Início » Telecomunicações » TIM vai conectar 1ª tornozeleira eletrônica 4G IoT do Brasil

TIM vai conectar 1ª tornozeleira eletrônica 4G IoT do Brasil

Em parceria com Spacecom, TIM usa tecnologia NB-IoT e expande alcance da cobertura para equipamentos de monitoramento

Ana Marques Por

A TIM anunciou, nesta sexta-feira (11), uma parceria com a empresa Spacecom para lançar a primeira tornozeleira eletrônica 4G IoT do Brasil. Os aparelhos utilizam rede Narrowband-IoT (NB-IoT), e são responsáveis pelo monitoramento de cerca de 51 mil pessoas em território nacional.

Tornozeleira eletrônica - Spacecom

Tornozeleira eletrônica – Spacecom (Imagem: Divulgação/Spacecom/Megabox design)

A tecnologia NB-IoT já é utilizada em outros setores, como o agronegócio. Ela permite que dispositivos de baixa complexidade, como sensores que monitoram temperatura, por exemplo, transmitam dados com maior cobertura em relação a uma rede móvel tradicional. O padrão também é adotado no exterior, em países como China e Estados Unidos.

De acordo com o comunicado da TIM, as tornozeleiras garantem alta segurança na transmissão e armazenamento de dados. A Spacecom argumenta ainda que a nova tecnologia permitirá aumentar o alcance dos equipamentos, o que pode auxiliar juízes na hora de emitir a sentença pelo uso do aparelho. Entre os usuários que usufruem do sistema de monitoramento da Spacecom estão pessoas sob proteção do setor de segurança pública, como vítimas da lei Maria da Penha.

A tornozeleira coleta e transmite informações de localização (GPS, Glonass, entre outros) por meio da rede 4G com tecnologia NB-IoT para os servidores da companhia de monitoramento. Os dados são obtidos em tempo real a partir de qualquer dispositivo conectado à Internet.

Os aparelhos estão disponíveis para as secretarias de segurança público de SP, RJ, MG, GO, MT, MS, AC, RR, BA, CE, PE, PI, RN, PR e SC, e para a Justiça Federal de São Paulo, Paraná e do Rio Grande do Sul.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
11 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

brad (@brad)

Será que vai ser em algum da familícia?

Renato Pereira Meireles (@renatopmeireles)

A Tim está realmente focada na diversificação de produtos e serviços né!?

LekyChan (@LekyChan)

pera deixa ver se eu entendi, isso invés de estar no agressor, fica é na vitima de violência domestica? não ta errado isso não?

Entre os usuários que usufruem do sistema de monitoramento da Spacecom estão pessoas sob proteção do setor de segurança pública, como vítimas da lei Maria da Penha.