Início » Aplicativos e Software » Microsoft vai remover navegador Edge antigo de todos os PCs

Microsoft vai remover navegador Edge antigo de todos os PCs

Edge Legacy será removido do Windows 10 em atualização e dará lugar à sua versão mais recente, baseada no Chromium

Victor Hugo SilvaPor

A Microsoft definiu quando o Edge Legacy chegará ao fim no Windows 10. De acordo com a empresa, a antiga versão do navegador será removida do sistema e dará lugar à sua versão mais recente em 13 de abril. No entanto, o suporte à primeira geração do programa acabará antes, em 9 de março.

Edge Legacy será substituído por versão baseada no Chromium (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

Edge Legacy será substituído por versão baseada no Chromium (Imagem: André Fogaça/Tecnoblog)

O anúncio do fim do suporte ao Edge Legacy havia sido anunciado pela Microsoft em 2020. Agora, há mais detalhes sobre como acontecerá a transição para o novo Edge, baseado no Chromium. A empresa afirmou que a versão antiga dará lugar à mais nova na atualização de segurança conhecida como Windows 10 Update Tuesday.

A mudança também acontecerá em dispositivos que se anteciparem com a versão Windows 10 March Preview. Em ambas atualizações, a antiga versão do Edge será desinstalada caso esteja no PC. Além disso, a nova versão será instalada automaticamente se não ainda não estiver presente na máquina.

Transição para o novo Edge

Essas alterações ocorrem nas versões 1803, 1809, 1903, 1909, 2004 e 20H2 do Windows 10. A Microsoft explica que a versão 1803 não receberá a prévia de março e, por isso, fará a transição somente em abril. A versão 20H2, por sua vez, já usa o novo Edge por padrão e, no seu caso, ocorrerá apenas a remoção do Edge Legacy.

Com a mudança para o novo Edge, os atalhos presentes na barra de tarefas e no desktop serão atualizados automaticamente. A companhia afirmou ainda que, mesmo com o fim do Edge Legacy, vai manter o suporte de seu motor de renderização, o EdgeHTML. A solução, que deu lugar ao Chromium, seguirá funcionando em apps que dependem dela.

O fim do Edge marca uma nova etapa no ecossistema de navegadores da Microsoft. Criado em 2015 para substituir o Internet Explorer, o programa deu lugar em janeiro de 2020 ao novo Edge baseado no Chromium. No início de 2021, o navegador mais moderno da empresa havia alcançado 600 milhões de usuários no PC e no celular.

Com informações: Microsoft.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Eric Viana (@Eric_Viana)

Uso no Mac a bastante tempo. No MACOS o Edge é muito mais rápido e comportado que o Chrome. Como as extensões funcionam sem problemas a migração foi bastante simples.

Will (@wccs)

O “velho edge” deixou um legado muito ruim pro irmão mais novo:

Por ter herdado o nome do irmão, o novo edge sofre com o conflito de documentação e tutoriais na web. Se você pesquisa algo “como fazer yyy coisa no edge” certamente vai encontrar dica pro edge antigo, inclusive nos próprios canais oficiais da Microsoft.

Um contratempo que vai demorar pra acabar.