Início » Jogos » Nintendo Switch recebe eShop no Brasil, mas sem promoções

Nintendo Switch recebe eShop no Brasil, mas sem promoções

o eShop, loja online do Nintendo Switch, entra no ar no Brasil com atualizações, conteúdo, jogos, mas sem promoções

Felipe Vinha Por

A eShop, loja online do Nintendo Switch, chegou ao Brasil. A lojinha já está funcionando e conta com diversos jogos e conteúdos adicionais disponíveis, mas não espere por promoções nestes primeiros dias, já que a parte de “Grandes Ofertas” está vazia.

eShop brasileira estreia sem promoções no Switch (Imagem: Felipe Vinha/Tecnoblog)

eShop brasileira estreia sem promoções no Switch (Imagem: Felipe Vinha/Tecnoblog)

É bem comum que a eShop de outros países apresentem promoções de maneira constante, ainda que nem sempre tragam títulos famosos com descontos. No Brasil, por ora, esta não é uma realidade – todos os jogos oferecidos na loja estão com seus preços “cheios”.

Alguns jogos ainda estão com preços mais antigos praticados pela Nintendo. Títulos como Animal Crossing: New Horizons e Super Mario Odyssey são oferecidos por R$ 250,79 na eShop e também na Loja Nintendo.

Paper Mario: The Origami King e Super Mario 3D All-Stars seguem por R$ 299, bem como Mario Tennis Aces, que já é um jogo mais antigo. Tudo parece ser uma mera inconsistência, levando a crer que estes games antigos devem passar por um aumento de preço em breve.

Além disso, os fãs notaram outras inconsistências, como o pacote duplo contendo Pokémon Sword e Pokémon Shield, juntos, custar R$ 614. Cada jogo sai por R$ 250,79, ou R$ 501,58, se somados, como no pacote duplo.

Também é possível baixar games grátis, como Fortnite, e o único aplicativo disponível, o do YouTube.

Funções adicionais

De resto, a eShop brasileira se comporta como as versões internacionais. É possível verificar lançamentos recentes, mais vendidos, em breve, games em destaque, Nintendo Switch Online e também acessar lista de desejos ou histórico de jogos comprados.

Um detalhe que vale o aviso: se você já tiver usado esta mesma conta em uma eShop internacional, precisará cadastrar o cartão de crédito mais uma vez – o mesmo que foi usado nas compras internacionais. De resto, o funcionamento é igual.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
8 usuários participando