Início » Finanças » Banco do Brasil integra Pix e WhatsApp para enviar dinheiro

Banco do Brasil integra Pix e WhatsApp para enviar dinheiro

Chatbot do Banco do Brasil agora permite que clientes da instituição usem WhatsApp para iniciar transações via Pix

Emerson AlecrimPor

Talvez o Pix possa, em um futuro não muito distante, ser integrado nativamente ao WhatsApp. Enquanto esse dia não chega, as instituições participantes podem fazer a ponte entre ambos os serviços. É o caso do Banco do Brasil: clientes do banco já podem usar o WhatsApp para realizar transações via Pix.

Pix (Imagem: Divulgação/Banco Central)

Pix (imagem: divulgação/Banco Central)

Para tanto, basta ao usuário adicionar o número (61) 4004-0001 à sua lista de contatos. Esse é o número do chatbot da instituição. Por meio dele, o correntista do Banco do Brasil pode realizar uma série de transações: pagamento de contas, consulta de limite de cartão, recarga de celular, entre outros.

O chatbot foi atualizado para suportar a nova modalidade de transferências e pagamentos instantâneos. Basta enviar o comando correspondente à operação desejada. São três possíveis:

  • Cadastrar uma chave;
  • Enviar um Pix;
  • Receber pelo Pix.

Ao optar por enviar um valor — comando “enviar Pix” —, por exemplo, o chatbot do Banco do Brasil pedirá ao usuário para informar a chave Pix (CPF, código, número de celular ou e-mail) do recebedor. Em seguida, o serviço perguntará a agência e a conta do pagador.

Na sequência, o chatbot enviará um código por SMS para habilitar o celular do usuário para as transações seguido de um link para conclusão do procedimento. No endereço, o usuário deve informar a sua senha de oito dígitos. Note que essa etapa é realizada apenas uma vez. Nas transações seguintes, o aparelho já estará habilitado.

Depois disso, o chatbot perguntará o valor a ser transferido, exibirá os dados do recebedor e pedirá que a operação seja confirmada. Um link que leva a uma página do Banco do Brasil será mostrado para que o pagador faça a confirmação. Ali, o usuário terá apenas que informar a sua senha.

Banco do Brasil integra Pix ao WhatsApp (capturas: Felipe Ventura/Tecnoblog)

Banco do Brasil integra Pix ao WhatsApp (capturas: Felipe Ventura/Tecnoblog)

Se tudo der certo, o chatbot exibirá um comprovante da operação dentro do próprio WhatsApp.

Esse passo a passo deixa claro que o chatbot do Banco do Brasil é apenas um facilitador. As transações possíveis, sejam elas relacionadas ao Pix ou a outros serviços, não são realizadas dentro do ambiente do WhatsApp.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
7 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

José Vieira (@Jose_Vieira)

Prevejo muitos espertinhos dando golpes usando esse meio de autenticação… rs

LekyChan (@LekyChan)

ainda acho mais pratico abrir o app e ler o QR Code

Guto (@gutocabral)

O bot também consegue ler código qr, é só enviar que ele já identifica que você quer fazer uma transferência via pix.

Uma mão na roda, pois muitas pessoas ainda não entenderam o funcionamento do pix e ficam mandando código qr via whatsapp e você não tem como pagar

Daniel Plácido (@Daniel_Placido)

Acho que o Bacen deu mole no modus operandi dessas chaves Pix.
Deveriam ter feito o QR Code linkar para por ex https://pix.bc.gov.br/parametros_da_chave, desta forma ao ler o QR Code com a câmera do celular o próprio O.S. reconheceria que se trata de um link de pagamento e sugeria “abrir” com o aplicativo do banco que o usuário tivesse instalado no seu celular.

@ksio89

Nunca pensei que leria “Caixa” e “fácil” na mesma frase.