Início » Aplicativos e Software » Por que Nubank, Itaú e Mercado Pago colam dados no iPhone?

Por que Nubank, Itaú e Mercado Pago colam dados no iPhone?

Já viu mensagens como "Colado da área de transferência" nos aplicativos de pagamento e carteira digital? Entenda o motivo

Bárbara Chieregate Por

Se você atualizou o seu iPhone ou iPad para o iOS 14 e usou algum app de banco ou pagamento, pode ter visto uma mensagem parecida com “Colado da área de transferência” no aplicativo. Isso significa que os dados do clipboard foram colados automaticamente pelo app em questão — mas por quê?

Apps de pagamento podem colar dados do clipboard (Imagem: PhotoMix/Pexels)

Apps de pagamento podem colar dados da área de transferência (Imagem: PhotoMix/Pexels)

Cola de dados do clipboard

Os apps de pagamentos acessam a área de transferência para checar se o dispositivo tem algum código de barras copiado e, assim, facilitar o pagamento de boletos. A prática é comum em aplicativos como o Nubank, Itaú, Mercado Pago e PicPay e já acontece há certo tempo, mas algumas pessoas só notaram agora, quando o iOS 14 passou a informar aos usuários.

Os dados são reconhecidos e automaticamente colados na tela de entrada de código de barras. Apesar de ser uma maneira de agilizar o processo de pagamento de boletos, houve quem se sentisse “invadido” pelo acesso constante ao clipboard.

iOS informa quando o app cola dados da área de transferência (Imagem: Reprodução/Twitter)

iOS informa quando o app cola dados da área de transferência (Imagem: Reprodução/Twitter)

Devo me preocupar?

De acordo com o Itaú, “o app Itaú apenas identifica que existe informação na área de transferência uma vez que a feature de ‘pagar conta’ permite que o cliente escolha colar o código de barras que copiou ou fotografá-lo”.

Segundo o Mercado Pago, “não há monitoração de dados de outros aplicativos ou envio dessa informação para os sistemas sem o consentimento do usuário”.

O Nubank também garantiu que “não armazena e não envia para os seus servidores os dados copiados por usuários junto à área de transferência de quaisquer dispositivos móveis — as informações são processadas apenas localmente”. Leia o posicionamento completo da fintech:

O Nubank afirma que não armazena e não envia para os seus servidores os dados copiados por usuários junto à área de transferência de quaisquer dispositivos móveis — as informações são processadas apenas localmente. Este acesso ocorre única e exclusivamente para detectar código de barras de boletos e fatura de cartão de crédito e sugerir que sejam colados ao acessar o botão de pagamentos no app para uma experiência fluida.

Ademais, o Nubank esclarece que essa leitura se dá por programação prévia baseada na estrutura de dados de boletos, como o dígito inicial e o número total de dígitos numéricos.

Por fim, reiteramos que a segurança dos dados dos clientes é prioridade no Nubank e tomamos todas as precauções necessárias para que nenhuma informação confidencial seja colocada em risco. Seguimos todas as normas do Conselho Monetário Nacional e do Banco Central do Brasil e avaliamos constantemente o cenário nacional e internacional para evoluir e revisar nossos controles.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação