Início » Finanças » Golpe com criptomoedas usa Discord para atrair vítimas

Golpe com criptomoedas usa Discord para atrair vítimas

Golpistas utilizam comunidades de criptomoedas no Discord para divulgar esquema que rouba dados pessoais e moedas digitais

Bruno Ignacio Por

A Kaspersky, empresa de solução de segurança cibernética, denunciou que golpes envolvendo criptomoedas estão sendo divulgados no Discord, plataforma de comunicação geralmente voltada para gamers. O sistema permite criar comunidades baseadas em assuntos que incluem até mesmo as moedas digitais. Assim, múltiplos usuários reunidos em um único espaço virtual chamaram a atenção de criminosos.

Discord (Imagem: Toshiyuki IMAI/Flickr)

Discord (Imagem: Toshiyuki IMAI/Flickr)

A empresa denunciou em seu blog oficial um esquema de premiações e sorteios falsos de criptomoedas como o bitcoin (BTC) e ethereum (ETH) que está sendo divulgado através de mensagens privadas na plataforma.

“Os golpistas procuram vítimas nos servidores de criptomoedas no Discord e enviam mensagens privadas que parecem vir de uma plataforma de negociação promissora que distribui moedas digitais”, explica a empresa.

As estratégias de divulgação dos golpistas

Exemplo de mensagem privada enviada por golpistas no Discord (Imagem: reprodução/Kaspersky)

Exemplo de mensagem privada enviada por golpistas no Discord (Imagem: reprodução/Kaspersky)

Cada mensagem parece utilizar uma estratégia de convencimento diferente para supostamente legitimar a oferta fraudulenta, mas a base sempre é a mesma. O usuário teria sido aleatoriamente escolhido para receber um pagamento impressionante em bitcoin (BTC) ou ethereum (ETH).

A justificativa utilizada pelos golpistas é que a suposta empresa de criptomoedas está promovendo uma campanha de divulgação com prêmios gratuitos em ativos digitais. Seja como estratégia de marketing para divulgação da plataforma fantasma, chamar mais usuários ou ainda mais generosamente apoiar a comunidade em tempos de pandemia de COVID-19.

Esquema cria plataforma complexa e convincente

Visual da plataforma falsa criada pelos criminosos (Imagem: reprodução/Kaspersky)

Visual da plataforma falsa criada pelos criminosos (Imagem: reprodução/Kaspersky)

As mensagens direcionadas dão instruções aos alvos sobre como aceitar o prêmio. O usuário vitimado deve se registrar na plataforma através do link enviado. Até então, o site convence visualmente como uma legítima exchange de criptomoedas.

A Kaspersky destaca que “alguém claramente teve muito trabalho para fazer o site parecer legítimo”. Há múltiplas funções integradas na plataforma fraudulenta. Informações sobre a taxa de câmbio, gráficos, livros de pedidos, histórico de negociação e até mesmo serviços de suporte em múltiplas opções de idiomas estão presentes. Por fim, existe também um sistema de autenticação de dois fatores para a “proteção” da conta da vítima.

Como ocorre o golpe

Após todo esse trabalho de convencimento, o golpe começa a acontecer de fato. Para que os usuários validem suas contas e concluam o registro para receber seu suposto prêmio, um pequeno depósito deve ser realizado em criptomoedas e um procedimento de verificação precisa ser completado.

“O procedimento é parecido ao que você pode encontrar em uma bolsa legítima, exigindo detalhes de contato, uma foto de um documento e uma selfie tirada com a identidade e uma folha de papel com o endereço da bolsa, data de registro, e assinatura”, explica a Kaspersky. Segundo a empresa, os golpistas parecem estar coletando um banco de dados para vender “a um bom preço na dark web”.

Os usuários, por fim, devem ativar a chave do prêmio que receberam pelo Discord para receber sua quantia “gratuita” de criptomoedas. As moedas digitais realmente aparecem nas contas, mas a vítima não consegue resgatá-las. Para isso, deve ser feita uma recarga de 0,02 BTC (ou o equivalente em ETH ou dólares) para “legitimar” a conta. Esse dinheiro é então embolsado pelos criminosos e o suposto prêmio nunca é resgatado.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando