Início » Gadgets » Smart Lâmpada Wi-Fi Elsys: iluminação inteligente sem gastar muito

Smart Lâmpada Wi-Fi Elsys: iluminação inteligente sem gastar muito

Concorrente da Positivo, Smart Lâmpada Wi-Fi Elsys tem 16 milhões de cores, mas peca ao oferecer apenas branco quente

Darlan HelderPor
Smart Lâmpada Wi-Fi Elsys (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Smart Lâmpada Wi-Fi Elsys (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Para competir com a Positivo Casa Inteligente, a brasileira Elsys colocou no mercado a sua Smart Lâmpada Wi-Fi acessível. O gadget oferece 16 milhões de cores, 1.050 lúmens, é compatível com Alexa e Google Assistente, além de permitir o controle por aplicativo, entre outros recursos. Será que compensa?

As cores são fortes? A integração é boa? Melhor ir de Positivo ou o produto da Elsys já dá conta do recado? Eu testei a Smart Lâmpada Wi-Fi Elsys nas últimas semanas e compartilho a minha experiência de uso nos próximos minutos.

Análise da Smart Lâmpada Wi-Fi Elsys em vídeo

Aviso de ética

O Tecnoblog é um veículo jornalístico independente que ajuda as pessoas a tomarem sua próxima decisão de compra desde 2005. Nossas análises não têm intenção publicitária, por isso ressaltam os pontos positivos e negativos de cada produto. Nenhuma empresa pagou, revisou ou teve acesso antecipado a este conteúdo.

A Smart Lâmpada Wi-Fi Elsys foi fornecida pela Elsys por doação e não será devolvida à empresa. Para mais informações, acesse tecnoblog.net/etica.

Instalação e configuração

Vamos começar pelo processo de instalação que é muito parecido com o da Positivo. Primeiro, coloque a lâmpada no local desejado e, ao ligar o interruptor, você notará que ela fica piscando. Para conseguir controlar à distância, a marca disponibilizou o aplicativo Elsys Casa+, disponível tanto para Android quanto para iPhone.

Smart Lâmpada Wi-Fi Elsys e aplicativo Elsys Casa+ (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Smart Lâmpada Wi-Fi Elsys e aplicativo Elsys Casa+ (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Esse processo é relativamente fácil, mas pode apresentar falhas por erros bobos. Por exemplo, durante os meus testes, a lâmpada só conectou na quarta tentativa e as falhas reportadas antes ocorreram porque eu não coloquei a letra maiúscula do nome da minha rede Wi-Fi. Além disso, ela só se conecta na frequência de 2,4 GHz, mas isso a Elsys deixa bem claro no app e na ficha técnica do produto.

Smart Lâmpada Wi-Fi Elsys com Amazon Echo e Google Assistente (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Smart Lâmpada Wi-Fi Elsys com Amazon Echo e Google Assistente (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

No próprio aplicativo você já pode fazer a integração do gadget com assistentes virtuais. Eu uso a Alexa com mais frequência, por isso optei por controlar via Amazon Echo na maior parte do tempo, mas a experiência também foi positiva com o Google Assistente no celular. Desta vez, a vinculação entre os assistentes ocorreu rapidamente e sem falhas, até melhor que a da Positivo.

Experiência de uso (pontos positivos e negativos)

A Smart Lâmpada da Elsys deve ser instalada em um soquete E27 e apenas em locais fechados. Ela é de LED, tem 10 watts de potência com fluxo luminoso de 1.050 lúmens, ou seja, superior ao modelo da Positivo que tem 820 lúmens. De acordo com a Elsys, ela tem 25 mil horas de vida útil, a mesma coisa da Philips Hue.

Branco da Smart Lâmpada Wi-Fi Elsys (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Branco da Smart Lâmpada Wi-Fi Elsys (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

As cores frias não me agradaram muito. O branco disponível aqui não é exatamente frio como eu esperava e tem um tom meio amarelado. Mesmo que você tente ajustar, ainda não é possível atingir o branco de verdade. Ao menos essa cor que está aqui consegue iluminar bem o ambiente desde que ele não seja grande.

Já as opções coloridas são ok para quem busca diversão. Se quiser aproveitar elas ao máximo, você terá que comprar pelo menos mais uma lâmpada. Em um quarto pequeno, onde instalei a Smart Lâmpada Wi-Fi Elsys, eu pude perceber que o vermelho, o laranja, o rosa e o amarelo são fracos, especialmente esse último. Verde e azul têm uma intensidade mediana e deixam o espaço escuro; já o verde turquesa e o azul claro são mais fortes.

Laranja da Smart Lâmpada Wi-Fi Elsys (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Laranja da Smart Lâmpada Wi-Fi Elsys (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Rosa da Smart Lâmpada Wi-Fi Elsys (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Rosa da Smart Lâmpada Wi-Fi Elsys (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Verde da Smart Lâmpada Wi-Fi Elsys (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Verde da Smart Lâmpada Wi-Fi Elsys (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Azul claro da Smart Lâmpada Wi-Fi Elsys (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Azul claro da Smart Lâmpada Wi-Fi Elsys (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Roxo da Smart Lâmpada Wi-Fi Elsys (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Roxo da Smart Lâmpada Wi-Fi Elsys (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

As alterações de cor no app Elsys Casa+ podem demorar um pouco, existe, sim, um delay, mas não é nada grave.

A Elsys colocou alguns modos de iluminação no aplicativo que são bem interessantes, como o de leitura, trabalho, lazer, suave e três opções de festa com efeitos de diferentes intensidades. O atalho de agenda também é bem útil e funcionou quando o programei. O timer é outro recurso embarcado; o usuário consegue definir o tempo lá no app e a lâmpada acende ou apaga automaticamente.

Smart Lâmpada Wi-Fi Elsys: vale a pena?

Smart Lâmpada Wi-Fi Elsys e aplicativo Elsys Casa+ (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

Smart Lâmpada Wi-Fi Elsys e aplicativo Elsys Casa+ (Imagem: Darlan Helder/Tecnoblog)

A lâmpada da Elsys é muito parecida com a Smart Lâmpada Wi-Fi da Positivo. Ambas custam R$ 99, oferecem 16 milhões de cores, há opções que iluminam bem o ambiente e outras que não funcionam adequadamente.

Se você precisa de cores frias, recomendo logo ir para a concorrência, porque a Elsys só tem o branco quente, o que é bem estranho para um produto como esse. As opções coloridas são ok e funcionam melhor em um corredor ou em um quarto muito pequeno. Por enquanto, a Philips Hue, na minha opinião, consegue trabalhar e aproveitar melhor as outras cores, mas desembolsar R$ 350 para esse modelo é um tanto complicado, não é?

Apesar do delay, o aplicativo da Elsys é fácil de navegar, não apresentou travamentos ou fechamentos inesperados durante o uso, e dispõe de bons recursos. A comunicação entre a Alexa e o Google Assistente foi estável. Se você pretende diversificar e se por acaso encontrou o gadget da Elsys em uma boa promoção, vá em frente, mas não deixe de considerar as limitações aqui citadas.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando