Início » Aplicativos e Software » Zona Azul em São Paulo exige app da Estapar para estacionar

Zona Azul em São Paulo exige app da Estapar para estacionar

Novo aplicativo da Estapar para Zona Azul em São Paulo exibe mapa interativo com a disponibilidade das vagas em tempo real

André Fogaça Por

A partir desta terça-feira (17) as vagas de estacionamento rotativas de São Paulo, chamadas de Zona Azul, passam a ser utilizadas com a necessidade de um novo app da Estapar. A novidade elimina as 13 opções anteriores na hora de comprar o Cartão Azul Digital (CAD), focando este serviço em apenas um app para Android e iPhone.

Aplicativo Estapar para iPhone (Imagem: reprodução/Estapar)

Aplicativo Estapar para iPhone (Imagem: reprodução/Estapar)

Se você visita ou mora em São Paulo e anda de carro, precisa ficar atento na hora de comprar o cartão de estacionamento para vagas rotativas, conhecidas como Zona Azul. A partir desta semana a venda de cartões digitais por aplicativo muda e deixa de estar disponível em várias empresas, para focar apenas em um app da Estapar. A empresa faz parte do grupo Hora Park, vencedor da licitação aberta em 2018 e vai operar as 51 mil vagas na rua por 15 anos.

Novo app de Zona Azul exibe disponibilidade de vagas

O novo aplicativo não altera o valor de R$ 5 por cartão virtual e nem mesmo as regras de estacionamento em locais especiais, como em alguns parques e praças da cidade. Outra vantagem é que o app da Estapar exibe a disponibilidade de cada vaga em tempo real, em um mapa que aparece logo na primeira tela. Quando o tempo do cartão estiver acabando, um alerta é enviado para o usuário em 15, 10 e cinco minutos antes do fim do prazo permitido – o CAD pode ser renovado remotamente.

O estacionamento para pessoas sem smartphone pode ser validado com ajuda de uma rede do comércio local, mais ou menos como já acontece na cidade de São Paulo antes da mudança. Outra alternativa é de validar a vaga por SMS ou ligação telefônica, mas estes métodos exigem cadastro prévio no aplicativo ou site da Estapar.

Todo crédito em CADs vendidos por outras empresas pode ser manualmente migrado para o novo aplicativo. Se o usuário não transferir o valor até o dia 15 de fevereiro de 2021, os CADs serão enviados automaticamente para a solução da Estapar.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
6 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Marcelo Juliani (@mjuliani)

Esse aplicativo é uma droga.
Gostava tanto do Zul Digital

imhotep (@imhotep)

Eu não sei o q é pior: o app da Estapar, ou a prefeitura ter cedido a operação das vagas rotativas.

O texto tem um erro - apesar de vc poder “renovar” o CAD, isso é irregular, pois se trata de estacionamento rotativo, ou seja, vc deve sair da vaga e procurar outra, vencido o tempo regulamentar na placa indicativa na rua.

OK, ninguém faz isso, mas é assim que funciona, só pra esclarecer.

André Fogaça (@fogaca)

Você pode renovar uma vez, em qualquer vaga. Não é irregular.imagem1242×2688 369 KB

imhotep (@imhotep)

As pessoas renovam indefinidamente.
Vc só pode renovar 1x onde não há descrição do tempo na placa.

@ksio89

Ele funciona bem? Aqui em Fortaleza o aplicativo oficial é esse. Até criei uma conta e cadastrei um cartão virtual nele, mas nunca usei porque evito vagas de zona azul, uma vez que já pago impostos demais para rodar com meu carro.

Fernando Palho Ribeiro (@Fernandopalho)

poxa, ao inves de “delixar a liberalidade da concorrencia como era antes” .
Cria-se um monopolio privado, é a “mão do estado”, que não ajuda em nada a população.
#neoliberalismodesapatenis

imhotep (@imhotep)

Mas nada mudou…
O poder público gerenciava as vagas e apenas concedeu o direito para uma empresa privada, q tem regras a cumprir.
Pessoalmente, eu acho q deveria ter continuado com o poder público, simplesmente porque o espaço público (o uso das vagas) deveria ser até mais caro. 5 reais é muito barato para uma pessoa parar o seu carro numa área pública.
É mais barato do que pegar um ônibus (ida e volta).

A cobrança pelo uso do espaço público nas grandes cidades deveria ser uma pauta maior. Mas as pessoas não estão preparadas para essa discussão.

@ksio89

Só esqueceu de dizer que proprietários de carro no Brasil pagam uma quantidade absurda de impostos para comprar e manter um carro, e ainda tem que pagar caro pra estacionar nas ruas e dar dinheiro para marginais dos flanelinhas se não quiser que seu carro seja riscado ou aconteça algo pior.

Se tivéssemos menos tributos e houvesse retorno dos que pagamos, não me importaria de pagar por vagas públicas. Mas como o Estado não garante pavimentação decente e nem segurança para evitar que seu carro, acessório ou estepe seja furtado pelas vítimas da sociedade, é imoral cobrar pra estacionar em vagas públicas.

imhotep (@imhotep)

Sabe pq o zona azul é 5 reais?
Porque quem não tem carro tb paga.

Como eu disse, as pessoas não estão preparadas pra essa discussão.

Antes que pergunte, sim, tenho carro e não sou partidário de nenhum lado da esfera política, já que a discussão normalmente é rasa ao chamar uma pessoa de esquerdista ou direitista, dependendo da opinião dela sobre alguma coisa.

Não sei se vai ter saco ou interesse em ler, mas segue um texto que tenta esclarecer o contexto do estacionamento nas ruas x planejamento das cidades.

@ksio89

Nunca fiz qualquer inferência sobre você ter carro ou sobre sua orientação política. A verdade é que é muita ingenuidade acreditar que as prefeituras das grandes cidades brasileiras implementam zonal azul para melhorar a mobilidade ou planejamento urbano, não é. A intenção é, como sempre, puramente arrecadatória.

Se o poder público estivesse realmente preocupado com a mobilidade urbana, deveria melhorar a qualidade e a segurança do transporte público coletivo e promover a integração de terminais de ônibus e estações de metrô. Como isso dá trabalho, requer investimentos e não deve ter retorno eleitoral, é mais fácil e barato atrapalhar a vida dos donos de carro para desestimular seu uso, e de quebra ainda aumenta a arrecadação.

Aqui em Fortaleza existe uma rua chamada Monsenhor Tabosa, famosa pelas lojas de calçados e artigos de couro de alto padrão. Pois bem, o atual prefeito mandou implantar zona azul em toda a sua extensão, e sabe qual o resultado? A grande maioria das lojas fechou, pois a clientela caiu bastante após a adoção de zona azul, eu mesmo nunca mais fui lá depois da mudança. O prefeito ordenou que até vagas em frente a hospitais, farmácias, escolas e igrejas fossem pagas. Não importa onde, a meta é arrecadar a qualquer custo com zona azul.

Muitos comércios já fecharam as portas após essa cruzada de zona azul erguida pela administração atual, como se a crise econômica não fosse suficiente. Tudo bem que outro motivo para o encerramento de tantas empresas é o fato da prefeitura passar a cobrar anualmente a renovação de alvará de funcionamento, mas isso reforça a minha crítica de que zona azul só serve para prefeitura arrecadar mesmo.

Há alguns meses eu estacionei meu carro em uma zona azul de uma rua até movimentada aqui na capital. Quando cheguei, percebi que haviam roubado a antena, que é apenas rosqueada, e todas as calotas, que são encaixadas sob pressão em vez de parafusadas. Poha, aí eu te pergunto, é pra isso que eu pago zona azul?

imhotep (@imhotep)

Desculpe se pareceu que eu te acusei. Não foi direcionado a vc.

Cara, a discussão não é simples. Tudo que vc falou é verdade, em relação à arrecadação.

Mas a cobrança pelo uso do espaço público é comum em cidades como Londres, São Francisco, NY, só pra citar algumas cidades fora do Brasil.

Morar todo mundo numa cidade grande é economicamente ótimo e traz benefícios indiretos como proximidade do trabalho e da infraestrutura, além de preservar o ambiente (se quiser explico o porquê, já que é um assunto meio off para esse fórum).

Mas pra isso, regras precisam existir para o bom uso do espaço público.
São Paulo, que é bem maior que Fortaleza, é um exemplo prático.

@ksio89

Eu li o artigo e em resumo o autor acha que vagas públicas estão muito baratas e que a tarifa deve ser equiparada com a de estacionamentos particulares, genial. Vou mandar o texto para um amigo que recentemente teve o estepe do carro furtado em uma vaga de zona azul a plena luz do dia ler. Tenho certeza que ele vai concordar em pagar mais caro para parar o carro na rua e não ter segurança alguma.

Legal, mas nessas cidades o asfalto é excelente, os impostos para manter um carro são justos, existe segurança pública, o transporte coletivo é de qualidade e não existem flanelinhas. Quando tudo isso for realidade na minha cidade, aí eu concordarei com o Estado me cobrar para estacionar meu carro no espaço público.

imhotep (@imhotep)

Vc tá que nem o cara no outro tópico que quer ter tv a cabo, não tem dinheiro e então se acha no direito de pegar pirata.
Vc acha que porque os governos são malandros que vc tem o direito de parar seu carro na rua e a pessoa que não tem carro tem que pagar pelo seu conforto.

Não é assim que funciona e não há justificativas para tal.

Mas conhecendo Fortaleza como conheço, vc tem a opção de continuar a se enganar e continuar morando numa cidade violenta e cheia de problemas, desde que consiga parar seu carro na rua a preços módicos. E continuar a perder horas no trânsito como se fosse normal.

Repito o que disse no início: vcs não estão preparados pra esse tipo de conversa.

@ksio89

Você fez uma comparação muito infeliz, equivocada e injusta. Defender pirataria por não ter condições de contratar um serviço legal, algo que eu não defendo, é bem diferente de eu criticar o fato de eu ter que pagar pra um governo corrupto pra parar meu carro na rua.

E me explique como a pessoa que não tem carro está pagando pelo meu conforto, pois fiquei curioso. Que eu saiba a pessoa só vai pagar para estacionar numa vaga pública se ela tiver um carro. Não me lembro de pagar zona azul ao andar a pé na rua, mas posso estar enganado.

E na boa, eu ando nas ruas cheias de buracos, pago monte de taxa pro governo do estado corrupto, pago pra estacionar meu carro na rua, sou ameaçado por flanelinha e quando chego me deparo que furtaram a antena e calota do meus carro, e você quer que eu defenda zona azul, sabendo que o intuito não é melhorar mobilidade urbana porcaria nenhuma e apenas arrecadar? Cai na real, cara. Quando a realidade da minha cidade for a mesma de Londres, Nova York etc. aí eu mudo de opinião.

E na verdade eu ando cada vez menos de carro aqui, já que o prefeito e esses insuportáveis de ambientalistas hipócritas querem vilanizar o carro particular, mas eles mesmos não andam de transporte público coletivo, pois sabem que não presta.

imhotep (@imhotep)

@ksio89, é inútil eu ficar tentando te explicar aqui, num fórum de tecnologia, sobre urbanismo, se vc não tem interesse ou conhecimento sobre o assunto.
O erro é meu, aliás, de tentar inserir um assunto q não é, infelizmente, de conhecimento da maioria das pessoas, q vivenciam as cidades, sem perceber que há custos para isso.

Se quiser outra hora, conversar em offline sobre o tema, terei o maior prazer.