Início » Brasil » Carteira Digital de Trânsito vai mostrar pontuação e incluir CRV

Carteira Digital de Trânsito vai mostrar pontuação e incluir CRV

Além de CNH e CRLV, aplicativo CDT guardará Certificado de Registro de Veículo (CRV) a partir de 2021

Emerson Alecrim Por

A Carteira Nacional de Habilitação (CNH) já tem versão digital. Idem para o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV). Mas não deve terminar por aí: o Denatran cogita disponibilizar a versão digital do Certificado de Registro de Veículo (CRV) a partir de 2021. A consulta de pontuação na CNH via app também está nos planos.

Apesar da semelhança entre os nomes, o CRLV e o CRV são documentos distintos. O primeiro tem a função básica de atestar que o veículo possui permissão para circular pelas vias públicas. A sua emissão é feita anualmente após o pagamento de taxas e tributos como IPVA e DPVAT.

Carteira Digital de Trânsito (imagem: divulgação/Serpro)

Carteira Digital de Trânsito (imagem: divulgação/Serpro)

Já o CRV é um documento que descreve as características do veículo, bem como atesta o seu registro junto a órgãos de trânsito, como o Detran. Por esse motivo, a emissão do CRV só precisa ser renovada quando o veículo for transferido para outra pessoa, sofrer mudança de suas características ou o proprietário mudar de domicílio, por exemplo.

No evento Mobi-ID, promovido pelo Mobile Time na quinta-feira (19), Eduardo Sanches Faria, coordenador-geral de sistemas do Denatran, revelou que o órgão planeja fazer emissão de CRV apenas em formato digital a partir de 2022. O processo de digitalização deverá começar em fevereiro de 2021.

O dono do veículo não precisará instalar um aplicativo apenas para consulta ao CRV digital. O documento será integrado à Carteira Digital de Trânsito (CDT), app que já abriga as versões digitais da CNH e do CRLV.

Essa não é a única mudança prevista para o CDT. O Denatran sinaliza também que, entre o fim de 2020 e o início de 2021, o aplicativo será capaz de mostrar a pontuação que o condutor tem na CNH e terá funções para:

  • indicação do real infrator;
  • comunicação de venda de veículo;
  • transferência de propriedade de veículo;
  • alerta de roubo ou furto de veículo;
  • registro de defesa e recursos da infração;
  • atualização de endereço.

Convém lembrar que o CDT permite pagamento de multa com até 40% de desconto desde setembro.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@ksio89

Pra emitir o CRLV digital, que era pra substituir o físico, mas que continua sendo emitido e o envio cobrado (e bem caro), precisa desse maldito CRV, que está guardado em uma caixa enorme no armário, que me dá até preguiça só de pensar em ir atrás.

Eu desconheço um órgão público mais burocrático e arrecadador que essa desgraça chamada Detran. Mesmo com o aplicativo a burocracia é enorme. Especialistas em finanças dizem que carro não é investimento pro dono, mas pro governo é. Ter carro no Brasil com documentação em dia é quase masoquismo.

Rafael Machado de Souza (@rafael.mds)

Pois é, as iniciativas são excelentes, mas continuar a cobrar é sacanagem. Hahahah

@ksio89

E tenho certeza que a taxa de expedição continuará sendo cobrada mesmo quando o papel não for mais emitido, stonks total pros estados.

Rafael Machado de Souza (@rafael.mds)

Com certeza. Eu já uso desde ano passado e tive que pagar a taxa dos documentos mesmo sem recebê-los.
Coitado do pessoal mais velho, que ainda não usa tão bem o smartphone.

@ksio89

Recebi hoje o CRLV, e aconteceu o que imaginei, é o mesmo phodendo documento disponível no site do Detran. Até tremo de raiva por pagar 22 reais pro governo do estado me enviar um papel que eu poderia imprimir de graça em casa, como se já não bastasse pagar os 135,10 do licenciamento em si.