Início » Internet » WhatsApp bate recorde de chamadas de voz e vídeo no Ano Novo

WhatsApp bate recorde de chamadas de voz e vídeo no Ano Novo

Durante virada de 2020 para 2021, WhatsApp registrou mais de 1,4 bilhão de chamadas de voz e vídeo no mundo todo

Emerson Alecrim Por

Em um ano marcado pelas recomendações de distanciamento social, o uso de plataformas de mensagens para as felicitações de Ano Novo cresceu — e muito. Prova disso é que, durante a virada de 2020 para 2021, o WhatsApp bateu seu recorde de chamadas de voz e vídeo.

A informação vem do Facebook, que lembra que todo final de ano resulta em picos de uso do WhatsApp, Instagram Direct e Facebook Messenger. Só que o último ano foi diferente: em função da pandemia de COVID-19, essas plataformas registraram vários picos de mensagens e chamadas desde março de 2020.

Chamada no WhatsApp (imagem: Tatiana Vieira/Tecnoblog)

Chamada no WhatsApp (imagem: Tatiana Vieira/Tecnoblog)

Como muita gente seguiu as recomendações de ficar em casa no final do ano, nada mais natural que novos picos fossem percebidos nessa época. Falando especificamente do WhatsApp, o Facebook destacou que o serviço registrou mais de 1,4 bilhão de chamadas de voz e vídeo durante o Ano Novo.

Nunca a plataforma havia registrado um volume tão grande de ligações em um único dia. Ainda de acordo com o Facebook, esse total representa um aumento de mais de 50% em relação ao número de chamadas registrado na virada de 2019 para 2020.

É claro que um volume tão grande de chamadas poderia resultar em instabilidades na plataforma. Prevendo que o final de ano seria bastante movimentado e, portanto, desafiador, o Facebook deixou equipes de engenharia de prontidão em suas várias plataformas para atuar imediatamente contra qualquer incidente.

Deu certo. Além das mais de 1,4 bilhão de chamadas de voz e vídeo no WhatsApp, o Facebook viu o Messenger registrar recorde de videochamadas em grupo (para três pessoas ou mais) nos Estados Unidos durante um único dia.

Os números dessa medição não foram revelados, mas a companhia destacou que em Nova York, por exemplo, houve duas vezes mais chamadas de vídeo na plataforma do que a média.

Além disso, Facebook e Instagram registraram, juntos, mais de 55 milhões de transmissões ao vivo (lives) em todo o mundo na véspera de Ano Novo.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando