Início » Aplicativos e Software » Chrome 90 terá recurso para ajudar a criar sites mais rápidos

Chrome 90 terá recurso para ajudar a criar sites mais rápidos

Recurso indica quantos segundos o Chrome leva para carregar a página e quais melhorias podem ser feitas por desenvolvedores

Victor Hugo Silva Por

O Chrome 90 vai liberar um recurso que analisa se sites estão carregando rapidamente. O Google já conta com uma extensão que faz essa análise e, agora, a transformará em um item nativo. A funcionalidade, batizada de Performance HUD, será oferecida nas versões para desktop e dispositivos móveis do navegador.

Performance HUD no Chrome (Imagem: Reprodução)

Performance HUD no Chrome (Imagem: Reprodução)

O novo recurso vai exibir as informações que hoje aparecem na extensão Core Web Vitals, lançada pelo Google em 2020. A ferramenta mostra, ao abrir um site, quantos segundos o navegador levou para concluir o carregamento. Ela também apresenta quais pontos podem ser aprimorados na página.

Com a mudança no Chrome 90, os desenvolvedores poderão dispensar a extensão e usar apenas o Performance HUD. Além das métricas da Core Web Vitals, ele exibe estatísticas sobre suavidade, isto é, se as animações e outros efeitos apresentados na página carregam com fluidez. O tempo necessário para carregar o site é um dos critérios considerados pelo Google para decidir quais aparecerão nas primeiras posições da busca.

Performance HUD no celular (Imagem: Reprodução)

Performance HUD no celular (Imagem: Reprodução)

Chrome Canary já tem Performance HUD

O novo recurso já pode ser testado no Chrome Canary, versão de testes do navegador do Google. Para isso, basta acessar chrome://flags e pesquisar por “Show performance metrics in HUD”. Depois, selecione a opção “Enabled” e reinicie o navegador. O processo também será necessário quando o Chrome 90 for liberado.

Como está em uma versão de testes, o Performance HUD ainda precisa de alguns ajustes. Um deles é uma opção de fechar a janela, que ainda não existe no Canary. Segundo Addy Osmani, engenheiro do Google que participou da implementação do recurso, a ferramenta deverá ser levada para a área de Ferramentas do Desenvolvedor do Chrome, onde deverá receber melhorias.

Com informações: Android Police.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
2 usuários participando