Início » Telecomunicações » TIM planeja lançar serviço próprio de IPTV em 2021

TIM planeja lançar serviço próprio de IPTV em 2021

Com IPTV, TIM deve competir com Claro, Oi, DirecTV Go e TV paga tradicional; serviço deve chegar ao Brasil no 1° trimestre de 2021

Lucas BragaPor

A TIM anunciou que planeja lançar um serviço de streaming de TV pela internet (IPTV) no primeiro trimestre de 2021. Com isso, a operadora teria pela primeira vez uma plataforma própria com conteúdo de entretenimento, que pode competir com DirecTV Go, Claro Box TV e empresas de TV por assinatura.

TIM

Loja da TIM. (Imagem: Tecnoblog)

A informação foi revelada nesta quarta-feira (2) pelo vice-presidente de estratégia e transformação digital da TIM, Renato Ciuchini. Sem dar maiores detalhes, o executivo afirmou em um evento de telecomunicações que a companhia está “estudando esse mercado” e que “é uma das novidades que teremos no primeiro trimestre de 2021”.

A chegada no mercado de IPTV faz parte da estratégia da TIM em se transformar em uma loja de serviços digitais (marketplace). O primeiro passo foi dado com no pós-pago TIM Black Família, onde o cliente pode escolher entre Netflix, HBO Go e YouTube Premium. Futuramente, a companhia irá comercializar outras assinaturas dentro da sua própria plataforma.

No passado, a TIM já se aventurou em misturar televisão com a internet. Em 2014, a companhia lançou a Live TIM Blue Box, que era um conversor de sinal digital para TV aberta que também acessava a Netflix. Além disso, a tele já teve parceria com a Sky para combos da banda larga TIM Live com a TV por assinatura via satélite.

O lançamento do IPTV da TIM só será possível graças à definição da Anatel de que plataformas online com transmissão de canais ao vivo não se enquadram nas regras da TV paga (SeAC). No entanto, a agência planeja rever a legislação em conjunto com o Ministério das Comunicações.

IPTV da TIM deve brigar com Claro, DirecTV e Oi

Das grandes operadoras, apenas a TIM não possui experiência com TV ou vídeos: Claro, Vivo e Oi atuam no mercado de TV por assinatura e também caminham para levar conteúdo à internet.

Atualmente, o IPTV da TIM teria três grandes concorrentes:

  • A Claro almeja a marca de 60 milhões de assinaturas do Claro Box TV, que custa R$ 49,90 por mês com mais de 80 canais e está disponível atualmente em nove cidades brasileiras. O serviço exige uma TV Box, que é fornecida pela operadora em comodato. No entanto, não há presença de canais fechados da Globo ou das principais emissoras abertas.
  • O DirecTV Go é outro nome de peso no IPTV: por R$ 59,90 mensais é possível ter 72 canais, incluindo os canais fechados da Globo e emissoras abertas. A plataforma não exige uma TV Box, e funciona em no smartphone, computador e smart TVs.
  • O Oi Play está incluído na assinatura de banda larga e celular pós-pago da Oi e tem até 20 canais ao vivo da TV paga. Não-clientes da operadora podem assinar o serviço por até R$ 19,90 mensais.

Com informações: Telesíntese

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
8 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@wellerstz

descobriram o pote de ouro, agora vão correr atrás.

André (@andre00)

Eu fico aqui imaginando se realmente isso vai valer alguma coisa. Esse pessoal que usa IPTV geralmente pega porque é tudo pirata (grátis). Será que alguém pagaria pra ficar assistindo menos conteúdo?

Jefferson Rodrigues (@Jefferson_Rodrigues)

Verdade! O IPTV paga menos impostos e isso o torna muito mais barato que TV por assinatura tradicional, porém falta resolver a questão da programação, que é pobre e repetitiva.
Tô usando o serviço DirecTV GO, porém quase não assisto porque não tem quase nada de bom.