Início » Negócios » Pontofrio e Casas Bahia lançam programa de logística rival da Amazon

Pontofrio e Casas Bahia lançam programa de logística rival da Amazon

Envvias oferece frete e prazos menores para lojistas que vendem pelo marketplace de Pontofrio, Casas Bahia e Extra

Victor Hugo SilvaPor

A Via Varejo apresentou um serviço de logística para parceiros de suas lojas semelhante ao que é oferecido pela Amazon. O Envvias, como foi chamado, permite que lojistas que usam o marketplace de Pontofrio, Casas Bahia e Extra aproveitem a rede logística do grupo para realizar entregas de seus produtos.

ASAP Log fará entregas em serviço de Pontofrio, Casas Bahia e Extra (Imagem: Divulgação)

ASAP Log fará entregas em serviço de Pontofrio, Casas Bahia e Extra (Imagem: Divulgação)

O Envvias oferece serviços de coleta, postagem, armazenamento em estoque (fulfillment), pontos de retirada para clientes e entrega no mesmo dia. Eles já estão disponíveis para os parceiros que vendem nos marketplaces de marcas da Via Varejo. A operação logística é suportada pela ASAP Log, empresa comprada pelo grupo em 2020.

Segundo a Via Varejo, o programa oferece vantagens como redução no custo do frete para itens leves e pesados. Os lojistas parceiros também podem oferecer melhores prazos para seus clientes e apresentar produtos no marketplace com o aviso de que são entregues por Pontofrio, Casas Bahia ou Extra.

O programa conta ainda com garantia de ressarcimento em caso de roubos, extravios ou avarias. Além disso, os lojistas podem oferecer aos clientes informações mais precisas sobre acompanhamento e rastreamento do pedido.

Fulfillment by Amazon permite frete grátis no Prime

O serviço lançado pela Via Varejo deve funcionar como um concorrente do FBA (Fulfillment by Amazon), lançado no Brasil em dezembro. Com ele, a Amazon se torna responsável pelo armazenamento e pela entrega de produtos de lojistas parceiros. O programa oferece ainda a opção de entregas grátis para clientes que assinam o Prime.

Após se inscreverem no FBA, os parceiros enviam seus produtos ao centro de distribuição da Amazon, que orienta sobre quantas unidades precisam estar disponíveis. A Amazon também fica responsável pelo empacotamento de produtos e pelo atendimento pós-venda.

Por enquanto, o FBA se restringe a lojas parceiras no estado de São Paulo e sujeitas ao regime tributário do Simples Nacional. No primeiro ano, a Amazon não cobra os parceiros pelo armazenamento, nem pelos custos de envio do estoque aos armazéns. Porém, desde o início, os lojistas têm taxas mais elevadas, que variam entre 11% e 15%.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Jefferson Rodrigues (@Jefferson_Rodrigues)

Marketplace, pra mim, nunca valeu a pena. Sempre cobram frete caro!

Bruno Cabral Peixoto (@Bruno_Cabral_Peixoto)

já comprei por marketplace e tem muito caso onde o frete é mais barato.

Jefferson Rodrigues (@Jefferson_Rodrigues)

Moro no nordeste. Sempre o frete é caro.