Início » Telecomunicações » VPN, Proxy ou Tor?

VPN, Proxy ou Tor?

Entenda as diferenças e semelhanças entre VPN, Proxy e Tor, e saiba qual é o melhor para navegar na web com mais segurança

Ronaldo GogoniPor

VPN, Proxy e Tor são ferramentas de segurança para navegação na internet, que permitem ocultar onde o usuário está e proteger seus dados. No entanto, cada uma delas possui características distintas, que as tornam mais indicadas para situações específicas. Entenda as diferenças entre VPN, Proxy e Tor, e saiba qual é o mais adequado para navegar com segurança na internet.

Navegação segura (Imagem: Danny144/Pixabay)

Navegação segura (Imagem: Danny144/Pixabay)

VPN, Proxy ou Tor?

Embora cada uma dessas ferramentas seja usada para aumentar a segurança do usuário durante a navegação na internet, VPN, Proxy e Tor possuem diferenças fundamentais entre eles, enquanto compartilham algumas semelhanças.

Confira a seguir as diferenças entre VPN, Proxy e Tor.

1. VPN

VPN é a sigla para Virtual Private Network, e descreve exatamente o que ela é, uma rede privada virtual. Trata-se de um serviço de rede opcional intermediário entre o usuário e a internet, como um servidor remoto, que oferece dois serviços distintos.

O primeiro e mais importante é a criptografia, que protege todo o tráfego dos seus dados enquanto você usa a VPN. O segundo é a navegação sigilosa, através de uma máscara de IP para sua conexão.

VPN (Imagem: StefanCoders/Pixabay)

VPN (Imagem: StefanCoders/Pixabay)

Funciona assim: ao usar uma VPN, seus dados são protegidos e não podem ser lidos por outros. Ao mesmo tempo, seu IP é mascarado e sua conexão passa a ser identificada por outro endereço de origem, por exemplo, trocando São Paulo por Los Angeles.

2. Proxy

Um servidor Proxy é um intermediário entre o computador do usuário e a internet, e é ele quem envia e recebe todas as suas requisições ao site que está sendo acessado. O servidor do domínio visitado (o site) registra como visitante o IP do proxy ao invés do seu, e assim, ele também serve para mascarar sua identidade na web.

Servidores proxy podem ser serviços na web ou servidores físicos, como os voltados para empresas. Eles concentram as conexões de todos os computadores em um só ponto, e todos eles compartilham de um mesmo IP, o do servidor, que será usado para navegar.

Servidor proxy (Imagem: kevinandthepup/Pixabay)

Servidor proxy (Imagem: kevinandthepup/Pixabay)

Um proxy é por padrão um serviço útil para tornar alguém anônimo na web, e é possível usar vários deles para dificultar o rastreamento do IP de origem. Só que diferente de uma VPN, um proxy não criptografa dados, assim, o usuário continua sujeito a ataques e bisbilhoteiros, ainda mais se estiver conectado em uma rede pública.

3. Tor

O Tor, cujo nome é a sigla de The Onion Router, é um software de código aberto desenvolvido para tornar a navegação na web anônima, ocultando a conexão do usuário sob várias camadas de proteção. Daí o “onion” do nome, ou em português, “cebola”.

Ao usar o Tor, os dados do usuário perdem todas as credenciais de identificação, os dados são criptografados em camadas e enviados para três pontos de retransmissão, chamados de nós. Ao chegar no primeiro nó, uma das camadas é decriptada para revelar o destino da requisição (o site que o usuário quer acessar), e a requisição segue em frente para o próximo nó.

Quando todas as camadas são decriptadas, a requisição envia o tráfego para o site desejado, que identifica o IP do último nó como a origem. Por conta da forma como o Tor opera, é muito mais difícil identificar a origem da conexão.

Diagrama de funcionamento do Tor (Imagem: Fossbytes)

Diagrama de funcionamento do Tor (Imagem: Fossbytes)

O Tor foi originalmente desenvolvido para proteger a identidade de ativistas e jornalistas, que poderiam sofrer censura e represálias, mas na prática o software, aliado a uma versão modificada do navegador Firefox, chamado Tor Browser, é uma das principais ferramentas de acesso à Dark Web, a parte mais sombria e criminosa da internet.

Qual usar e para quê?

VPNs, Proxies e o Tor são ferramentas de navegação segura bem diferentes entre si, ainda que todos eles cumpram com a promessa de ocultar a identidade do usuário. Em um comparativo, temos:

ServiçoVPNProxyTor
Ocultação de IPSimSimSim
CriptografiaSimNãoSim, em camadas
Navegador embarcadoNãoNãoSim

Cada serviço possui uma característica que o torna mais indicado para uma ação específica. Assim, temos as seguintes recomendações:

  • VPN: Para quem deseja navegar sem ser identificado;
  • Proxy: Para quem procura acessar serviços de outras regiões, com um IP diferente (por exemplo, o catálogo da Netflix dos EUA ou o Hulu);
  • Tor: Para quem depende de navegação protegida o tempo todo, seja por ser visado, ou porque precisa acessar a Deep/Dark Web.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando