Início » Jogos » Epic e Samsung dão Galaxy Tab S7 em campanha Free Fortnite

Epic e Samsung dão Galaxy Tab S7 em campanha Free Fortnite

O presente foi criado pela Epic Games e conta com um dos principais rivais do iPad como brinde: o Samsung Galaxy Tab S7

André FogaçaPor

A Epic Games juntou ainda mais forças com a Samsung em uma nova campanha que pede a liberdade do download de Fortnite tanto na App Store, como na Play Store. Como pedido de ajuda, alguns influenciadores ganharam uma jaqueta e o Galaxy Tab S7, em uma caixa que tem cara de produto feito pela marca da maçã.

Epic Games e Samsung oferecem kit com Galaxy Tab S7 para influenciadores (Imagem: divulgação/Greg Miller)

Epic Games e Samsung oferecem kit com Galaxy Tab S7 para influenciadores (Imagem: divulgação/Greg Miller)

Fortnite está no meio de uma disputa feroz entre sua desenvolvedora, a Epic Games, e a Apple com as políticas de distribuição de apps e jogos, que cobra uma espécie de pedágio do desenvolvedor. A briga respingou até mesmo na Play Store do Android, loja onde também existe essa taxa em valor muito semelhante ao da App Store.

Em ambas as lojas o game foi removido por completo e a única forma de colocar Fortnite no Android, de forma oficial, é com o instalador que precisa ser baixado da Epic Games. Este tipo de instalação é arriscada por abrir a entrada de apps e games de fontes externas, mas donos de smartphones e tablets da Samsung podem fazer tudo isso sem procurar nada em site algum: basta abrir a Galaxy Store, pré-instalada em todos os Androids vendidos pela empresa coreana.

Para celebrar essa parceria, a própria Epic Games resolveu criar uma caixa muito semelhante com a embalagem de produtos feitos pela Apple, colocou uma jaqueta com logo bordado em uma espécie de arco-íris quase idêntico ao emblema utilizado pela marca da maçã entre os anos 70 e 90, fechando o presente com um Galaxy Tab S7 novinho, lacrado.

Um bilhete acompanha o kit, com o seguinte texto:

Olá,

Fortnite foi nomeado o jogo do ano da Samsung Galaxy Store em 2020. Para comemorar, nós firmamos parceria com a Samsung para te enviar uma caixa especial do aparato #FreeFortnite.

Enquanto Fortnite não está disponível na App Store ou na Play Store, você ainda pode receber os últimos updates de Fortnite diretamente no app da Epic Games na Galaxy Store. Divulgue a palavra, #FreeFortnite.

Obrigado,
Equipe da Epic Games.

Samsung e Epic já deram as mãos no passado recente

A parceria entre a Epic Games e Samsung não nasceu agora, com a briga judicial envolvendo a Apple. Ela vem desde o lançamento do Battle Royale para Android, que ficou exclusivo para smartphones e tablets da marca coreana por algum tempo. Só depois Fortnite foi liberado na Play Store, para todos.

Com informações: MacRumors.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
6 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Eu (@Keaton)

Este tipo de instalação é arriscada por abrir a entrada de apps e games de fontes externas,

oh please… só desativar de novo… E só é arriscado se tu resolver tirar APK de site bizarro… os repositórios APKMirror/APKPure costumam ser seguros…

Sérgio (@trovalds)

Vamos recapitular aqui: de primeiro, quando o Fortnite saiu pro mobile, primeiro foi pra Android via um instalador que era baixado por fora da loja do Google. Eles (Google) ficaram quietos porque o Android permite isso. Daí pra ir pra Apple concordaram com as coisas do jeito que elas são na época. Até aí era tudo paz, amor e players enchendo os cofres da empresa de grana.

Aí veio a concorrência cada vez mais acirrada e a perda de relevância. A primeira saída foi apelar pra Play Store já que fazer a instalação por fora da loja pra alguns não era, digamos, “aceitável”. Mas ainda assim Fornite ainda estava perdendo base de players. A segunda saída foi tentar contornar a Apple Store. A Apple, mais que rapidamente, cortou. Implicaram com as taxas, que antes eram aceitáveis enquanto a grana estava entrando aos borbotões. A terceira saída foi implicar com o Google e suas taxas (que são praticamente as mesmas da Apple). Em ambos casos, foram banidos das lojas.

Agora o que resta é tentar juntar o que ainda resta e se aliar a outra empresa, no caso a Samsung. E “inventaram” esse kit pra tentar convencer influenciadores a entrar pro protesto no caso do boicote que a empresa está sofrendo por causa de algo que ela mesmo causou. Só que a depender do que rolar daqui pra frente, logo logo Samsung e todas as demais que estão criticando a Apple abertamente (e inclusive abriram uma frente unida) podem simplesmente pular do barco. A Apple tem bilhões pra jogar em cima do embrólio jurídico que a Epic criou. E as chances de que a Apple perca e tenha que mudar seu modelo de negócios só “porque é má” são bem difíceis de acontecer.

Se eu fosse a EPIC recolhia o que ainda resta, me contentava com o que ainda tem e lutava pra não sumir de vez do mercado.