Início » Saúde » Google ajuda a encontrar locais de vacinação contra COVID-19

Google ajuda a encontrar locais de vacinação contra COVID-19

Buscas por vacinação contra COVID-19 no Google destacarão lista com locais disponíveis, bem como horários e requisitos

Victor Hugo SilvaPor

O Google vai destacar locais de vacinação contra COVID-19 na busca e no Maps. Os serviços vão mostrar detalhes sobre horários e requisitos para se vacinar. As informações serão liberadas nas próximas semanas em alguns estados americanos e, segundo a empresa, chegarão a usuários de outros países no futuro.

Google destaca locais de vacinação contra COVID-19 (Imagem: Divulgação/Google)

Google destaca locais de vacinação contra COVID-19 (Imagem: Divulgação/Google)

Com a mudança, usuários que pesquisarem por vacinação em suas cidades receberão uma lista com os locais disponíveis. Além dos endereços, o Google vai indicar se é necessário agendamento, se o local é destinado apenas para grupos prioritários e se a vacinação ocorre no modelo drive-thru.

A empresa também anunciou que vai mostrar informações sobre a fila de vacinação para os usuários saberem se podem visitar um dos locais indicados. Além disso, Google e YouTube passarão a dar mais destaque para informações confiáveis sobre vacinas por meio da iniciativa “Get The Facts” (ou “obtenha os fatos”).

Google destina US$ 150 milhões para promover vacinação

O Google informou ainda que destinará US$ 150 milhões para promover a educação sobre vacinas e destacar informações sobre as campanhas de vacinação. A maior parte do valor será usada no programa Google Ad Grants, voltado para organizações sem fins lucrativos anunciarem em plataformas da empresa.

Do valor total, US$ 100 milhões serão usados no Ad Grants por OMS (Organização Mundial da Saúde), CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças) e outras entidades da área da saúde. A empresa destinará outros US$ 50 milhões para agências de saúde pública de vários países divulgarem conteúdos sobre vacinação.

Em comunicado, o Google também indicou que vai oferecer alguns de seus espaços físicos para serem usados como locais de vacinação contra COVID-19. Segundo a companhia, cidades como Los Angeles, São Francisco e Nova York serão as primeiras a usarem alguns de seus prédios, estacionamentos e espaços abertos, seguindo os planos de vacinação locais.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando