Início » Finanças » WhatsApp Pagamentos chega ao Brasil este ano com Pix, diz Cielo

WhatsApp Pagamentos chega ao Brasil este ano com Pix, diz Cielo

Segundo a empresa de pagamentos, todas as exigências do BC para o WhatsApp Pagamentos já foram atendidas

Victor Hugo Silva Por

A Cielo voltou a anunciar um prazo para a chegada do Whatsapp Pagamentos ao Brasil. De acordo com a empresa de pagamentos, o recurso será liberado pelo Banco Central ainda no primeiro semestre. A declaração foi feita nesta quinta-feira (28) pelo CEO da Cielo, Paulo Caffarelli, ao apresentar resultados do quarto trimestre de 2020.

WhatsApp Pagamentos (Imagem: Divulgação)

WhatsApp Pagamentos (Imagem: Divulgação)

Segundo o executivo, todos os requisitos do Banco Central para liberar o WhatsApp Pagamentos foram atendidos. “Estamos muito próximos de receber a autorização. Isso deve acontecer, pela nossa expectativa, no primeiro semestre deste ano”, disse Caffarelli, segundo o Mobile Time.

Ele afirmou ainda que “tudo caminha” para que o recurso seja integrado ao Pix. Com isso, os usuários poderão aproveitar suas contas bancárias para enviar dinheiro para contatos pelo WhatsApp Pagamentos. Além da Cielo, a solução poderá ter apoio de Nubank, Banco do Brasil e Sicredi, que, em 2020, também foram anunciados como parceiros do WhatsApp.

Esta não é a primeira vez que o CEO da Cielo afirma que o recurso está próximo de ser liberado. Ao apresentar resultados financeiros da empresa de pagamentos para o terceiro trimestre de 2020, o executivo afirmou que esperava a autorização do BC para o serviço já em novembro.

BC acompanha WhatsApp Pagamentos

O WhatsApp Pagamentos chegou a ser lançado no Brasil em junho de 2020. O serviço permitia transferências sem tarifas para usuários e com taxa de 3,99% para empresas no WhatsApp Business. Porém, dias após o lançamento, o Banco Central determinou sua suspensão para “avaliar eventuais riscos” à concorrência e à privacidade.

O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) também suspendeu o recurso por notar “consideráveis riscos à concorrência”. Semanas depois, ele foi liberado pelo conselho e recebeu autorização do BC para realizar testes. Desde então, o serviço do WhatsApp não apresentou avanços em sua implementação no Brasil.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
6 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Tux (@lordtux)

Rapazz, bom iFood e outros ficarem bem atentos, vem concorrência forte ai.

² (@centauro)

Você tem a praticidade de poder mandar uma cobrança via chat em um único app sem precisar ficar abrindo outro app pra gerar um QR code e voltando pra enviar esse QR code (ou enviar dinheiro sem ter que esperar o recipiente enviar os dados).

Felipe Silva (@Felipe_Silva)

Acho que pra vendas de pequenos comerciantes ele ainda faz muito sentido, facilidade de enviar cobranças e pagamentos, ainda mais nesses tempos de pandemia e comercio eletrônico em alta. Pix ainda não implementou tudo que tem a oferecer nessa parte de vendas online.

Por exemplo, tu tá comprando algo ou contratando um serviço pelo whatsapp, algo muito comum hoje em dia, em vez de ter de pega os dados pra transferir, só clica em pagamentos ali na mesma interface.