Início » Celular » MIUI 12.5 Global: Xiaomi divulga celulares Mi e Redmi que serão atualizados

MIUI 12.5 Global: Xiaomi divulga celulares Mi e Redmi que serão atualizados

MIUI 12.5 Global começará a chegar aos celulares nos próximos meses; saiba quais celulares Mi e Redmi serão atualizados

Bruno Gall De Blasi Por

Ao lado do Xiaomi Mi 11, a Xiaomi revelou, nesta segunda-feira (8), quais celulares receberão a MIUI 12.5 Global. Entre os modelos elegíveis inicialmente, estão smartphones das linhas Mi 10, Mi Note 10, Redmi Note 9 e outras mais. A previsão é de que a atualização seja liberada aos telefones a partir do segundo trimestre de 2021.

MIUI 12.5 (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

MIUI 12.5 (Imagem: Divulgação/Xiaomi)

A MIUI 12.5 é uma atualização incremental, que visa otimizar o sistema para que entregue mais performance ao usuário, por exemplo. Segundo a companhia, os primeiros celulares da marca estão previstos para receber o update no segundo trimestre de 2021. Confira os modelos da primeira leva na lista a seguir:

  • Mi 11;
  • Mi 10 e Mi 10 Pro;
  • Mi 10T e Mi 10T Pro.

Demais telefones receberão a MIUI 12.5 Global no final do segundo trimestre de 2021. Além de outros dispositivos das linhas Mi 10 e Mi 10T, entram na segunda lista o Mi Note 10 e celulares Redmi, como o Redmi 9:

Ainda não se sabe quando os demais dispositivos da Xiaomi receberão a atualização.

Apresentação da versão chinesa da MIUI 12.5 com o app MIUI+ (Imagem: Reprodução/Xiaomi)

Apresentação da versão chinesa da MIUI 12.5 com o app MIUI+ (Imagem: Reprodução/Xiaomi)

O que há de novo na MIUI 12.5 Global?

O anúncio da MIUI 12.5 Global ocorre pouco tempo após o lançamento da versão chinesa. Como explicado anteriormente e pela fabricante, a nova versão tem mais foco em melhorias do que na estreia de recursos. É o caso do consumo de energia e recursos, que caíram em 15% e 22%, respectivamente.

Os aplicativos de sistema, como a calculadora, previsão do tempo e outros, também podem ser desinstalados após o update. “A grande maioria dos aplicativos no novo sistema pode ser desinstalada, enquanto um pequeno número de aplicativos que estão gravados no núcleo do sistema podem ser ocultados”, anunciaram.

A Xiaomi, porém, não falou sobre a presença dos recursos revelados na edição chinesa. Um exemplo é o MIUI+, ferramenta semelhante ao “Seu Telefone” (Microsoft) que integra o telefone com o computador. Também não há menções ao pacote de Super Wallpapers e o app Notas com mapas mentais.

Na semana passada, a Xiaomi convocou para os usuários interessados testarem a MIUI 12.5 Global em celulares Mi e Redmi. As inscrições estão abertas até março.

Com informações: Android Authority, Gizmochina e Xiaomi (Blog)

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
6 usuários participando