Início » Aplicativos e Software » Vivo OriginOS traz Android 11 com visual focado em widgets

Vivo OriginOS traz Android 11 com visual focado em widgets

A nova interface OriginOS da Vivo é extremamente semelhante ao visual de widgets do iOS 14, lançada recentemente pela Apple

André FogaçaPor

A Vivo (não a operadora) mostrou ao mundo como é sua nova interface alterada para o Android 11, com nome de OriginOS e que lembra ainda mais o iOS da Apple. Ela é focada no uso de widgets em um alinhamento que é basicamente o mesmo utilizado por aquela-outra-empresa.

OriginOS (Imagem: divulgação/Vivo)

OriginOS (Imagem: divulgação/Vivo)

Antes mesmo de entrar nos detalhes visuais é preciso lembrar que até o nome da interface mudou, passando de FuntouchOS para OriginOS. Ela continua como a maioria das interfaces chinesas: todos os ícones estão dispostos nas telas iniciais, sem gaveta para os aplicativos. A maior mudança é que no lugar de mostrar todos eles logo de cara, o foco da Vivo está nos widgets.

Eles controlam tudo, desde casa inteligente, passando por pagamento com carteiras digitais, player de música, previsão do tempo e vai até a agenda. A ideia é de colocar um grande número de funções de apps que podem ser controladas sem a necessidade de abrir cada um dos aplicativos, de forma separada.

OriginOS é focado em widgets (Imagem: divulgação/Vivo)

OriginOS é focado em widgets (Imagem: divulgação/Vivo)

O que faz a OriginOS ainda mais semelhante com os widgets do iOS 14 dos iPhones e iPods Touch, assim como no iPadOS 14 dos iPads, é a disposição. Na interface da fabricante asiática eles ficam em retângulos e quadrados posicionados para respeitar uma espécie de grade invisível – exatamente como a Apple faz.

A transparência aplicada até mesmo na dock, as cores de quase todas as áreas e os cantos arredondados dos widgets ajudam ainda mais neste pensamento de “já vi isso em outro lugar”.

OriginOS consumirá menos recursos

Se no lado visual a originalidade do OriginOS não foi muito grande, na parte de desempenho o trabalho acima do Android 11 promete exigir menos do hardware logo abaixo da tela. A ideia da Vivo é de fazer a nova interface pesar menos que a FuntouchOS.

Ainda não existe previsão de lançamento da interface remodelada, mas o vídeo apresentado pela empresa utiliza o X50 como base para exemplificar o uso do software em um hardware próprio. Pensando desta forma, este pode ser o primeiro smartphone que receberá o OriginOS.

Com informações: The Verge.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
8 usuários participando