Início » Jogos » FIFA 21 pode render processo à EA por conta de jogadores de futebol

FIFA 21 pode render processo à EA por conta de jogadores de futebol

FIFA 21 pode ter problemas legais por conta de imagem de jogadores usadas dentro da série; EA responde acusações

Felipe Vinha Por

FIFA 21 pode render problemas legais à EA pro conta da imagem de jogadores de futebol usada no jogo. Tudo começou quando Zlatan Ibrahimović, centroavante do Milan, reclamou em seu Twitter sobre o uso de sua imagem dentro do game – ele não fazia ideia de que isso estava acontecendo e, portanto, não autorizou a reprodução eletrônica de seus traços. A partir daí, outros atletas questionaram a mesma situação.

Zlatan Ibrahimović reclamou de seus direitos em FIFA 21 (Imagem: Goal/Divulgação)

Zlatan Ibrahimović reclamou de seus direitos em FIFA 21 (Imagem: Goal/Divulgação)

“Quem deu à FIFA EA permissão para usar eu nome rosto? Não sou membro do FIFpro e mesmo que eu fosse, fui colocado lá sem ter conhecimento, a partir de alguma manobra esquisita”, questionou o jogador, em sua conta na rede social. “Alguém está tendo lucro com meu nome e meu rosto sem qualquer acordo em todos esses anos. É hora de investigar”, complementou.

Gareth Bale, ponta do Tottenham, foi outro que entrou no barco das reclamações e publicou no Twitter: “Interessante… O que é o FIFpro?”, acompanhado da hashtag #TimeToInvestigate, ou hora de investigar. Bale, inclusive, já foi capa do FIFA 14.

O agente de Bale comentou ao jornal The Guardian que é possível que uma ação legal seja colocada em prática contra a FIFA e a EA, já que os jogadores não estão sendo pagos por suas imagens.

O FIFpro citado pelos jogadores é a federação internacional de jogadores. Vários times são associados e, a partir daí, negociam diretamente com a EA, todos os anos, as imagens dos jogadores profissionais para serem usadas na série FIFA. O problema é que nem sempre eles são consultados a respeito e o acordo não é feito um a um.

Contudo, Ibrahimović joga na Itália, e lá os direitos de imagem para jogos não são negociados com a FIFpro, ao contrário de outros territórios. Já no Brasil, apenas para citar de exemplo, os direitos são sempre negociados diretamente com os clubes – ou com os próprios profissionais.

O que a EA diz

A EA tomou iniciativa rápida e respondeu as reclamações de Ibrahimović e de outros jogadores. Em nota enviada ao site Sport Bible, a empresa diz o seguinte:

EA Sports FIFA é o principal jogo de videogame de futebol do mundo e, para criar uma experiência autêntica, todos os anos, trabalhamos com várias ligas, times e jogadores individuais para garantir os direitos de imagem de cada um em nosso jogo.

Um desses trabalhos é um relacionamento de longa data com a FIFpro, que faz parceria com vários licenciadores para negociar acordos que atendam os jogadores e seus sindicatos.

Ainda em declaração ao Eurogamer, a EA comentou ainda que “a atual situação sendo publicada nas redes sociais é uma tentativa de colocar FIFA 21 em uma disputa entre um grande número de terceiros e tem pouca relação com a EA Sports”. Por ora, o caso segue sem solução e ainda pode render problemas à série de jogos.

Com informações: Eurogamer.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
5 usuários participando