Início » Educação » Como citar o BNCC nas normas ABNT

Como citar o BNCC nas normas ABNT

Instrução normativa; veja como citar o BNCC nas normas ABNT e utilize o documento do Ministério da Educação como fonte

Leandro Kovacs Por

A Base Nacional Comum Curricular é um documento oficial feito pelo Ministério da Educação para guiar sobre a qualidade do ensino comum no Brasil. Confira como citar o BNCC nas normas ABNT e fique apto a utilizar esse documento normativo como fonte de suas pesquisas.

Base Nacional Comum Curricular (Imagem: Jessica Lewis/Unsplash)

Base Nacional Comum Curricular (Imagem: Jessica Lewis/Unsplash)

O que é o BNCC?

BNCC é a sigla que representa a Base Nacional Comum Curricular. O documento normativo que define o conjunto de aprendizagens essenciais que todos os alunos devem desenvolver ao longo das etapas e modalidades da Educação Básica.

Apesar do documento não ser uma Lei, suas funções foram definidas pela Lei nº 9.394/1996 ou Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, LDB. Por ser um documento feito por um Ministério, o correto é fazer a citação da mesma forma que portarias ou resoluções do Ministério da Saúde.

Como citar o BNCC nas normas ABNT

O BNCC é um documento feito pelo Ministério da Educação, adotando a mesma regra dos documentos oficiais de outros Ministérios temos:

  • Na frase (Citação Indireta): Brasil (2018);
  • No fim de Parágrafo (Citação Direta): (BRASIL, 2018, p.35);
  • Referências: BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, 2018.

Regra Geral

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, 2018.

Caso seja uma citação direta, após o ano, indicar a página para facilitar a busca no material fonte. O BNCC é um documento novo, mas pela origem ser um Ministério do Governo Federal, seguimos a mesma lógica da ABNT para documentos oficiais e portarias. É o conjunto de especificidades da NBR que melhor atende o BNCC.

Agora, você já sabe como citar o BNCC nas normas ABNT e poderá utilizar essa diretriz moderna em seus trabalhos acadêmicos. O conteúdo pode atender pesquisadores de diversas áreas, não somente pedagogos, cientistas políticos. Cada professor especializado na sua matéria poderá citar como fonte, forçando debates sobre o caminho que a educação irá seguir. Bons estudos!

Com informações: Metodista, BNCC.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando