Início » Celular » Realme 7 é homologado na Anatel para venda no Brasil

Realme 7 é homologado na Anatel para venda no Brasil

Realme 7 recebe certificado de homologação da Anatel; celular chinês tem câmera quádrupla de 48 MP e bateria de 5.000 mAh

Bruno Gall De Blasi Por

Mais um celular da Realme recebeu o selo de aprovação da Anatel para ser comercializado no Brasil. É o caso do Realme 7, que teve seu certificado de homologação emitido nesta quarta-feira (11) pela agência. O smartphone chinês chama a atenção pela bateria de 5.000 mAh e câmera quádrupla de 48 megapixels.

Realme 7 (Imagem: Divulgação/Realme)

Realme 7 (Imagem: Divulgação/Realme)

O Realme 7 é mais um produto da marca chinesa certificado pela Agência Nacional de Telecomunicações, depois do Realme 7 Pro e os fones Realme Buds Q. Apresentado como “RMX2151 – (realme 7)” no documento, o telefone foi homologado pela Anatel a pedido da New Paths Representação Comercial, e já pode ser vendido no Brasil.

Com tela de 6,5 polegadas com resolução Full HD+, taxa de 90 Hz e câmera frontal de 16 megapixels, o Realme 7 se destaca pela câmera quádrupla, com sensor principal de 48 megapixels. A bateria de 5.000 mAh é outro destaque, com recarga de 30 watts. O carregador acompanha o telefone, na caixa.

A ficha técnica do smartphone é composta pelo processador MediaTek Helio G95. Na Europa, o celular chinês possui opções com memória RAM e armazenamento de 4 GB + 64 GB e 6 GB + 64 GB, mas pode chegar até 8 GB + 128 GB em outras regiões. O espaço pode ser expandido via cartão microSD.

O preço sugerido do celular começa em 179 euros, com 4 GB de RAM, e vai até 199 euros, com 6 GB. Os valores equivalem a cerca de R$ 1.140 e R$ 1.270, respectivamente, em conversão direta. Apesar da homologação, ainda não há previsão de lançamento do Realme 7 no Brasil.

Realme 7 (Imagem: Divulgação/Realme)

Realme 7 (Imagem: Divulgação/Realme)

Realme chega ao Brasil

A Realme está de malas prontas para chegar ao Brasil. Na segunda-feira (9), a companhia chinesa anuncio o início de suas operações no país, com a promessa de lançar de produtos AIoT e celulares premium, como é o caso do Realme 7 Pro, homologado pela Anatel na semana passada.

“Teremos o Brasil como centro estratégico e porta de entrada para o mercado da América Latina. Chegamos ao país com uma estratégia de longo prazo para sermos os principais players do Brasil, fornecendo produtos de excelente performance, design, qualidade e preço”, disse Sky Li, fundador e CEO da Realme.

Realme 7 (Europa) – ficha técnica

  • Tela: 6,5 polegadas com resolução Full HD+ (2400 x 1080 pixels), 405 ppi e taxa de atualização de 90 Hz
  • Processador: MediaTek Helio G95, octa-core de até 2,05 GHz e chip gráfico Mali-G76 MC4
  • RAM: 4 GB e 6 GB
  • Armazenamento: 64 GB, expansível via cartão microSD
  • Câmera traseira quádrupla:
    • principal: 48 megapixels, f/1,8
    • ultrawide: 8 megapixels, f/2,3, 119º
    • macro: f/2,4
    • retrato: f/2,4
  • Câmera frontal: 16 megapixels, f/2,1
  • Bateria: 5.000 mAh, recarga rápida de 30 watts (na caixa)
  • Sistema operacional: Android 10 (realme UI)
  • Conectividade: entrada dedicada para fones de ouvido (3,5 mm), porta USB-C, Wi-Fi, Bluetooth 5.0, GPS e NFC
  • Dimensões: 162,3 x 75,4 x 9,4 mm
  • Peso: 196,5 gramas
  • Cores: Mist Blue (azul) e Mist White (branco)

Colaborou: Everton Favretto

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação