Início » Internet » YouTube terá anúncios que tocarão em áudio de segundo plano

YouTube terá anúncios que tocarão em áudio de segundo plano

Os novos anúncios em áudio para o YouTube são semelhantes com o que já existe nas rádios, mas com algum tipo de apelo visual

André Fogaça Por

O YouTube sabe que muita gente apenas escuta um vídeo, transformando a experiência em um podcast e este comportamento está criando um novo formato para anúncios: propaganda em áudio. O alvo do novo teste também está nos usuários que utilizam a plataforma de vídeos como player de música.

YouTube (Imagem: reprodução/YouTube)

YouTube (Imagem: reprodução/YouTube)

A novidade já está em testes e o próprio Google lista um exemplo de sucesso com o Shutterfly. O relato afirma que o novo formato de publicidade feita em áudio focou no público interessado para comprar, gerando aumento de 14% na habilidade dos usuários de lembrarem da propaganda, junto de crescimento em 2% para a preferência das pessoas.

Anúncios em áudio no YouTube também terão imagens

A peça publicitária será semelhante ao que já é feito com os anúncios nas rádios e podcasts de outras plataformas. No caso do YouTube ela pode ter duração de até 30 segundos, o arquivo enviado ao YouTube não pode passar de 128 GB e mesmo sendo feita com o áudio em mente, ela ainda assim terá algum apelo visual para quem mudou de aba – nas resoluções: 240p, 360p, 480p, 720p, 1080p, 1440p ou 2160p.

Como um dos públicos buscados é o de pessoas que utilizam o YouTube para ouvir música, o site também vai criar um grupo de canais focados em música em ritmos populares como canções latinas, k-pop e hip-hop, além de uma lista com as 100 músicas mais tocadas na semana.

Os testes ainda estão em estágio inicial e não existe previsão para o lançamento dos anúncios em segundo plano no YouTube para todos os usuários. Também não está claro se eles serão ou não implementados em outras plataformas do Google, como o próprio YouTube Music.

Com informações: YouTube.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
10 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

LekyChan (@LekyChan)

ta certo isso ai mesmo? o anuncio poderá pesar 128GB???

@ksio89

Vanced no Android e adblocker no computador estão quase se tornando obrigatórios, pois YouTube está insuportável de tanto anúncios, embora eu entenda que não exista almoço grátis, muito complicado.

Após assistir o vídeo eu ainda assisto outra vez com (em segundo plano e no mudo) com o adblocker desligado pra ajudar na monetização de alguns canais que acompanho, e até sou membro de outros, mas não tem como assistir anúncio toda vez. Por mim podia encher a página de anúncios se fosse pra não ter mais anúncios antes do vídeo.

André Fogaça (@fogaca)

Este é o limite do tamanho do arquivo do anúncio que é enviado pro YouTube. Não o tamanho final pro usuário que assiste

LekyChan (@LekyChan)

Mesmo assim é um tamanho bem considerável, principalmente levando em conta que a maior parte dele será audio.

Diego M. Viegas (@Diego_Viegas)

O problema é com os aplicativos de smart TVs e consoles, que é onde mais assisto hoje em dia. Hoje estou pagando aquele plano de estudante do premium, mas se eu conseguisse achar alguma forma de acabar com os anúncios direto na TV que fosse tão boa quanto AdBlock e Vanced, Youtube nunca mais veria um tostão meu!

Vinicius (@vinimaz)

Eu não faço porque eu tenho o Premium, mas tem como você deixar rodando o PiHole num RaspberryPi na rede

² (@centauro)

PiHole não consegue barrar propaganda do youtube que roda no vídeo e, dependendo de como for implementado, pode não conseguir bloquear esses de áudio também.

Eu (@Keaton)

o arquivo enviado ao YouTube não pode passar de 128 GB

Nope, só pode ter 127GB1023MB1023KB1023B. hahaha

Tech Nerd 🤓 (@technerd)

Ontem mesmo vi um vídeo de 15 minutos que teve 3 anúncios iguais de um salgadinho que eu não consumo desde os 10 anos de idade.

@ksio89

Putz, em dispositivos fechados como TVs e consoles acho que não tem jeito, tem que tirar o escorpião da carteira e pagar o Premium.

Adriano Garcez (@Adriano_Garcez)

e nem é culpa do Youtube em si, mas dos canais que abusam do sistema. Quando o vídeo começa com anúncio, geralmente nem assisto; quando o anúncio vem em menos de 1’, paro o vídeo. Há vários canais que colocam o anúncio no meio do vídeo e quase ao final, então assisto de boas.

Eu pagaria tranquilamente R$10 para não ver mais anúncios na TV, mas R$20 vai contra meus princípios - pago R$10 no Prime, até parece que vou pagar o dobro só pra não ter anúncios.

Mateus B. Cassiano (@mbc07)

Se a TV/set-top-box rodar Android TV, tem o Smart YouTube TV. Agora nos consoles ou outros SOs de TV, até onde sei só com o YouTube Premium pra não ter propagandas…