Início » Gadgets » Roku Express ou Fire TV Stick Lite; qual é o melhor?

Roku Express ou Fire TV Stick Lite; qual é o melhor?

Confira em nosso comparativo qual é o melhor entre os set-top boxes acessíveis para TVs, se o Roku Express ou Fire TV Stick Lite

Ronaldo GogoniPor

Para quem possui TVs mais antigas, um dongle ou set-top box é uma boa opção para “inteligentificar” um aparelho e adicionar suporte a apps de streaming e outros recursos. Existem modelos dos mais diversos, mas dentre os mais acessíveis, qual é o melhor? Roku Express ou Fire TV Stick Lite?

Amazon Fire TV Stick Lite vs. Roku Express (Imagem: Tecnoblog)

Amazon Fire TV Stick Lite vs. Roku Express (Imagem: Tecnoblog)

Neste comparativo, analiso o Roku Express, lançado no Brasil em setembro de 2020, e o Amazon Fire TV Stick Lite, que chegou ao país no mesmo mês.

Design

O Fire TV Stick Lite possui o formato de um “pen drive”, que lhe permite ser espetado diretamente em uma porta HDMI, ou caso haja dificuldades, é possível usar o cabo extensor que acompanha o kit. Dessa forma, o processo de instalação e remoção é bem simples.

Amazon Fire TV Stick Lite (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Amazon Fire TV Stick Lite (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

O Roku Express é um pequeno set-top box que vem com um cabo HDMI comum porém curto, de apenas 60 cm. Embora ambos aparelhos sejam bem parecidos, o Fire TV Stick Lite corta passos ao permitir ser conectado diretamente.

Vencedor: Fire TV Stick Lite

Controle Remoto

Os controles remotos de ambos dispositivos são bem intuitivos, mas um tanto limitados. Ambos compartilham os botões de navegação, selecionar, voltar, tela inicial, menu/opções, retroceder, avançar e reproduzir/pausar.

O controle do Fire TV Stick Lite possui os botões exclusivos Guia e da Alexa, mas nenhum dos dois têm controles de volume da TV, ou um botão Liga/Desliga.

Controle remoto do Roku Express (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Controle remoto do Roku Express (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

No entanto, o controle remoto do Roku Express conta com botões dedicados para serviços como Netflix, Globoplay, HBO Go e Google Play, permitindo acessá-los com um só clique. No Fire TV Stick, é preciso navegar pelo menu para acessar todos os apps instalados, logo, o Roku Express vence pela conveniência.

Vencedor: Roku Express

Conexões

Tanto o Fire TV Stick Lite quanto o Roku Express possuem duas conexões apenas, HDMI e microUSB, respectivamente para sinal e alimentação. No entanto, o dongle da Amazon pode receber energia tanto por uma porta USB da TV, quanto pela fonte dedicada que o acompanha. Com alimentação externa, é possível habilitar recursos de HDMI-CEC, como ligar a TV ao espelhar conteúdos no Chromecast.

Amazon Fire TV Stick Lite (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Amazon Fire TV Stick Lite (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

O Roku Express não traz fonte, apenas os cabos HDMI e microUSB, além do controle remoto e pilhas (e uma fita adesiva dupla-face para fixação), assim, só é possível alimentá-lo pela porta USB da TV, o que elimina recursos CEC.

Dessa forma, o Roku Express tem recursos HDMI a menos que o concorrente da Amazon.

Vencedor: Fire TV Stick Lite

Sistema operacional e recursos

O Fire TV Stick Lite roda o Fire OS, sistema operacional da Amazon para dispositivos domésticos, enquanto que o Roku Express conta com um SO próprio. Eles são bem similares nas funções e apps disponíveis, mas há diferenças significativas entre eles.

Falando primeiro do Fire TV Stick Lite, ele possui suporte à Alexa e permite usar comandos de voz para abrir um app, consultar a previsão do tempo, procurar conteúdos e, caso o app da Amazon esteja configurado, até fazer compras. É possível inclusive ordenar que o acessório ligue ou desligue a TV, graças aos recursos de HDMI-CEC.

Amazon Fire TV Stick Lite (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Amazon Fire TV Stick Lite (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

O hardware do Fire TV Stick Lite é robusto o suficiente para suportar até mesmo alguns jogos simples, que podem ser jogados pelo controle remoto (pouco prático) ou com um joystick Bluetooth, pareado ao dongle.

O Roku Express não possui suporte a jogos ou a comandos de voz, mas possui um interessante recurso de “canais” (a forma como a Roku chama os serviços de streaming) integrado a uma busca unificada, que permite localizar um conteúdo em diversos serviços. Dessa forma, o usuário é orientado a escolher em qual deles ele poderá consumir o que deseja.

Ao mesmo tempo, o Roku Express conta com apps que não estão disponíveis no Fire TV Stick Lite, como HBO Go e curiosamente, Globoplay. Assim, ambos têm pontos fracos e fortes relevantes.

Vencedor: empate

Qualidade de imagem

Aqui temos um lance curioso. Ambos dispositivos oferecem resolução máxima de 1080p (Full HD) a 60 quadros por segundo (fps), mas a Amazon diz que o Fire TV Stick Lite é compatível com HDR 10 e HDR10+, recursos normalmente reservados a dispositivos 4K. O HLG, também suportado, é compatível com telas de menor resolução.

Amazon Fire TV Stick Lite (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Amazon Fire TV Stick Lite (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Acontece que o HDR depende também do display para ser ativado, assim, o usuário deverá ter uma TV 4K para habilitar o recurso. O único porém é a resolução limitada a 1080p, o que faz da funcionalidade um tanto desnecessária, já que a própria TV deverá contar com recursos melhores.

Ainda que o Fire TV Stick possua recursos “a mais”, na prática, ter HDR em um dongle 1080p não faz diferença. Na parte dos codecs, tanto um quanto outro suportam os formatos VP9 e h.264, mas o acessório da Amazon também reconhece h.265, esta sim uma vantagem relevante.

Vencedor: Fire TV Stick Lite

Roku Express (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Roku Express (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Qualidade de som

As capacidades de som de ambos set-top boxes são básicas, suportando Dolby Audio e som 5.1 surround, mas a compatibilidade depende dos serviços de streaming, da TV e do conjunto de som do usuário.

Porém, o Fire TV Stick Lite sai novamente na frente por também reconhecer Dolby Atmos e Dolby Digital+, que o Roku Express não suporta.

Vencedor: Fire TV Stick Lite

Preço

Ambos dispositivos chegaram ao Brasil pelo preço sugerido de R$ 349, mas o Fire TV Stick Lite conta com uma vantagem para assinantes do plano Amazon Prime: ele pode ser adquirido por R$ 255 à vista, ou por R$ 269 parcelado.

Ainda que a vantagem seja restrita a um grupo de consumidores mediante um plano de assinatura, a diferença no preço existe.

Vencedor: Fire TV Stick Lite

Qual é o melhor? Fire TV Stick Lite

Amazon Fire TV Stick Lite (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Amazon Fire TV Stick Lite (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Tanto o Roku Express quanto o Fire TV Stick Lite são bons dispositivos inteligentes para TVs, mas o set-top box da Amazon possui recursos que o deixam bem à frente do concorrente. Ele tem um design mais compacto, é compatível com mais formatos de áudio e vídeo (ainda que alguns sejam controversos), suporta recursos HDMI-CEC e é mais barato, caso o consumidor seja assinante do Amazon Prime.

Ainda que ele conte com falhas significativas no software, como a ausência do HBO Go e Globoplay, ele suporta jogos e controles Bluetooth, e pode até ser usado como um microconsole, dadas as devidas proporções.

Sua falha mais sensível é no controle remoto, que perde ao não trazer botões dedicados para alguns serviços de streaming, como o Roku Express faz. Porém, analisando os prós e contras, o Amazon Fire TV Stick é a melhor opção.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação