Início » Aplicativos e Software » YouTube alerta quem tenta publicar comentários ofensivos

YouTube alerta quem tenta publicar comentários ofensivos

Função estava em testes desde outubro e agora chega a todos os usuários da plataforma para evitar ataques e apoiar criadores

Ana MarquesPor

O YouTube está expandido o seu alerta de comentários ofensivos a todos os usuários da plataforma. A ferramenta estava em testes desde outubro e pretende proporcionar um momento de reflexão antes que um comentário potencialmente prejudicial seja publicado. A intenção é apoiar criadores de conteúdo e oferecer um espaço saudável para a interação e o compartilhamento de ideias.

YouTube

YouTube (Imagem: Christian Wiediger/Unsplash)

Com a ferramenta, o YouTube implementa uma etapa extra antes da publicação do comentário. O alerta aparece quando o algoritmo identifica palavras agressivas no comentário – no entanto, o autor ainda poderá publicá-lo, com ou sem edição, caso opte por continuar.

Veja um trecho do comunicado do YouTube abaixo:

Sabemos que os comentários desempenham um papel fundamental para ajudar os criadores a se conectarem com a comunidade, mas os problemas com a qualidade dos comentários também são um dos comentários mais consistentes que recebemos dos criadores. Temos nos concentrado em melhorar os comentários com o objetivo de gerar conversas mais saudáveis ​​no YouTube. (…) Para encorajar conversas respeitosas no YouTube, estamos lançando um  novo recurso  que avisará os usuários quando seus comentários forem ofensivos para outras pessoas, dando-lhes a opção de refletir antes de postar.

Identificando comentários ofensivos

Para identificar comentários possivelmente ofensivos, os algoritmos do YouTube irão se basear nos relatos de usuários, e o sistema continuará aprendendo enquanto a função é utilizada. No pop-up com o alerta, será possível informar à empresa caso você ache que está recebendo o aviso injustamente.

Alerta de comentário ofensivo no YouTube

Alerta de comentário ofensivo no YouTube (Imagem: Reprodução/YouTube)

Além disso, o serviço informa que não receber o aviso ao publicar um comentário não quer dizer que ele não poderá ser removido posteriormente, caso viole as políticas da plataforma.

O YouTube reforçou ainda o seu compromisso para impedir a propagação de discurso de ódio em sua comunidade. Segundo a publicação em seu blog oficial, a plataforma vem aumentando o número de remoções diárias que incitam ódio desde 2019. Somente no último trimestre de 2020, foram mais de 54 mil desligamentos de canais por esse motivo.

Com informações: Google e YouTube

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando