Início » Negócios » Trump restringe WeChat Pay, Alipay e mais apps da China nos EUA

Trump restringe WeChat Pay, Alipay e mais apps da China nos EUA

Ordem executiva dos EUA restringe transações financeiras com WeChat Pay, Alipay, CamScanner e outros apps

Lucas Braga Por

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, aproveitou seus últimos dias no comando para avançar ainda mais a guerra comercial com a China: uma ordem executiva foi emitida proibindo transações financeiras com oito aplicativos chineses, incluindo WeChat Pay, Alipay e CamScanner. O governo americano alega que os bloqueios são importantes para proteger a segurança nacional.

WeChat iPhone (Foto: Bruno Gall De Blasi/Tecnoblog)

WeChat receberá restrições nos Estados Unidos (Foto: Bruno Gall De Blasi/Tecnoblog)

CamScanner, WPS Office e outros apps sofrem restrições

Essa é a lista de aplicativos que tiveram o sistema de transações banidos pela ordem executiva de Donald Trump:

  • WeChat Pay
  • Alipay
  • WPS Office
  • CamScanner
  • QQ Wallet
  • Tencent QQ
  • SHAREit
  • VMate

A ordem executiva diz, em tradução livre, que “ao acessar dispositivos eletrônicos pessoais como smartphones, tablets e computadores, os softwares chineses podem capturar diversos dados dos usuários, incluindo informações confidenciais ou sensíveis que permitem identificação individual”.

O documento ainda cita que esses dados permitem à China “rastrear a localização de funcionários federais e contratados para criação de dossiê com informações pessoais”. Por esse motivo, o governo diz que é necessário adotar medidas agressivas contra desenvolvedores chineses.

A tarefa de proibição deverá ser conduzida pelo Departamento de Comércio americano em 45 dias, mas a Reuters afirma que o processo deve ocorrer antes do término do mandato de Donald Trump, em 20 de janeiro de 2021.

Trump tenta barrar TikTok e outras empresas da China

Além de bloquear as transações financeiras desses apps, o governo Trump tenta restringir o uso de outros serviços chineses. O caso mais marcante é o do TikTok: uma ordem executiva chegou a ser emitida estabelecendo que a empresa deveria vender sua operação nos EUA, mas nenhum negócio foi concretizado e a rede social de vídeos continua funcionando.

Mais restrições foram impostas para empresas de outros setores: e as operadoras China Mobile, China Unicom e China Telecom foram removidas da Bolsa de Valores de Nova York (NYSE).

Com informações: MacRumors

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
5 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Douglas N. (@dougeureka)

Trumposo já era

Andre Luiz Silva (@Andre_Luiz_Silva)

Ele vai bloquear o facebook, instagram, google, etc? que tambem conseguem obter localização e dados do usuario?