Início » Aplicativos e Software » Como fazer um mapa 3D [Isométrico]

Como fazer um mapa 3D [Isométrico]

Isometria; conceitos básicos para quem pretende começar projetos de mapa 3D, objetos ou cenas simulando tridimensionalidade

Tatiana Vieira Por

Desenhar em perspetiva não é uma tarefa simples. Mas não se preocupe. O Illustrator conta com recursos simples de extrusão para criar ilustrações isométricas perfeitas, sem muito esforço. Saiba como fazer um mapa 3D isométrico a partir de formas básicas e construir o que quiser.

Não é necessário ser um arquiteto ou designer para criar um mapa ou objeto que emula uma visão ‘de cima’, nos dando noção de distância e dimensões bidimensionais do ambiente. Mapas desse tipo normalmente usamos as conhecidas folhas de papel quadriculado. Ferramentas gráficas otimizam este processo em poucos cliques.

Como criar mapa 3D [isométrico] no Illustrator

Como criar mapa 3D [isométrico] no Illustrator. (Imagem: Parameprizma/Freepik)

O que é perspectiva 3D [isométrica]?

A perspectiva isométrica tem algumas características em relação ao objeto ou cena:

  • Vista de cima ou topo;
  • Não possui distorção conforme você se afasta;
  • É construído em cima de um grid de linhas com ângulo de 30º.

Como fazer um mapa 3D [Isométrico]

Entendendo como o princípio de isometria funciona, ao desenhar um bloco de encaixe, podemos fazer o que quisermos, através da ferramenta de Extrusão.

  1. Abra o Adobe Illustrator;
  2. Menu “New” (Novo);
    Ou siga o atalho “⌘ + N” (macOS) ou “Control + N” (Windows);
  3. Escolha o formato de papel que julgar necessário para o seu projeto;
  4. Na Caixa de Ferramentas, selecione a ferramenta Retângulo;
    Ou tecle “M”;
  5. Toque um ponto da área de trabalho e segure a tecla Shift para fazer um quadrado perfeito;
  6. Caso sua forma esteja com contorno, elimine-o;
  7. Selecione o quadrado e Menu Efeito > 3D > Extrusão e bisel;
  8. Na janela “Opções de Extrusão e bisel 3D”;
    Usando a ferramenta Extrusão no Illustrator
  9. Em Posição, marque a opção Isométrica acima e insira um valor em Quantidade de extrusão – marque a opção prévia, para acompanhar em tempo real as modificações;
  10. Em superfície, marcar a opção Sem sombra e clique em OK.

Fique atento para marcar e editar tudo o que julgar necessário. Caso tenha esquecido de algo, a edição pode ficar sobreposta e talvez seja melhor reiniciar uma nova forma e assim aplicar os efeitos necessários de forma correta.

Agora seu quadrado tem a aparência de uma forma tridimensional. Ela nos dá a ilusão da tridimensionalidade através de um feito. Para criar uma forma tridimensional real é preciso expandi-la. Para expandir uma forma, basta seguir esses passos adicionais:

  1. Por segurança, faça uma cópia da forma recém criada com aparência tridimensional;
  2. Selecione a forma e no Menu Objeto > Expandir Aparência.
Expandindo a aparência de uma forma no Illustrator

Expandindo a aparência de uma forma no Illustrator. (Imagem: Reprodução/Illustrator)

Agora sim estamos simulando a tridimensionalidade. Com um único quadrado, você pode criar o que quiser, bem como alterar suas cores com auxílio da ferramenta de Seleção Direta, colorindo suas partes/faces isoladamente e, agora sim, aplicar contorno.

Para fazer as pernas do banco basta duplicar o quadrado inicial e diminuir o objeto segurando a tecla Shift para manter a proporção e alongar para baixo os pontos da base – com o uso do mouse ou com a seta para baixo do teclado.

Editando formas expandidas no Illustrator

Editando formas expandidas no Illustrator. (Imagem: Reprodução/Illustrator)

Não se preocupe com o encaixe, desde que tudo esteja dentro do ângulo de 30º. E posso dizer que isso simplesmente vicia. É como brincar de lego. De pequenas partes até completar uma cidade inteira.

Para facilitar, você também pode criar um grid de 30º e trabalhar em cima dele. Mas isso já fica para um próximo tutorial.

Com informações: Adobe.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando