Início » Celular » Xiaomi Mi 11 ganha versão global com carregador de 55 W na caixa

Xiaomi Mi 11 ganha versão global com carregador de 55 W na caixa

Versão global de Xiaomi Mi 11 é anunciada com carregador na caixa, Qualcomm Snapdragon 888 e câmera de 108 megapixels

Bruno Gall De BlasiPor

A Xiaomi apresentou a versão global do Xiaomi Mi 11 nesta segunda-feira (8). O celular chama a atenção pelo processador Qualcomm Snapdragon 888 na ficha técnica avançada, câmera tripla de 108 megapixels, bateria de 4.600 mAh e a presença do carregador de 55 watts na caixa. O preço sugerido do smartphone começa em 749 euros (cerca de R$ 4.830 em conversão direta) na Europa.

Xiaomi Mi 11 (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Xiaomi Mi 11 (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

A edição global do celular da Xiaomi chega poucos meses após a sua estreia na China, em dezembro de 2020. A presença do processador Snapdragon 888 é um dos destaques do lançamento. O telefone ainda tem RAM de 8 GB e até 256 GB de espaço.

A bateria é de 4.600 mAh. Diferentemente da edição chinesa, cujo adaptador de tomada é opcional, o Mi 11 Global chegará ao consumidor com um carregador de 55 watts na caixa, segundo o XDA-Developers. O telefone ainda tem suporte à recarga com fio de 55 watts, sem fio de 50 W e carregamento reverso wireless de 10 W.

O conjunto fotográfico triplo está posicionado na parte de trás, em um módulo quadrado. Nele, há uma câmera principal de 108 megapixels com abertura de f/1,85. Os demais sensores fotográficos têm resolução de 13 megapixels (ultrawide) e 5 megapixels (macro). O telefone ainda possui modo noturno para vídeos.

Xiaomi Mi 11 (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Xiaomi Mi 11 (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Assim como o Galaxy S21 Ultra, as laterais da tela de 6,81 com resolução WQHD+ são curvas. Salta aos olhos, também, as taxas de atualização e amostragem de toque de 120 Hz e 480 Hz, respectivamente. A câmera frontal de 20 megapixels, por sua vez, se encontra em um furo no canto superior esquerdo.

O leitor de digitais fica posicionado sob a tela e é capaz de detectar batimentos cardíacos. Completam as especificações a conectividade 5G, NFC e o emissor de infravermelho para utilizar o smartphone como controle remoto.

O telefone sai da caixa com MIUI 12 baseado no Android 10. Segundo a fabricante, o celular receberá a interface MIUI 12.5 no segundo trimestre de 2021.

Xiaomi Mi 11 (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Xiaomi Mi 11 (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

Quanto e quando?

As vendas do Xiaomi Mi 11 começam em fevereiro de 2021, na Europa. Confira, a seguir, os preços sugeridos do celular:

  • 8 GB + 128 GB: 749 euros (cerca de R$ 4.830 em conversão direta);
  • 8 GB + 256 GB GB: 799 euros (por volta de R$ 5.155).

Não há previsão de lançamento do Xiaomi Mi 11 no Brasil.

Xiaomi Mi 11 (global) – ficha técnica

Xiaomi Mi 11 (global)
TelaAMOLED de 6,81 polegadas com resolução WQHD+ (3200 x 1440 pixels), aspecto de 20:9, taxa de atualização de 120 Hz, taxa de amostragem de toque de 480 Hz e HDR10+
ProcessadorQualcomm Snapdragon 888
RAM8 GB (LPDDR5)
Armazenamento128 GB e 256 GB (UFS 3.1)
Câmera traseira– principal: 108 megapixels, f/1,85

– ultrawide: 13 megapixels, f/2,4

– macro: 5 megapixels, f/2,4

Câmera frontal20 megapixels, f/2,4
Bateria4.600 mAh, carregamento rápido (55 watts com fio e 50 watts sem fio) e carregamento reverso de 10 watts

Carregador opcional de 55 watts

Sistema operacionalAndroid 10 (MIUI 12)
ConectividadePorta USB-C, 4G, 5G, Wi-Fi 6, Bluetooth e NFC
Maisleitor de impressões digitais na tela com detector de batimentos cardíacos, emissor de infravermelho, LiquidCool e Gorilla Glass Victus
Dimensões164,3 x 74,6 x 8,06 mm
Peso196 gramas
CoresAzul e preto (vidro)

Com informações: Xiaomi (Blog) e XDA-Developers

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação