Início » Negócios » Netflix diz que não cancela tantas séries assim: “é o padrão da indústria”

Netflix diz que não cancela tantas séries assim: “é o padrão da indústria”

Netflix respondeu às reclamações e afirmou que mantém equilíbrio entre produções curtas e séries com várias temporadas

Victor Hugo Silva Por

A Netflix costuma ser criticada por cancelar uma quantidade muito alta de séries queridas pelso assinantes. Agora, a empresa respondeu às reclamações e afirmou que não encerra produções com mais frequência do que outros serviços de streaming. Em vez disso, a companhia entende que sua taxa de renovação de séries segue “o padrão da indústria”.

Netflix em Los Gatos

A declaração foi feita pela head global de TV da Netflix, Bela Bajaria, durante o evento de mídia Paley International Council Summit. “Se você olhar para segundas temporadas ou mais, temos uma taxa de renovação de 67%, o que é o padrão da indústria”, argumentou a executiva. Para ela, a impressão de que há muitos cancelamentos acontece porque, muitas vezes, a empresa opta por produzir séries com apenas uma temporada.

“Também acho que é preciso olhar para The Crown, agora com o lançamento da quarta temporada, Grace & Frankie e The Ranch. Tivemos programas de longa duração e sempre teremos uma mistura entre o que é ótimo para contar em forma de uma série limitada e programas que duram várias temporadas”, afirmou.

Bajaria também destacou que cancelar produções é algo “doloroso” e que “ninguém quer fazer isso”. Porém, ela considera correto o modelo da empresa de encomendar a primeira temporada completa de séries em vez de realizar episódios pilotos, ainda que ele possa levar a mais cancelamentos. “Mesmo assim, ainda acredito que uma encomenda de temporada é uma expressão criativa melhor da ideia de um escritor, então ainda acho que é o modelo certo para nós”, comentou.

Netflix não usa métricas da TV

No mesmo evento, o CEO da Netflix, Ted Sarandos, afirmou que o cancelamento de séries pela empresa gera uma repercussão desproporcional. O executivo destacou ainda que a empresa não avalia êxito de uma série com as antigas métricas de emissoras de televisão, que costumam prezar por produções com a maior duração possível.

“As coisas que tiveram sucesso antes da Netflix e do OTT [over-the-top] realmente alcançavam a distribuição. Esse era o objetivo e qualquer coisa que não chegasse a 100 episódios ou passasse as quatro temporadas não parecia um sucesso”, comentou.

“Acho que muitos programas podem ser um sucesso por serem exatamente o que são e você poderia contar essas histórias em duas temporadas, ou uma temporada, ou cinco temporadas. Acho que se fala muito nisso porque é comparado à velha maneira de fazer as coisas”.

Com informações: Deadline.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
7 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Diego M. Viegas (@Diego_Viegas)

Para ela, a impressão de que há muitos cancelamentos acontece porque, muitas vezes, a empresa opta por produzir séries com apenas uma temporada.

Bullshit… A série The Mist é só um exemplo que eu posso citar no momento, em que o episódio final não explicou absolutamente nada e ainda criou mais mistérios na trama. Tudo bem que no caso dessa série a culpa não é totalmente da Netflix, mas sabemos muito bem que esse tipo de cancelamento é muito comum. Não assisti a Sense8, mas soube que quando cancelaram a série na segunda temporada, as reclamações foram tantas que a Netflix se viu obrigada a criar um episódio especial para concluir a trama.

Parei de assistir séries americanas da Netflix logo que surge a primeira temporada. Agora, só assisto se estiver finalizada (leia-se finalizada como “concluída”, e não “cancelada”). Desanimador de mais começar a acompanhar uma história que desenvolve um enredo bacana, e depois saber que não vai poder ver o final porque a série foi cancelada. Entendo que para algumas produções estilo Simpsons até que não causa tanto impacto um cancelamento súbito. Mas quando se trata de uma história com começo meio e fim, acabar dessa forma é no mínimo decepcionante.

Douglas Knevitz (@Douglas_Knevitz)

A impressão que me passa é que quando isso acontece, é porque essa série foi pensada para ter mais de uma temporada, porém não teve engajamento e optaram por não renovar, e em alguns casos ela já está até comprado o direito de exibição.

Não sei qual é pior, isso, ou quando a série foi pensada para ter uma temporada e o engajamento é tão bom, que encomendam uma segunda. Conseguem espremer alguma coisa da segunda, mas quando chega na 3º a coisa começa a desandar pois já esticaram ao máximo.

Andre Kittler (@Andre_Kittler)

Cara para, netflix cancela tudo. É desanimante, e é simplesmente burrice ver uma serie de uma temporada hoje pois ela pode ser cancelada porque “metricas”… e então qualquer pessoa com o minimo de controle opta por não ver, esperar renovarem para ter chance de ter umaa historia completa, e então poucos siistem, e então “metricas”,

Mas legal, pode sempre usar as 3 ou 4 que não cancelam como exemplo. Se eu pegar 3 ou 4 politicos tenho como exemplo que o salario do brasileiro é alto e todos que reclamam são chorões…