IDC. A marca chinesa registrou 51,9 milhões de celulares vendidos.

A igualmente chinesa Vivo vem na quinta colocação, com 8,9% do mercado e 31,5 milhões de smartphones vendidos. As demais fabricante acumulam um market share de 28,8% e 101,7 milhões de unidades comercializadas no período.

Confira os resultados da IDC para a venda de celulares no 3º trimestre:

Fabricante Market share Quantidade de celulares vendidos Crescimento anual
Samsung 22,7% 80,4 milhões +2,9%
Huawei 14,7% 51,9 milhões -22%
Xiaomi 13,1% 46,5 milhões +42%
Apple 11,8% 41,6 milhões -10,6%
Vivo 8,9% 31,5 milhões +4,2%
Outras 28,8% 101,7 milhões -2,4%
Total 100% 353,6 milhões -1,3%

Com informações: IDC

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando