Início » Jogos » 7 Jogos com tema hacker [Xbox One, PS4, PC, Mac, Linux, iOS]

7 Jogos com tema hacker [Xbox One, PS4, PC, Mac, Linux, iOS]

Para todos os gostos; confira 7 jogos com tema hacker e aventure-se por dentro dos terminais de invasão e fora deles

Leandro Kovacs Por

Com o lançamento de Watch Dogs: Legion da Ubisoft, o tema hacker voltou a ficar em alta no universo dos games. Veja abaixo 7 jogos com tema hacker para se divertir ou desafiar. Muito além dos mundos abertos no estilo GTA, mas atuando como verdadeiro hacker dentro de terminais de computador.

7 jogos para ser um hacker (Imagem: Clint Patterson/Unsplash)

7 jogos para ser um hacker (Imagem: Clint Patterson/Unsplash)

1.Hacker Evolution [PC, Mac, Linux]

A série Hacker Evolution teve seu primeiro título lançado em 2010. Atualmente, conta com diversos DLCs e com uma versão remasterizada em HD. No jogo, estamos em um cenário onde com os constantes avanços tecnológicos. Uma IA absorve o controle de diversos sistemas espalhados pelo mundo e começa a afetar a vida das pessoas.

Hacker Evolution tela inicial (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)

Hacker Evolution tela inicial (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)

O hacker será convocado para enfrentar essa ameaça real, a IA não é má, mas segue os preceitos de toda a vida terrestre, preservação e evolução. O jogo é text-based, através de conexões e invasões em nós de rede, o hacker será capaz de completar missões para impedir o avanço do poder da IA.

Algumas interfaces estão inclusas, como cliques com o mouse, mas a maior parte dos comandos será feito por prompt, sendo digitados para realizar ações. O game é muito estratégico, precisa de um inglês intermediário e os quebra cabeças vão aumentando de dificuldade, sempre em relação com o nível anterior.

A maioria dos comandos é feito pelo prompt (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)

A maioria dos comandos é feito pelo prompt (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)

O jogador irá se preservar, realizar missões e evoluir, dando upgrades em seu computador ou aprendendo um novo comando, seguindo caminho para agir na rede. Não é coincidência, o comportamento do hacker deverá ser igual ao da IA que pretende desativar, um desafio lógico entre o hacker humano e uma IA global.

2.Uplink [PC, Linux, Mac, iOS]

Mais um text-based bem desafiador, em Uplink o hacker se interessa em ingressar nessa agência, que oferece serviços hacker para grandes corporações que pagam por isso. No game, o hacker faz espionagem, planta informações, desestabiliza mercados, tudo dentro de seu próprio terminal.

Tela de login em Uplink (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)

Tela de login em Uplink (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)

O visual do jogo é mais retrô, com a aparência dos ícones lembrando a época da computação no fim dos anos 80 e início dos 90. Assim como no Hacker Evolution, o jogador precisará dar upgrades em sua máquina, aumentando a velocidade e capacidade de processos. As ações devem ter uma ordem lógica para evitar o consumo excessivo da memória do terminal.

Tela de jogo Uplink (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)

Tela de jogo Uplink (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)

Logo no início, o servidor da Uplink te informa que caso seja pego, todas as suas ações serão negadas pela agência, sua conta será deletada e o servidor fornecido pela empresa para ser seu Gateway será destruído. Em ambos os jogos, é importante controlar o nível de traços deixados, se ultrapassar o limite, você será pego, preso e abandonado.

3.Hacknet [PC, Mac, Linux]

Hacknet veio para ser o substituto natural de Uplink, o grande atrativo nessa versão de text-based hacker é a utilização de comandos reais para realizar invasões e outras tarefas.

Tela inicial Hacknet (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)

Tela inicial Hacknet (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)

O jogo começa com um desconhecido passando informações, só que ele já está morto. O role play do game é esse, outro hacker desconhecido te contata por meio de mensagens pré programadas, pois acredita que somente você está apto para dar continuidade no que “deve ser feito”.

Como todos os jogos nesse estilo, ele inicia com um tutorial que deve ser jogado, aprendendo os comandos básicos das ferramentas que serão utilizadas. Sem esse conhecimento, o hacker não consegue progredir e fica dando com a cabeça na parede.

Visual do jogo Hacknet (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)

Visual do jogo Hacknet (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)

O que chama muito atenção desse game é a trilha sonora, com músicas eletrônicas que deixam o jogador empolgado para resolver os diversos quebra-cabeças da história.

Além de fazer invasões e outras missões, o mais interessante da história por trás de Hacknet é descobrir, aos poucos, os mistérios que envolvem a morte do hacker anterior e o que era tão importante a ponto de assassina-lo.

4.NITE Team 4 [PC, Mac]

No título NITE Team 4 é a primeira vez que o protagonista está do lado dos “mocinhos”, mesmo que agindo pelas sombras. O NITE Team 4 é um esquadrão de elite militar hacker, especializado em defender, investigar e derrubar ações criminosas no entorno do mundo.

A equipe dá suporte aos agentes de campo espalhados em missões por todo o planeta. Para isso, o jogador tem uma gama extensa de artifícios e ferramentas para ações de contraespionagem e receberá treinamento para cada um deles.

Modos de jogo em NITE Team 4 (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)

Modos de jogo em NITE Team 4 (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)

Ao completar os módulos de treinamento, o agente recebe uma determinada certificação. Após o tutorial básico, conforme a vontade e necessidade, poderá continuar as provas de certificações, aumentando o seu nível dentro da agência.

Os tutoriais de certificação são os melhores nos jogos do estilo, interativos e visuais, mas repletos de comandos. Empresas reais estão no jogo e envolvem nomes como Google, para testar pesquisa orgânica de domínios, por exemplo.

Módulo de treinamento NITE Team 4 (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)

Módulo de treinamento NITE Team 4 (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)

A novidade está por conta da possibilidade de jogar online, com missões solo ou cooperativas de invasão, que aumentam consideravelmente o nível do seu perfil, e atualizam os rankings dos agentes.

De todos os jogos text-based hacker, é o mais caro, mas vale a pena pela qualidade de imersão no jogo. Na primeira vez, não consegui parar de jogar antes de 5h seguidas.

5.Watch Dogs [PC, PS3, PS4, Xbox 360, Xbox One, Wii U]

Saindo dos prompts e terminais, vamos ver os jogos com tema hacker de mundo aberto e interação “física” com a realidade. O primeiro com tema hacker, mais famoso, é o revolucionário Watch Dogs.

Primeiro jogo de mundo aberto com tema hacker (Imagem: Ubisoft/Divulgação)

Primeiro jogo de ação em mundo aberto com tema hacker (Imagem: Ubisoft/Divulgação)

Em Watch Dogs, o jogador não é apenas um hacker, é praticamente um technomancer, um mago da tecnologia. Em um cenário com uma Chicago super controlada e conectada, o personagem Aiden Pearce precisa basicamente do seu celular, para vingar o desaparecimento de sua sobrinha. Com essa “arma”, é capaz de roubar informações entre outros hacks.

É um jogo de ação em terceira pessoa, mas não é tiroteio puro, o jogador precisa de estratégia e inteligência para resolver as missões. Nem sempre, trocar tiros é a melhor forma de resolver um problema, principalmente para enfrentar uma grande corporação como a ctOS.

O jogo foi revolucionário quando lançado, mas ainda tinha funções iniciais, é um bom jogo para saber como teve origem a série da Ubisoft. Conta com uma versão multiplayer bem limitada.

6.Watch Dogs 2 [PC, Xbox One, Playstation 4]

Na sequência da série, o adversário é a nova ctOS 2.0. O game se passa em São Francisco e no papel principal estará Marcus Holloway, agente que logo é recrutado com sua equipe para a DedSec, grupo hacker que combate as automações invasivas.

Continuação da série Watch Dogs com melhor mecânica (Imagem Ubisoft/Divulgação)

Continuação da série Watch Dogs com melhor mecânica (Imagem Ubisoft/Divulgação)

A questão do enredo sobre vingança é bem melhor na continuação de Watch Dogs, com aspectos mais profundos. Marcus precisa fazer favores, ajudar pessoas influentes e realizar ataques pontuais para aumentar o prestígio e apoio para a organização DedSec.

O grande destaque é a fidelidade visual de São Francisco, com seus pontos turísticos, suas cores vivas, o game pode ser um “verdadeiro” passeio pela cidade americana. Watch Dogs 2 é muito melhor que o primeiro título da série, pela quantidade de interações possíveis com o ambiente, as funcionalidades dos hacks são mais próximas da realidade.

O Multiplayer é uma extensão da própria campanha, com missões competitivas e cooperativas destacadas no mapa do jogo.

7.Watch Dogs: Legion [PC, Google Stadia, PS4, PS5, Xbox One e Series X/S]

Para fechar essa lista, não poderia faltar o novo jogo da Ubisoft na série Watch Dogs, o Legion. O cenário é Londres, totalmente controlada por uma empresa de segurança privada, o DedSec foi destruído após um atentado que caiu sobre eles.

Possibilidade de recrutar qualquer pessoa em Watch Dogs: Legion (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)

Possibilidade de recrutar qualquer pessoa em Watch Dogs: Legion (Imagem: Leandro Kovacs/Reprodução)

Sua missão é recomeçar o DedSec para salvar Londres deste “governo” ditatorial tecnológico. O jogador é a resistência e poderá recrutar quem ele quiser, todos os personagens ativos na cidade podem ser recrutados. Cada pessoa, com a sua profissão e história, tem habilidades e facilidades próprias.

O modo campanha está sensacional, cheio de minigames e interações diferentes do habitual “hacking”. Com a melhora das mecânicas gerais do jogo, é esperado o lançamento do seu modo multiplayer online, que tem tudo para chegar próximo ao sucesso de GTA Online.

Resumindo

Seja combatendo IAs controladoras, protegendo a nação ou prestando serviços para quem pagar, esses 7 jogos com tema hacker vão te deixar mais próximo da experiência de ser um pirata de computador.

Se você busca apenas o tema, a série Watch Dogs já é o suficiente, mas se quiser sentir na pele o que os hackers passam, é melhor ir para os jogos text-based. Bons jogos!

Com informações: Ubisoft, NITE Team 4, Steam 1, 2, 3.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando