Início » Gadgets » Caixa de som Bluetooth Ultimate Ears Megaboom 3: resistência e muito som

Caixa de som Bluetooth Ultimate Ears Megaboom 3: resistência e muito som

Com vários recursos, Ultimate Ears Megaboom 3 é uma caixa de som Bluetooth para quem busca resistência e som potente

Darlan HelderPor
Nota Final9.5
Ultimate Ears Megaboom 3 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Ultimate Ears Megaboom 3 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

A Megaboom 3 é a caixa de som Bluetooth mais potente da Ultimate Ears atualmente no Brasil. Para concorrer com os modelos da JBL, o speaker oferece som 360º, aplicativo dedicado para equalizar, além de bateria de longa duração e resistência à queda. Ela ainda tem como diferencial o carregamento sem fio, mas isso você deve adquirir à parte, infelizmente. No site oficial da Logitech, dona da marca UE, a Megaboom 3 aparece por R$ 999.

Será que vale a pena? Ela é tudo isso mesmo que dizem? O som é potente? A Megaboom 3 foi a minha companheira de trabalho aqui no Tecnoblog e compartilho agora as minhas impressões neste review completo.

Análise da Ultimate Ears Megaboom 3 em vídeo

Aviso de ética

O Tecnoblog é um veículo jornalístico independente que ajuda as pessoas a tomarem sua próxima decisão de compra desde 2005. Nossas análises não têm intenção publicitária, por isso ressaltam os pontos positivos e negativos de cada produto. Nenhuma empresa pagou, revisou ou teve acesso antecipado a este conteúdo.

A Megaboom 3 foi fornecida pela Ultimate Ears por doação e não será devolvida à empresa. Para mais informações, acesse tecnoblog.net/etica.

Design e conectividade

A Megaboom 3 lembra as gerações passadas e até mesmo a Wonderboom 2, cuja análise já está disponível no Tecnoblog. Eu sei que o formato de cilindro divide opiniões, assim como os enormes botões na lateral. No entanto, o cuidado da marca com a construção e o acabamento bem feito me faz gostar ainda mais desta caixa de som.

Para esta análise, nós recebemos a versão ultraviolet purple que tem um efeito degradê quando a luz reflete no tecido. Opções em preto (Night Black), azul (Lagoon Blue) e vermelho (Sunset red) também estão disponíveis. Já que falei do tecido, a Ultimate Ears afirma que o “desempenho têxtil da caixa de som é desenvolvido para os extremos”, por isso ela usa o mesmo material de “roupa de equipe de combate a incêndio” e “jaquetas de motociclistas”.

Ultimate Ears Megaboom 3 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Ultimate Ears Megaboom 3 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

O alto-falante é à prova d’água, queda e à poeira já que tem certificação IP67. Além disso, para os desastrados de plantão, a Megaboom 3 boia na água, assim como a Wonderboom.

Em resumo, todo o projeto é digno de nota 10. Porém, o seu peso, de 925 gramas, me incomodou um pouco e pode gerar um certo desconforto durante as viagens. Ainda assim, vou manter a minha nota máxima para design.

Ultimate Ears Megaboom 3 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Ultimate Ears Megaboom 3 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Falando agora de conectividade, é triste ver um produto tão bem desenvolvido com uma porta micro USB escondida na parte inferior. Já a conexão Bluetooth é eficiente e estável, sem aqueles cortes no som que geralmente aparecem em algumas caixas da concorrência. Eu também fiz testes com vídeos e pude perceber que a latência aqui é baixa.

Ela pode ser controlada pelo aplicativo Boom & Megaboom, disponível para Android e iPhone. Nele, você consegue desligar a Megaboom 3, controlar o volume, checar o nível da bateria e até definir alarme, o que é bem diferente. Você configura o horário e, automaticamente, ela emite um som para te alertar — aí está um recurso inusitado, mas útil.

Ultimate Ears Megaboom 3 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Ultimate Ears Megaboom 3 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Ainda sobre o app, é possível integrar ele à sua plataforma de streaming de áudio favorita, contudo há limitações: o recurso só funciona com o Apple Music, Amazon Music e com o Deezer, deixando de lado o popular Spotify. Outro ponto negativo é que o Boom & Megaboom não está disponível em português, apenas em inglês, francês, espanhol e alemão.

Qualidade de som e bateria

Agora vamos ao que realmente importa: a Megaboom 3 é uma caixa de som potente. Tanto que você nem precisa deixar o volume acima dos 50% para ouvir com clareza as suas músicas e podcasts, isso graças a sua atuação 360º, um diferencial importante que favorece a dispersão em ambientes grandes e fechados.

I Follow Rivers, de Lykke Li, em sua versão mais agitada, soa com graves marcantes, vocal nítido e não notei ruídos durante toda a faixa, nem mesmo quando elevei o volume para 90%, que é extremamente alto nesta caixa. Uma música mais calma, como Paradise, do Coldplay, parece ficar com mais vigor, mantendo um bom equilíbrio entre vocal e instrumentos, sem congestionar.

Ultimate Ears Megaboom 3 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Ultimate Ears Megaboom 3 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

No entanto, em Love Of My Life, do Queen, é viável notar uma falta de estabilidade nos médios, conflitando com o vocal. Geralmente isso fica mais perceptível em canções calmas.

Os testes que eu compartilhei agora foram feitos sem nenhum ajuste, mas você pode personalizar como quiser através do equalizador lá no aplicativo Boom & Megaboom. Existem ali alguns modos pré-definidos e o usuário tem a liberdade para fazer alterações.

E como eu disse antes, a UE Megaboom 3 é muito potente, mas se toda essa força não for suficiente, você pode parear ela com outras caixas da marca, para uma experiência mais imersiva.

Para controlar as músicas, a empresa adicionou no topo o botão Magic, para dar play, pausar e, ao apertar ele duas vezes, eu consigo mudar de faixa. Ao lado estão os botões de Bluetooth e de liga/desliga.

Ultimate Ears Megaboom 3 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Ultimate Ears Megaboom 3 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Com relação à autonomia, a Ultimate Ears promete até 20 horas de reprodução, isto é, 5h a mais que a Boom 3 e a JBL Xtreme 2, e 4h a menos quando a comparamos com a Sony SRS-XB41. Diariamente, eu deixei a Megaboom 3 reproduzindo música por cerca de 8h30min com o volume em 30%. No sexto dia, ainda tinham 40% de bateria pela manhã, um resultado muito bom.

Inclusive, a própria caixa reconhece quando não está tocando nada e desliga automaticamente para poupar energia.

Ultimate Ears Megaboom 3 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Ultimate Ears Megaboom 3 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Quanto ao carregamento, podemos destacar dois pontos: o primeiro é o adaptador de tomada de 18 watts incluso na caixa, porém há um problema, ele não segue o padrão brasileiro e é do tipo A; segundo ponto, a Megaboom 3 tem um sistema de carregamento sem fio próprio, a base branca fica presa na parte inferior do gadget e promete mais autonomia. Entretanto, o acessório é vendido separadamente e custa R$ 150.

Ultimate Ears Megaboom 3: vale a pena?

Sim, vale apostar na Megaboom 3 e ela é uma boa alternativa para quem não simpatiza muito com os modelos da JBL. A Ultimate Ears conseguiu desenvolver uma caixa de som Bluetooth com desempenho impecável, os graves são equilibrados e os agudos soam nítidos. O único problema, mesmo, são os médios que tendem a conflitar com o vocal em faixas menos agitadas, podendo incomodar usuários mais detalhistas.

Ultimate Ears Megaboom 3 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Ultimate Ears Megaboom 3 (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

No visual, é possível notar um belo trabalho de design e construção. Além disso, ela tem uma autonomia excelente, é à prova d’água e à queda, esse é um diferencial. Em comparação com a rival, JBL Charge 4, a Megaboom 3 se sobressai por oferecer carregador na caixa, carregamento sem fio e um aplicativo mais completo.

Já a Charge 4 tem USB tipo C, entrada de 3,5 mm e ainda pode funcionar como power bank, recursos essenciais que este modelo da UE não entrega. O LG Xboom Go PL7 é outra opção interessante e mais em conta, com bateria para até 24 horas de reprodução, luzes multicoloridas, mas não tem som 360º. Agora é com você!

Caixa de som Bluetooth Ultimate Ears Megaboom 3

Prós

  • Som potente e equilibrado
  • Boa presença de graves
  • Corpo resistente
  • Bateria de longa duração e adaptador de tomada na caixa

Contras

  • Aplicativo não está disponível em português
  • Poderia vir com USB-C
Nota Final9.5
Design
10
Bateria
9
Conectividade
10
Graves
10
Médios
9
Agudos
9
Recursos
9
Volume
10

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Tiago Jeronimo (@TiagoJL)

Tenho duas UE MEGABOOM 2, compradas em 2016 e que ainda funcionam perfeitamente, quando usadas em conjunto ficam quase tão potentes quanto uma JBL Boombox.

Vítor Gomes (@vctgomes)

UE é UE. Tenho duas UE Boom 2 e são uma maravilha. Sou simplesmente apaixonado pela marca.

Fora o suporte que é impecável!