Início » Aplicativos e Software » Instagram libera botões Reels e Loja para todos os usuários

Instagram libera botões Reels e Loja para todos os usuários

Segundo o Instagram, a mudança acontece com foco em usuários mais jovens e em criadores de conteúdo

Victor Hugo Silva Por

O Instagram vai dar ainda mais destaque para Reels e Loja. A rede social anunciou que vai exibir abas para as duas seções aos usuários de Android e iPhone em todo o mundo a partir desta quinta-feira (11). A mudança na disposição dos botões da plataforma já era testada há alguns meses e, agora, foi finalmente oficializada.

Instagram destaca abas para Reels e Loja (Imagem: Divulgação/Instagram)

Instagram destaca abas para Reels e Loja (Imagem: Divulgação/Instagram)

Com a atualização, a barra inferior passa a exibir atalhos para tela inicial, Explorar, Rells, Loja e perfil. Os ícones para publicar foto ou vídeo no feed e para a área de notificações foram deslocados para a barra superior. Eles estão ao lado do atalho para o Direct, que ganhou integração com o Messenger.

Segundo o Instagram, as novas abas foram liberadas com foco em usuários mais jovens e em criadores de conteúdo. O atalho do Reels leva à seção de vídeos parecidos com os do TikTok que, hoje, já são destacados na aba Explorar. A plataforma afirma que, com mais pessoas em casa por conta da pandemia do novo coronavírus, registrou um aumento na publicação desses vídeos curtos.

Enquanto isso, a aba Loja apresenta uma seção com produtos promovidos por marcas e influenciadores. A área de compras vai permitir a navegação por lojas e por seleções feitas pelo Instagram no perfil @shop. A rede social também destaca que, em 2020, mais pessoas estão comprando pela internet e mais usuários jovens estão buscando recomendações de criadores de conteúdo.

Instagram Reels completa um ano

Coincidentemente ou não, o anúncio da mudança nos atalhos do Instagram acontece um ano após o início dos testes do Reels. O recurso, inicialmente conhecido como Cenas, foi testado primeiro com usuários no Brasil. Os vídeos começaram com limite de 15 segundos e, em setembro, esse tempo aumentou para 30 segundos.

Com o crescimento do número de usuários do TikTok, outras plataformas além do Instagram passaram a desenvolver recursos de vídeos curtos. É o caso do YouTube, que, há alguns meses, passou a testar a opção em seu aplicativo para Android e iOS.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação