Início » Gadgets » Apple Watch vende 11,8 milhões de unidades e quebra recorde

Apple Watch vende 11,8 milhões de unidades e quebra recorde

Segundo a IDC, Apple Watch teve alta de 75% nas vendas do terceiro trimestre em relação ao mesmo período do ano passado

Victor Hugo SilvaPor

O Apple Watch bateu um recorde de vendas no terceiro trimestre de 2020. Segundo a IDC, o dispositivo vendeu 11,8 milhões de unidades depois de uma alta de 75% na comparação com o mesmo período do ano passado. Até então, o melhor resultado havia sido registrado no quarto trimestre de 2018, quando a Apple vendeu 9,2 milhões de smartwatches.

Apple Watch Series 6 (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

Apple Watch Series 6 (Imagem: Paulo Higa/Tecnoblog)

A alta nas vendas acontece no período em que a empresa lançou o Apple Watch Series 6 e o Apple Watch SE, que ajudam a explicar o resultado. A IDC afirma que todo o mercado de wearables cresceu de forma significativa e avalia que muitas pessoas estão comprando seu primeiro dispositivo.

Apesar do recorde, a Apple permanece na segunda posição no ranking de smartwatches. A empresa perde apenas para a Xiaomi, que vendeu 13,5 milhões de unidades e teve alta de 27,8% em relação ao terceiro trimestre de 2019. No topo da lista de relógios inteligentes, ainda aparecem Huawei, Fitbit e Samsung.

Segundo a IDC, o mercado de smartwatches vendeu 54,8 milhões de unidades no terceiro trimestre de 2020. Em relação ao mesmo período de 2019, houve um crescimento de 24%.

Empresa3T20Participação no 3T203T19Participação no 3T19Variação anual
Xiaomi13,5 milhões24,5%10,5 milhões23,8%+27,8%
Apple11,8 milhões21,6%6,8 milhões15,3%+75%
Huawei10,7 milhões19,5%5,7 milhões12,9%+88,1%
Fitbit3,3 milhões5,9%3,5 milhões7,9%-6,4%
Samsung2,8 milhões5,1%2,8 milhões6,2%+1,8%
Outras12,8 milhões23,3%15 milhões33,9%-14,7%

Apple vendeu 41 milhões de wearables

No levantamento de wearables, que considera dispositivos como smartwatches e fones de ouvido, é a Apple que lidera. A fabricante vendeu 41,4 milhões de unidades no terceiro trimestre de 2020. O resultado representa um crescimento de 38,6% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Com o Apple Watch e o AirPods, a empresa garantiu 33,1% de participação no mercado de wearables. Ela é seguida por Xiaomi (17 milhões), Huawei (13,7 milhões) e Samsung (11,2 milhões). Empatadas em quinto lugar, estão Fitbit e BoAt, que venderam 3,3 milhões de unidades de wearables cada.

O mercado de wearables registrou 125 milhões de unidades vendidas de julho a setembro de 2020, o que representa uma alta de 35,1%.

Empresa3T20Participação no 3T203T19Participação no 3T19Variação anual
Apple41,4 milhões33,1%29,8 milhões32,2%+38,6%
Xiaomi17 milhões13,6%13,4 milhões14,5%+26,4%
Huawei13,7 milhões11%7,3 milhões7,9%+87,2%
Samsung11,2 milhões9%8,5 milhões9,2%+32,2%
Fitbit3,3 milhões2,6%3,5 milhões3,8%-6,2%
BoAt3,3 milhões2,6%0,8 milhão0,8%+316,9%
Outras35,3 milhões28,2%29,2 milhões31,5%+20,8%

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Bruno (@Unknown)

Compraria um também se funcionasse com Android, belo relógio e funcional.

Douglas Knevitz (@Douglas_Knevitz)

Justamente porque ele se integra ao iOS. Hoje tem alternativas muito similares em estética e interface, ao Apple Watch. Porém nem de longe tem o mesmo nível de software e acuidade nos sensores.