Início » Aplicativos e Software » Apple Silicon converte programas de Intel x86 para ARM em 20 segundos

Apple Silicon converte programas de Intel x86 para ARM em 20 segundos

Computadores com chips Apple Silicon vão precisar de cerca de 20 segundos para converter programas de Intel x86 para ARM

Bruno Gall De Blasi Por

Cerca de 20 segundos: esse é o tempo que os Macs com chips Apple Silicon devem precisar para converter programas de Intel x86 para ARM durante a primeira execução. A estimativa partiu da Microsoft ao anunciar a compatibilidade do Office com os novos MacBook Air, MacBook Pro e Mac Mini com o processador Apple M1.

Apple Silicon (Imagem: Reprodução/Apple)

Apple Silicon (Imagem: Reprodução/Apple)

Apple Silicon pode levar 20 segundos para converter apps

A Apple anunciou os seus primeiros computadores com Apple Silicon na terça-feira (10). Ainda que tenham uma arquitetura diferente das gerações anteriores, os novos Macs serão compatíveis com aplicativos compilados para processadores Intel através do Rosetta 2. A primeira inicialização, no entanto, pode levar um pouco mais de tempo.

“A primeira abertura de cada aplicativo do Office demorará mais, pois o sistema operacional precisa gerar um código otimizado para o processador Apple Silicon. Os usuários perceberão que os aplicativos ‘saltam’ na dock por cerca de 20 segundos enquanto o processo é concluído. As aberturas subsequentes do aplicativo serão rápidas”, afirmou a Microsoft nesta quinta-feira (12).

A demora, no entanto, é uma reação esperada na conversão de programas de Intel x86 para ARM, conforme aponta o documento “About the Rosetta Translation Environment” (“Sobre o ambiente de tradução Rosetta”, em tradução livre), da Apple:

“Se um executável contém apenas instruções Intel, o macOS inicia automaticamente o Rosetta e inicia o processo de tradução. Quando a tradução termina, o sistema inicia o executável traduzido no lugar do original”, explicam. “No entanto, o processo de tradução leva tempo, então os usuários podem perceber que os aplicativos traduzidos são iniciados ou executados mais lentamente às vezes”.

Além de executar programas compilados para processadores Intel graças ao Rosetta 2, que “traduz” as instruções para chips ARM, os computadores com Apple M1 também poderão executar nativamente apps de iPhone e iPad. Ainda assim, nem todos os aplicativos para iOS estarão disponíveis para computadores da Apple.

Novo MacBook Air com Apple Silicon (Imagem: Divulgação/Apple)

Novo MacBook Air com Apple Silicon (Imagem: Divulgação/Apple)

Apple lança macOS Big Sur

A Apple estreou a versão final do macOS Big Sur nesta quinta-feira (12). O novo macOS chega aos computadores da Apple com visual remodelado, inspirado no iOS, melhorias no Safari e mais. Além disso, o novo macOS é otimizado para o novo processador Apple M1. A atualização está disponível gratuitamente para download.

Com informações: Apple, MacRumors e MSPowerUser

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
4 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Vinicius (@vinimaz)

Se são 20 segundos e só na primeira vez eu acho na verdade um ótimo avanço. Lendo soou como algo ruim, mas eu achei o tempo bem rápido pra um Office Suite.