Início » Jogos » CD Projekt Red pede desculpas por bugs em Cyberpunk 2077

CD Projekt Red pede desculpas por bugs em Cyberpunk 2077

Cyberpunk 2077 foi lançado com bugs e problemas no PS4 e Xbox One, mas produtora promete melhorias em 2021

Felipe VinhaPor

A produtora CD Projekt Red emitiu um comunicado onde pede desculpas para os fãs de Cyberpunk 2077 pelo lançamento problemático no PS4 e Xbox One. O jogo saiu na última semana, mas veio recheado de problemas, bugs e até falta de dublagem para o console da Microsoft. A promessa agora é de muito trabalho para corrigir estes erros.

Cyberpunk 2077 saiu cheio de bugs e problemas (Imagem: Divulgação/CDP)

Cyberpunk 2077 saiu cheio de bugs e problemas (Imagem: Divulgação/CDP)

O comunicado oficial publicado nas redes sociais de Cyberpunk 2077 começa, logo no parágrafo de abertura, pedindo desculpas por não terem mostrado as versões de PS4 e Xbox One antes do lançamento aos jogadores.

Isso de fato ocorreu. Em duas ocasiões, a CDP divulgou vídeos de como o game estava rodando nos consoles, mas apenas Xbox Series X/S, Xbox One X e na dupla PS4 Pro e PS5 – sem utilizar os “consoles base”, ou seja, PS4 e Xbox One, da geração passada, e sim suas edições mais poderosas.

Querendo ou não, isso escondeu os problemas encontrados por jogadores. E são muitos: desde o jogo simplesmente fechando a personagens e cenários que não carregam. Relatos foram publicados pelo Twitter, Reddit e foram vistos até pela redação do Tecnoblog, em suas partidas no console. No Xbox One (e também Series X/S), o jogo chegou a sair sem dublagem.

Vale lembrar que o jogo teve sua análise liberada apenas com a versão de PC, que representa nosso review escrito e em vídeo, publicado antes do lançamento e antes de também conhecer a verão para console. Mesmo nesta versão, alguns problemas envolvendo bugs foram vistos, e relatados em nosso conteúdo.

Muitos fãs chamaram a atenção para o fato de que Cyberpunk 2077 foi um game rodeado por denúncias de “crunch” – o nome dado ao trabalho extra e sem previsão de término na indústria de jogos. Além disso, o game chegou a ser adiado, pelo menos, em três ocasiões principais. Mesmo assim, o título saiu com grandes problemas.

Os problemas não impediram o sucesso inicial, porém: no lançamento o jogo vendeu oito milhões de cópias no mundo todo, o que pode ter somado cerca de US$ 500 milhões em vendas. Além disso, Cyberpunk 2077 ficou no topo dos mais vendidos no Steam neste mesmo período.

As correções

Uma primeira atualização foi lançada para todas as plataformas, trazendo algumas correções pontuais, incluindo a devolução da dublagem para o Xbox, mas não foi o suficiente.

Agora a produtora permite correções pelas próximas semanas. A primeira leva será dentro de sete dias. Em janeiro chega o Patch #1, em fevereiro o Patch #2. Segundo a CDP, os dois juntos devem corrigir grandes problemas do game no PS4 e Xbox One.

Leia o comunicado, na íntegra:

Como dito no texto, se o jogador preferir, é possível cancelar a compra e pedir reembolso pelo jogo em suas versões digitais ou física. No caso de física, a produtora indica procurar a loja onde ele foi comprado, mas quem não conseguir pode entrar em contato com eles em [email protected].

Outro detalhe que merece ser reforçado é que as versões específicas de PS5 e Xbox Series X do jogo serão lançadas apenas em 2021, mas ainda estão em data prevista.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
13 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Anderson Oliveira (@aoliveira83)

“Os problemas não impediram o sucesso inicial, porém: no lançamento o jogo vendeu oiti milhões de cópias no mundo todo, o que pode ter somado cerca de US$ 500 mil em vendas.”

Fazendo a conta de 8 (oiti) milhões de copias somaram 500 mil em vendas, podemos dizer que cada copia custou apenas 16 dólares.

Edit - Também fiz conta errada, o correto seria 500mil/8milhões, assim cada copia custaria US$ 0,07. Enfim, de toda forma no texto foi corrigido.

² (@centauro)

O problema de ficar criando hype e anunciando data de lançamento é esse. Se atrasar pra entregar o jogo com menos bugs, o povo reclama do atraso, se cumprir a data anunciada mas lançar o jogo com bugs, o povo reclama.

O ideal é dar tempo pra desenvolverem o jogo direito e sem tanta pressão, mas mesmo assim ainda tem investidor por trás, tem executivo por trás, tem diretor por trás, um monte de gente fazendo pressão pra criar hype pra chamar atenção e pra lançar rápido pra ter retorno rápido.

Felipe Vinha (@Felipe_Vinha)

É milhões! Foi corrigido.

@doorspaulo

Já esperei sete anos, vou esperar mais uns seis meses até corrigirem tudo, e comprar por um preço menor.

Senhor ranz (@Duko)

concordo contigo, eu sempre espero que jogos novos fiquem prontos.

Senhor ranz (@Duko)

somos 2, eu sempre faço isso que vale para todos os jogos.

imhotep (@imhotep)

Problema é o hype…
Eu nunca jogo na estreia…deixo passar uns 6 meses, 1 ano…

Jiraya Uzumaki (@JoaoMaia)

Dada a natureza desse tipo de jogo, refinar o código é praticamente impossível. Vão corrigir uma coisa ou outra, mas os jogadores vão ter conviver com alguns bugs e limitações ad infinitum. Ou até enjoarem de vez (vide No Man’s Sky).

Vinicius (@vinimaz)

To jogando no PC, também tem uns Bugs, mas to achando mesmo assim o jogo muito bom e os gráficos tão bem massa. A história e a dublagem são muito boas, as referências brasileiras de localização estão de parabéns.

André (@andre00)

Estou jogando no PC com uma GTX 1070 rodando em média a 45 fps. Até agora não encontrei nenhum bug grave que impedisse o progresso da história e nenhum crash. Existem vários bugs pequenos em animações, NPCs sumindo na rua, carros batendo, etc. No PS4/Xbox a situação está feia mesmo (vários usuários reportando crashes).

Estou adorando o gameplay e a história, tanto que não dá nem vontade de parar de jogar, mas acredito que o ideal seria a CD Projekt ter adiado esse jogo por pelo menos mais uns 3 meses.

Quem acompanhou o The Witcher 3 no lançamento sabe que aconteceu exatamente o mesmo, mas ao longo do tempo eles resolveram praticamente tudo.

Nicolas Gleiser (@Nicolas_Gleiser)

Rapaz, joguei só 15horas e até agora não encontrei nada grave, e os simples que achei não atrapalharam em nada.

Caleb Enyawbruce (@Enyawbruce)

O duro é que é um jogo incrível. Night City é um dos “mundos virtuais” mais vivos, imersivos e divertidos onde já estive. É realmente lamentável que o jogo tenha tantos bugs Espero que consigam resolvê-los o mais rápido possível.

@doorspaulo

O único jogo que comprei no lançamento foi The Division, e só porque saiu R$ 20,00 na Steam argentina.

De resto, sempre espero seis meses a um ano.