Início » Internet » Google derruba site que baixava músicas e vídeos do YouTube

Google derruba site que baixava músicas e vídeos do YouTube

Empresa venceu disputa pelo domínio após argumentar que site para baixar vídeos usava marca do YouTube sem fins legítimos

Victor Hugo SilvaPor

Além das gravadoras, o Google também trabalha para derrubar alguns sites que permitem baixar músicas e vídeos do YouTube. O caso mais recente envolve a disputa pelo domínio youtubeconverter.io, que permitia baixar vídeos em diversos formatos. A empresa pediu a derrubada do site após alegar que ele usava sua marca sem fins legítimos.

YouTube (Imagem: Christian Wiediger/Unsplash)

YouTube (Imagem: Christian Wiediger/Unsplash)

A disputa pelo domínio ocorreu na Organização Mundial de Propriedade Intelectual (WIPO, na sigla em inglês). Na ação, o Google afirmou que o endereço usava a marca do YouTube sem a sua permissão e foi registrado de má-fé. A empresa alegou que o domínio não tinha interesses legítimos e, por isso, deveria ser derrubado.

O proprietário do youtubeconverter.io, um cidadão do Vietnã, não respondeu às acusações. Para contornar a então iminente derrubada do site, ele criou um novo domínio (ytconv.cc), que segue no ar. O novo site é idêntico ao anterior e apenas mudou o seu endereço para tentar evitar uma nova disputa com o Google.

youtubeconverter.io (Imagem: Reprodução/TorrentFreak)

youtubeconverter.io (Imagem: Reprodução/TorrentFreak)

Em sua avaliação, a WIPO concordou com a alegação de que o site viola termos de serviço do YouTube. A entidade avaliou que o site usa a marca de terceiros sem fins legítimos e de forma a causar confusão entre usuários. A decisão também menciona o fato do proprietário do site ter registrado o domínio com um serviço usado para ocultar sua identidade.

Por isso, a WIPO determinou que o domínio seja transferido para o Google. A decisão vale somente para o youtubeconverter.io, que não está mais no ar. O ytconv.cc, por sua vez, continua disponível e deve causar mais dificuldades para ser derrubado porque não utiliza diretamente a marca do YouTube em seu endereço.

Disputa com sites para baixar vídeos do YouTube

As disputas para derrubar sites que permitem o download de músicas e vídeos do YouTube também envolvem gravadoras, que buscam manter a receita obtida no serviço do Google e em outras plataformas de streaming. Nos últimos anos, vários sites saíram do ar por conta de ações movidas pela indústria fonográfica.

Mais recentemente, o YouTube-DL, programa usado para baixar vídeos, foi derrubado do GitHub a pedido da Associação Americana da Indústria de Gravação (RIAA, na sigla em inglês). O programa voltou a ser liberado depois de algumas semanas, mas a situação levou o GitHub a revisar sua política antipirataria.

Com informações: TorrentFreak.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
8 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@ksio89

Por um momento pensei que tivessem derrubado o JDownloader2 e o NewPipe, que alívio

Emanuel Schott (@Emanuel_Schott)

Isso é igual Hydra: corta um e aparece mais 5… não adianta querer brigar contra isso. O Tik Tok por exemplo já sabe que isso não funciona e da a possibilidade do criador do vídeo permitir download por ele mesmo. Só coloca uma marca d’água.

Eita (@mandatario)

Conheço mais uns 6 desses

. (@Mr.Robot)

Ótimo. Agora faltam os outros 50 mil.

Mendes (@dimenfer)

Pessoal dos comentários tem dificuldades em entender que a questão é o domínio, não a função do site.

@ksio89

Sim, mas é muita cara de pau do site permitir algo que vai contra os termos da empresa e ainda usar a marca dela haha. Realmente não entendo como ferramentas como o JDownloader e o NewPipe ainda existem, acho que há uma brecha legal que permite a existência desses serviços.