Início » Aplicativos e Software » Windows 10 impede acesso a recursos do Painel de Controle

Windows 10 impede acesso a recursos do Painel de Controle

O antigo Painel de Controle também está prestes a perder a lista de apps e programas instalados no computador com Windows 10

André FogaçaPor

A Microsoft avançou em seu plano de enterrar o visual já ultrapassado do Painel de Controle do Windows 10. Nas últimas atualizações alguns recursos bem populares deixaram de existir na parte mais antiga do sistema, como a página com informações sobre o hardware do PC.

Página sobre o sistema no Painel de Controle, no Windows 10 (Imagem: reprodução/Windows 10)

Página sobre o sistema no Painel de Controle, no Windows 10 (Imagem: reprodução/Windows 10)

A gigante do software vem matando tudo que ainda existe no Windows 10 e tem visual mais antigo, sem a interface de usuário moderna e que começou lá no Windows 8. Já são oito anos de ferramentas passando para o lado amigável ao toque e deixando aquele fundo branco com texto de lado. A mais recente remoção do Painel de Controle é a página com informações do sistema, com um nome sugestivo de “Sistema”.

Este local já tem uma substituição competente no lado mais moderno da Força, com nome de “Sobre o computador”. Nele estão basicamente os mesmos dados, como nome do dispositivo, modelo do processador, quantidade de RAM instalada e utilizável, versão do Windows 10 e se o PC tem algum suporte para toque ou caneta stylus.

Apps também saem do Painel de Controle do Windows 10

Em versões de testes do Windows 10, dentro do Insiders, algumas pessoas também comentam que a lista de programas instalados também deixou o Painel de Controle. Este, assim como os dados do computador, também conta com uma versão no menu de ajustes moderno e com basicamente as mesmas funções.

O único problema é que ainda existem ajustes que somente são feitos no visual antigo, como é o caso do gerenciador de dispositivos. Mesmo assim é louvável que a Microsoft esteja mudando aos poucos cada recurso para o visual mais moderno do Windows 10, dando tempo para o usuário se acostumar – um passo de cada vez.

Com informações: SlashGear.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
18 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Renan Rufino (@RufinoRJ)

Tá ficando muito estranho hahahaha

Eu vi em algum site que ainda dava pra criar um atalho com o regedit pra voltar isso mas perdi
O lado mais moderno da força está cada vez mais forte

Felipe Silva (@Felipe_Silva)

O que me irrita é que a interface nova sumiu com algumas informações, especialmente as informações de rede ficaram muito piores, só não espero acabar tendo de usar o terminal pra consultar uma simples questão de velocidade da placa de rede.

🤷‍♀️ (@xavier)

Aqui foram exatamente 3 cliques: Botão direito no ícone de rede na bandeja > Abrir Configurações > Exibir propriedades

Felipe Silva (@Felipe_Silva)

Isso sempre esteve ai? (já que o Windows vive mudando algo não sei desde quando algo está como esta).

Ainda não tá completo, não mostra o quanto de bytes recebidos e enviados, mas já da pra sobreviver assim.

Ainda tenho de ver no notebook se ele mostra certo as velocidades de wifi.

² (@centauro)

Eu ainda acho que eles estão fazendo assim por dificuldades técnicas mesmo (que alguns chamariam de “incompetência”).

Vinicius Vicentini (@ViniciusHVC)

Acho que a maiorias das coisas que estão sendo feitas são na modularização do sistema e cobertura de testes (meio que arrumando o windows, deixando mais fácil dar manutenção no código) e com o tempo isso vai se provar ter valido a pena

🤷‍♀️ (@xavier)

Pois é, não sei te dizer se sempre esteve aí, só sei que estava mais fácil pois precisei disso essa semana.

Pra achar a quantidade de dados enviados o caminho é mais longo. Nesta mesma tela, precisa clicar em “Alterar opções do adaptador” e ser levado pra interface antiga.

Willian M. (@willmarq)

Configurações > Sistema > Armazenamento > “Alterar onde o novo conteúdo é salvo”.

Willian M. (@willmarq)

Acho que muitas interfaces a Microsoft não quer substituir, só “soterrar” mesmo… Pois é

ppcarvalhof (@ppcarvalhof)

O que mais me irrita no Windows 10 é essa esquizofrenia de não ter uma uniformidade. Tem coisas que só estão disponíveis na “interface antiga” e, nem tudo que está na “interface nova” é útil ou completo (comparado à versão antiga). Acho que estão tentando forçar algo sem ser realmente bom (no mínimo)…

Tori Niwikari (@Tori)

Windows é feito com uma base apenas (Windows NT) para todos os consumidores (enterprise e consumidores finais)
Não tem como mudar tudo num vapt-vupt sem que hava incompatibilidades.
Além de que, a mudança é lenta para que corporações possam ter uma migração mais tranquila.

Se Windows fosse o foco da Microsoft igual aos tempos de Windows XP/Vista/7, provavel que o time Windows teria se dividido em 2 (como foi feito no Windows 2000 e ME), um para corporações e outro para consumidor final.
O time corporações ira fazer com que as ferramentas do Windows continuassem a ter compatibilidade com as versões anteriores, enquanto o consumidor final iria focar em melhorias e modernidade no sistema.

…Na verdade, isso está acontecendo.
Windows 10 é o Windows corporativo.
Windows 10X é o Windows para consumidores, focado em modernidade e largando a compatibilidade para trás.

🤷‍♀️ (@xavier)

é focado em telas touch. Conforme já noticiado pelo Tecnoblog:

A plataforma será voltada [inicialmente] para “dispositivos de tela única projetados principalmente para empresas e educação”.

Tori Niwikari (@Tori)

Windows 10X também será usado em Notebooks, como foi noticiado aqui

Mateus B. Cassiano (@mbc07)

O editor de políticas de grupo nunca esteve disponível na edição Home e isso não é limitado apenas ao Windows 10, também era assim nos Windows anteriores…

gabrielcarlos (@gabrielcarlos)

É exatamente esse o meu desgosto com o Windows 10. A maioria das interfaces que foram substituídas pela Metro/Fluent são incompletas e com menos informações que a antiga, além de tudo abrir numa mesma janela do “Configurações” sem aquela barra de hierarquia e janelas pop-up que facilitavam a navegação no antigo Painel de controle.

Exibir mais comentários
https://tecnoblog.net/?post_type=post&p=404942