Início » Negócios » LG acumula quase US$ 3,5 bilhões em prejuízo com celulares

LG acumula quase US$ 3,5 bilhões em prejuízo com celulares

LG lucra em outras áreas, como TVs, home theaters e máquinas de lavar; empresa tem prejuízo com celulares desde 2015

Felipe Ventura Por

Sabe qual foi a última vez em que a LG teve lucro com celulares? Em 2014! Desde então, ela vem amargando constantes prejuízos na divisão mobile, e isso não mudou no terceiro trimestre de 2020. Pelo menos, as outras áreas da empresa são rentáveis, envolvendo produtos como TVs, home theaters e máquinas de lavar.

LG Velvet (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

LG Velvet (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Um levantamento do Tecnoblog mostra que, entre janeiro de 2015 e setembro de 2020, a LG teve prejuízo de US$ 3,44 bilhões na divisão de celulares. Isso não leva em consideração as outras partes da empresa.

A LG acabou ficando para trás em um mercado global atualmente dominado pela Samsung, Apple, Xiaomi e Huawei. No Brasil, ela ainda estaria em terceiro lugar nas vendas, atrás somente de Samsung e Motorola.

A fabricante vem tentando se destacar com designs mais chamativos, como o LG G8X ThinQ com acessório de segunda tela e o LG Wing com tela giratória. No entanto, isso não foi suficiente para reverter os constantes prejuízos.

LG planeja mais celulares baratos

Em comunicado, a empresa nota que o prejuízo do terceiro trimestre (US$ 124,9 milhões) foi menor que no mesmo período do ano passado, o que é um começo. Isso se deve “em grande parte ao aumento da eficiência na produção, redução de custos com o maior uso de terceirização de design, e maior demanda por modelos mais baratos”.

Para tentar alcançar a lucratividade, a LG planeja fortalecer sua linha de celulares mais acessíveis na América Latina e América do Norte, além de “continuar a melhorar a eficiência operacional”. Esta semana, ela anunciou o LG K52, K62 e K62+ no Brasil com preços a partir de R$ 1.499.

Estes são os resultados financeiros para a divisão de celulares da LG a cada ano:

  • 2013: lucro de US$ 64,45 milhões
  • 2014: lucro de US$ 295,29 milhões
  • 2015: prejuízo de US$ 103,17 milhões
  • 2016: prejuízo de US$ 1,09 bilhão
  • 2017: prejuízo de US$ 192,33 milhões
  • 2018: prejuízo de US$ 700,65 milhões
  • 2019: prejuízo de US$ 858,34 milhões
  • 2020 (até terceiro trimestre): prejuízo de US$ 494,96 milhões

No terceiro trimestre de 2020, a LG teve lucro de US$ 921,47 milhões, alta de 21% em relação ao mesmo período do ano passado. Isso foi puxado principalmente pela divisão Home Appliance & Air Solution, que corresponde a máquinas de lavar, aparelhos de ar condicionado e semelhantes. A área de Home Entertainment também foi rentável; ela engloba TVs e home theaters. A divisão de celulares, no entanto, não ajudou.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
10 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@teh

Nao boa, eu jogava a toalha.
Ou compraria a One plus (ou outra empresa mobile crescendo) por exemplo mas deixaria ela totalmente independente pra nao fuder a empresa.

@ksio89

Mas também, lança aparelho com MediaTek de 2 anos atrás custando a partir de 1500 contos e quer que venda bem? Os executivos muito bem pagos da empresa são incapazes de perceber os problemas que qualquer comentarista aqui é capaz de apontar.

JulioCampos (@juliocesar)

Se tivesse uma política clara de atualizações, inclusive batendo de frete com Samsung (3 anos) e Apple (~5anos), poderia conquistar mais usuários. Não sei o que tem essas empresas que preferem agarrar nas deficiências da concorrência ao invés de aproveitarem para se diferenciar.

@bkdwt

Das duas uma: ou os executivos são um bando de jumentos ou só querem ganhar dinheiro e o resto que lasque.

Eu acredito na primeira opção mesmo.

Marcos Tony (@Marcos_Tony)

Se tem prejuízo, sai do ramo. Lucro do grupo foi 921 milhões. Teve ano que só celular deu preju de 1bi. Daqui a pouco, divisão móvel terá comido lucro do grupo todo, que ficará deficitário.

Eliézer José (@eliezerjose)

LG no mobile parece eu reagindo com em todas as fotos daquela mina que me chama de migo.

Eduardo Soares (@Eduardo_Soares)

O lucro em Tv, som e outros deve está bem pomposo pra segurar o barco com esse prejuízo.

@ksio89

Hahaha, podemos dizer então que a LG entrou na friendzone do mercado de smartphones, ou então é que nem arroz, só acompanha. Depois do bootloopgate no G4 a empresa foi ladeira abaixo em smartphones. Eu curtia muito os aparelhos da linha G por serem topos de linha com preço de intermediário (premium).

Eu tive um Optimus G e minha namorada um G2, ambos tinham ótimo CxB e a UI era mais intuitiva e fluida que a da Samsung, na época que ela ainda usava a pesadada TouchWiz. Ambos tinham milhares de ROMs custom no XDA que prolongaram sua vida útil, dois aparelhos que deixaram saudades.