Início » Computador » Apple Silicon é mais rápido que Intel mesmo emulando apps x86

Apple Silicon é mais rápido que Intel mesmo emulando apps x86

MacBook Air com Apple M1 é mais rápido que MacBook Pro com Intel Core i9; chip gráfico supera algumas placas de vídeo

Felipe Ventura Por

Benchmarks indicam que o processador Apple M1 é rápido. Muito rápido: para você ter uma ideia, o novo MacBook Air ultrapassou o MacBook Pro com Intel Core i9. Agora, testes apontam que o Apple Silicon é mais veloz mesmo em modo de emulação x86 para programas feitos em arquitetura Intel. Além disso, o chip gráfico superou o desempenho de algumas placas de vídeo GeForce GTX e Radeon RX.

Chip Apple M1 (Imagem: Reprodução/Apple)

Chip Apple M1 (Imagem: Reprodução/Apple)

Um MacBook Air com 8 GB de RAM passou pelo Geekbench com pontuações 1.313 (usando só um núcleo) e 5.888 (multi-core). O teste menciona o termo “VirtualApple”, ou seja, foi rodado através do Rosetta 2, que converte programas x86 para ARM.

Como essas pontuações se comparam aos Macs anteriores? Nos testes single-core, o chip M1 em modo de emulação é mais rápido que qualquer outro computador da Apple com processador Intel. Isso inclui o iMac de 27 polegadas lançado este ano com Core i9 (1.251 pontos).

Nos testes multi-core, que refletem melhor o desempenho geral, o Apple M1 também impressiona. Ele fica bem à frente do MacBook Pro de 13 polegadas lançado este ano com Core i7 (4.514); e do MBP de 16″ com Core i7 (5.332). O chip só perde para modelos deste notebook com Core i9 (que variam de 6.096 a 6.871).

MacBook Air passa por teste de desempenho (Imagem: Reprodução/Geekbench)

MacBook Air passa por teste de desempenho (Imagem: Reprodução/Geekbench)

GPU do Apple M1 é mais rápida que placas de vídeo

O chip gráfico do Apple M1 também chama a atenção, atingindo taxas de quadros por segundo mais altas que certas placas de vídeo. Em testes do GFXBench 5.0, a GPU oferece taxa de transferência de 2,6 teraflops, o mesmo que a AMD Radeon RX 560, e mais que os 2,1 TFLOPS da GeForce GTX 1050 Ti; elas foram lançadas entre 2016 e 2017.

A comparação é feita com essas duas placas porque elas têm resultados do GFXBench rodando sob a API Apple Metal, usada pelo chip M1. Como nota o Tom’s Hardware, será necessário esperar por benchmarks melhores, porque este teste é mais voltado para smartphones.

Isso deve ser questão de tempo: os primeiros Macs com processador Apple Silicon chegarão aos EUA a partir desta sexta-feira (20).

Desempenho do chip gráfico no Apple M1 (Imagem: Reprodução/GFXBench)

Desempenho do chip gráfico no Apple M1 (Imagem: Reprodução/GFXBench)

Com informações: MacRumors.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
7 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Gabriel Arruda (@gdarruda)

Há muito tempo que não fico ansioso por algum produto, até onde eu vi todos os benchmarks tem confirmados as afirmações absurdas da Apple. Considerando que esse é um processador de 10-15 watts, as possibilidades são incríveis.

Muitos estão céticos pelas referências/gráficos desastrosos da apresentação, mas no site eles têm comparação com os produtos da geração passada com detalhes de específicações: https://www.apple.com/br/macbook-pro-13/

Muito curioso para ver os resultados nas mãos dos reviewers.

Douglas Knevitz (@Douglas_Knevitz)

Ela fez de uma forma que passou a mensagem de que o dela é melhor, mas sem dizer que o intel que ela mesmo usa, é inferior. Ela fez assim de propósito. Até porque por mais alguns anos vai sair Macs com intel.