Início » Jogos » Nintendo ganha ação judicial contra Mario Kart de rua

Nintendo ganha ação judicial contra Mario Kart de rua

Processo dá vitória para Nintendo e serviço de Mario Kart na vida real vai ter que pagar multa milionária à empresa

Felipe Vinha Por

A Nintendo ganhou sua ação judicial contra o serviço de karts Street Kart, que era conhecido por promover corridas de Mario Kart na vida real, no Japão, muito popular entre turistas. Agora a Street Kart precisa pagar ¥50 milhões, ou mais de R$ 2,5 milhões, para a Nintendo por uso indevido de marca.

Mario Kart de rua é penalizado pela Nintendo (Imagem: Reprodução/MariCar)

Mario Kart de rua é penalizado pela Nintendo (Imagem: Reprodução/MariCar)

A batalha legal entre as duas empresas começou em fevereiro de 2017, mas só se concluiu em 24 de dezembro deste ano. A coisa piorou a partir de 2018, quando a Street Kart, na época ainda chamada de MariCar, começou a usar pessoas vestidas como personagens de Mario Kart para utilizar nas corridas.

Pouco tempo depois, por conta do processo, a Street Kart removeu as roupas da Nintendo e passou a usar uniformes genéricos de super-heróis. Além disso, reduziram as atividades em ruas mais movimentadas de Tóquio, para chamar menos atenção.

A Street Kart chegou a cessar suas atividades em julho deste ano, por conta da pandemia do Coronavírus, mas sem previsão de retorno – possivelmente imaginando que a batalha judicial seria finalizada em favor da Nintendo.

O oficial vem aí

Vale lembrar que a Nintendo vai inaugurar, em 2021, o Super Nintendo World, parque temático dentro do Universal Studios Japan, simulando seus principais jogos. Uma das atrações é justamente um simulador de Mario Kart na vida real, mas em um circuito construído dentro das instalações do parque.

A atração será inaugurada em 4 de fevereiro, em Osaka.

Com informações: Siliconera.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
9 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Eu (@Keaton)

Parabéns à essa empresa… sério. Que idéia de jerico… bora usar nome parecido… e como se não bastasse, vamos deixar super óbvio…

Bruno Cabral Peixoto (@Bruno_Cabral_Peixoto)

Empresa nojenta!